Militares mantém paralisação das atividades para a próxima segunda-feira

A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ASSPMBM/RN) mantém para esta segunda-feira, 17, a interrupção das atividades decidida no final do mês passado durante assembleias em várias cidades do estado.

A associação explica que não houve avanço de propostas do Governo do Estado no tocante à atualização salarial. Segundo a ASSPMBM, a última reunião ocorreu na segunda-feira passada, 10, na Governadoria.

O sindicato enfatiza que a reivindicação principal é a atualização salarial e os pagamentos das folhas salariais em atraso. Também foram confirmadas as pautas de reivindicação: pagamento das folhas em atraso; pagamento das promoções já efetivadas (abril, agosto e dezembro de 2018); efetivação das promoções referente a 21 de abril; e atualização dos níveis remuneratórios.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da ASSPMBMRN, o déficit salarial dos militares atualmente chega a 60,49%. Ele explica que a categoria não recebe ao menos a reposição inflacionária há cinco anos.

Além disto, os militares do RN possuem o pior salário inicial da Federação na carreira policial, e uma diferença extrema entre as demais forças de segurança.

Os militares estaduais de Natal deliberaram por unanimidade a interrupção das atividades a partir do dia 17 de junho. A decisão ocorreu em Assembleia Geral Unificada no dia 31 de maio e acompanhou o que foi aprovado em Assembleias realizadas no interior do estado, com militares das regiões de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros e Mossoró.

0 thoughts on “Militares mantém paralisação das atividades para a próxima segunda-feira”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *