Antonio Palocci fecha acordo de delação premiada com a Polícia Federal

Crédito da foto: Agência Brasil/Arquivo

O ex-ministro Antonio Palocci assinou acordo de delação premiada com a Polícia Federal. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 26, pelo O Globo. Palocci está preso desde setembro de 2016.

Fontes ouvidas pelo jornal confirmaram que os investigadores já concluíram a fase de tomada de depoimentos. A colaboração ainda precisa ser homologada pela Justiça.

Na delação, segundo O Globo, Palocci deve tratar de sua relação pessoal com o universo político, das negociatas com empresários e do lobby desempenhado por ele no governo em favor de empresários. Mas, além de detalhar nos depoimentos os casos de corrupção dos quais participou ou teve conhecimento, o ex-ministro terá de apresentar provas do que diz. Se mentir ou quebrar algumas das cláusulas firmadas, poderá perder os benefícios negociados.

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-ministro a 12 anos, 2 meses e 20 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Moro comanda os processos da Operação Lava Jato em Curitiba.

0 thoughts on “Antonio Palocci fecha acordo de delação premiada com a Polícia Federal”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *