Polícia prende suspeito do desaparecimento da menina Iasmin no litoral Norte

Crédito da foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar em Touros, no litoral norte do Rio Grande do Norte, prendeu na tarde desta quinta-feira (26) o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, 45 anos, suspeito do desaparecimento da menina Iasmin Lorena de Araújo, 12 (VEJA AQUI).

Os policiais receberam informações de que um homem tinha visto caminhando na orla, entre as praias de Perobas e Carnaubinha, por volta do meio-dia. As informações estavam corretas e a polícia encontrou o suspeito em uma barraca.

O pedreiro, que tinha mandado de prisão em aberto, teve foto divulgada pela Polícia Civil, exatamente para facilitar a sua prisão (VEJA AQUI). Ele é o principal suspeito da morte de Iasmin, segundo a Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (CDA).

Interrogado por policiais, Marcondes afirmou que foi caminhando de Natal até lá, pela beira da praia, e passou dois dias em Rio do Fogo. Ele ainda declarou que seguia para a casa de uma sobrinha em São José de Touros, no município de Touros, onde iria procurar apoio para encontrar um advogado e se apresentar à polícia.

Um corpo foi encontrado na última terça-feira (24), enterrado em sua casa em construção na mesma rua onde mora a família de Iasmin, na José de Acácio de Macedo. Em razão do avançado estado de decomposição do cadáver, os pais de Iasmin ainda aguardam pela identificação oficial do corpo, o que só será possível por meio de um exame de DNA.

Até lá, o corpo não pode ser liberado para sepultamento e permanece no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

O suspeito que até então era o pedreiro responsável pela obra na casa onde o corpo foi encontrado, sumiu assim que as equipes de busca das polícias Civil e Militar começaram as buscas no imóvel. O cadáver foi achado graças a um cão farejador do Batalhão de Choque da PM.

0 thoughts on “Polícia prende suspeito do desaparecimento da menina Iasmin no litoral Norte”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *