NOTA DE REPÚDIO

NO EXERCÍCIO DO SEU TRABALHO JORNALÍSTICO, A SIDY’S TV, CANAL 4, VEM POR MEIO DESTA NOTA, MANIFESTAR SEU REPÚDIO A MANEIRA COMO A DIREÇÃO DA CENTRAL DO CIDADÃO DE CURRAIS NOVOS PROCEDEU NA TENTATIVA DE IMPEDIR A EXIBIÇÃO DE MATÉRIA REALIZADA POR ESTE VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO.

NA ÚLTIMA QUARTA FEIRA, 26 DE ABRIL, NOSSA EQUIPE ESTEVE NO REFERIDO ÓRGÃO PARA t UM PROJETO EDUCATIVO DE CIDADANIA, EM QUE UMA ESCOLA ESTAVA COM SEUS ALUNOS SOLICITANDO O DOCUMENTO DE IDENTIDADE. PORÉM, NOSSA EQUIPE FOI SURPREENDIDA COM A LIGAÇÃO DA GERÊNCIA LOCAL, AFIRMANDO QUE PARA FAZER QUALQUER REPORTAGEM NAQUELE ÓRGÃO SERIA NECESSÁRIO ENTRAR EM CONTATO (PEDIR AUTORIZAÇÃO) A MESMA.

OCORRE QUE, NO DIA 19 DE ABRIL DO CORRENTE ANO, NOSSA EQUIPE ESTEVE NAQUELE ÓRGÃO PARA AVERIGUAR UMA DENÚNCIA SOBRE A ESTRUTURA DO PRÉDIO ONDE FUNCIONA A CENTRAL DO CIDADÃO, EM QUE NARRAVA UM VAZAMENTO NA CAIXA D’ÁGUA. NOSSA EQUIPE DE REPORTAGEM ESTEVE NO LOCAL E CONFIRMOU A VERACIDADE DA DENÚNCIA. PROCURAMOS A DIREÇÃO PARA SE PRONUNCIAR SOBRE O FATO, A MESMA INFORMOU QUE NÃO ESTAVA DISPOSTA A FALAR E QUE NÃO AUTORIZAVA NENHUM FUNCIONÁRIO FALAR SOBRE O ASSUNTO, BEM COMO PROIBIA A NOSSA EQUIPE EXIBIR AS IMAGENS CAPTURADAS. A MESMA AFIRMOU AINDA QUE A EQUIPE PODERIA FAZER A MATÉRIA, DESDE QUE FOSSE FORA DO LOCAL.

PARA NOSSA SURPRESA, TAMBÉM FOMOS PROCURADOS PELA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DAQUELE ÓRGÃO, DE FORMA ARROGANTE E PREPOTENTE, AFIRMANDO QUE NOSSA EQUIPE ESTAVA IMPEDIDA DE FAZER QUALQUER MATÉRIA NO ÓRGÃO SEM QUE TIVESSE A AUTORIZAÇÃO DO MESMO. A JUSTIFICATIVA DA PROFISSIONAL ERA DE QUE NÓS NÃO PODERÍAMOS FAZER IMAGENS DAS PESSOAS SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DA DIREÇÃO.

A SIDY’S SEMPRE BUSCOU ATUAR CONFORME OS PRINCÍPIOS E NORMAS QUE GUARNECEM A IMPRENSA. SEMPRE BUSCAMOS AGIR COM ÉTICA E PROFISSIONALISMO, SABENDO QUE TEMOS DIREITOS E DEVERES A CUMPRIR. DIANTE DO EXPOSTO, CONCLUÍMOS QUE TAL DETERMINAÇÃO TEM COMO FIM IMPEDIR A VEICULAÇÃO DE MATÉRIAS QUE DEMONSTREM OS PROBLEMAS DAQUELE ÓRGÃO PÚBLICO, POIS OS FUNDAMENTOS APRESENTADOS PELA ASSESSORIA NÃO CONDIZEM COM A VERDADE, TENDO EM VISTA QUE HÁ TRÊS RESTRIÇÕES INERENTES À TUTELA PENAL DO DIREITO À IMAGEM, UMA DELAS DIZ RESPEITO À CAPTURA DE IMAGENS EM LOCAIS PÚBLICOS, ONDE NÃO SÃO ILÍCITAS AS IMAGENS CAPTADAS DE PESSOAS QUE SE ENCONTREM NESSES LUGARES OU EVENTOS PÚBLICOS. QUANDO A IMAGEM DA PESSOA ESTÁ ENQUADRADA NUM CENÁRIO PÚBLICO, NÃO SE DESTACANDO DELE, O ANONIMATO DA PESSOA FICA PRESERVADO. NÃO É A PESSOA O CENTRO DA IMAGEM, MAS O CENÁRIO.

DESTA FORMA, LAMENTAMOS ESTA INTERFERÊNCIA E ESPERAMOS NÃO MAIS SOFRER A TENTATIVA DE IMPEDIMENTO DO NOSSO TRABALHO EM DIFUNDIR A INFORMAÇÃO QUE GERA ACIMA DE TUDO, INTERESSE PÚBLICO.

DIREÇÃO DA SIDY’S TV

COMENTÁRIO

Eu me sinto envergonhado em saber que em nossa cidade existem pessoas tão despreparadas, arrogantes e desinformadas. O episódio acontecido na Central do Cidadão é um ato que não podemos admitir. No Brasil a imprensa é livre, os seus profissionais trabalham em todos os órgãos públicos e é fundamental para uma democracia. Tentar saciar liberdade é um ato de abuso que todos nós da imprensa precisamos repudiar com força e determinação para que pessoas autoritárias e ignorante, não continuem a dizer o podemos ou não fazer. Quem a colocou lá, deveria emitir uma nota se desculpando com a imprensa de Currais Novos, pois o fato aconteceu com a Sidy’s, mais atingiu toda imprensa

R. Alves – Jornal A Notícia

0 thoughts on “NOTA DE REPÚDIO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *