Monthly Archive: março 2019

O Governo do Rio Grande do Norte vai enviar na próxima semana um projeto de lei  que incentiva a regularização de motocicletas para ser votado na Assembleia Legislativa. A proposta foi apresentada, nesta quinta-feira (28), durante reunião com os deputados George Soares, Nelter Queiroz, Dr. Bernardo e Raimundo Fernandes.

“Estamos viabilizando um programa de regularização das motocicletas na capital e principalmente no interior do estado. A ideia é que possamos oportunizar um mutirão para que os proprietários legalizem seus veículos e garantam mais segurança, para si e para a população”, afirmou a governadora Fátima Bezerra. Ela destacou ainda que em paralelo ao programa será realizada uma campanha para promover a educação no trânsito, a fim de dar mais segurança a pilotos e pedestres, como também mostrando a importância da regularização perante o fisco e o órgão de trânsito.

No Rio Grande do Norte, a frota atual é de 440.919 motocicletas, das quais quase 40% registradas no interior. A regularização dá segurança aos condutores na hora de um acidente. O seguro DPVAT paga até R$ 2.700 para cobertura de despesas médicas em razão do sinistro, R$ 13.500 por morte e até R$13.500 em caso de invalidez permanente.

Carlos Eduardo Xavier, secretário de Estado da Tributação, explicou que a iniciativa prevê que o proprietário pague as tarifas do Detran e o IPVA de 2019 para que haja  remissão dos débitos de anos anteriores. “O programa visa a legalização do veículo, mas também terá impacto direto no trânsito, na segurança e na arrecadação fiscal”, completou.

Outro aspecto discutido na reunião da governadora Fátima Bezerra com os deputados foram as intensas fiscalizações de veículos que vêm ocorrendo em todo o Estado. Em conjunto com as demais ações realizadas por agentes de segurança, as abordagens vão continuar porque são parte importante das estratégias de redução da criminalidade no RN. Além do combate ao uso de motos em assaltos, as blitzen retiram de circulação aqueles veículos sem condições para trafegar nas ruas e nas estradas.

Assecom-RN/Foto: Ivanízio Ramos

A Prefeitura Municipal de Currais Novos realizará nos dias 05 e 08 de Abril duas audiências públicas para discutir com a população a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2020, fundamental e de grande importância para o trabalho e prioridades do governo municipal. A primeira audiência acontecerá no dia 05 de abril às 8h30 no Salão Nobre do Palácio “Raul Macêdo”, sede da Prefeitura Municipal de Currais Novos, e a segunda audiência acontecerá no dia 08 de abril às 8h30 na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Currais Novos (Rua José Milanês, 50).

A LDO é de grande importância para o município pois define as prioridades para a elaboração da Lei Orçamentária Anual onde se definem os gastos mais importantes para a gestão municipal.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA:

João Bezerra Júnior – Assessor de Comunicação

 

A Prefeitura Municipal de Currais Novos realiza nesta sexta-feira, 29, o pagamento dos servidores municipais referente à este mês de março. De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças (SEMFIN), o valor total líquido da folha é de R$ 2.257.566,55 (Dois milhões, duzentos e cinquenta e sete mil, quinhentos e sessenta e seis reais e cinquenta e cinco centavos).

 

INFORMAÇÕES À IMPRENSA:

João Bezerra Júnior – Assessor de Comunicação

Uma boa notícia para a segurança pública do Rio Grande do Norte. O deputado federal Rafael Motta (PSB) destinou emenda parlamentar impositiva no valor de R$ 700 mil para aplicação em videomonitoramento de três municípios do Rio Grande do Norte: Caicó, Pendências e Tibau do Sul (Pipa). A verba, que será repassada da União para o Governo do Estado, destina-se a compra de equipamentos de captação e transmissão de imagens.

Os técnicos da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) estiveram nas três cidades para fazer um levantamento sobre os pontos de instalação das câmeras. A expectativa é de que, no segundo semestre deste ano, os equipamentos já estejam instalados e as localidades, devidamente videomonitoradas. No caso de Pipa, a novidade também representa um ganho para o pleno desenvolvimento da atividade turística.

“A preocupação com segurança é permanente no nosso mandato e com esse investimento, poderemos trazer resultados concretos, sobretudo com a queda nos índices de criminalidade”, disse Rafael Motta. O secretário titular da pasta, Coronel Araújo, afirmou que “as câmeras inibem e também ajudam na recuperação de veículos roubados e na resolução de ocorrências já que se pode usar as imagens como provas”.

Rafael Motta apresentou outra emenda impositiva para a segurança pública no Orçamento Geral da União de 2019, especificamente para a estruturação da Polícia Civil, somando R$ 825 mil. O parlamentar também é autor da primeira emenda de bancada da história para a área, com investimentos na ordem dos R$ 40 milhões para o monitoramento de toda a Grande Natal.

Kyberli Gois

A Prefeitura Municipal de Currais Novos realizará nos dias 05 e 08 de Abril duas audiências públicas para discutir com a população a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2020, fundamental e de grande importância para o trabalho e prioridades do governo municipal. A primeira audiência acontecerá no dia 05 de abril às 8h30 no Salão Nobre do Palácio “Raul Macêdo”, sede da Prefeitura Municipal de Currais Novos, e a segunda audiência acontecerá no dia 08 de abril às 8h30 na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Currais Novos (Rua José Milanês, 50).

A LDO é de grande importância para o município pois define as prioridades para a elaboração da Lei Orçamentária Anual onde se definem os gastos mais importantes para a gestão municipal.

O ex-secretário de Administração da Prefeitura de Ouro Branco, Francisco Segundo denuncia  que tem sido procurado pela prefeita Fátima Silva (PT)  para assinar papeis retroativamente. Segundo o ex-secretário, ele ficou incomodado com a procura, agora, após ter deixado a pasta da Administração há semanas.

Francisco Segundo argumenta que as despesas da Prefeitura de Ouro Branco começam de cima para baixo, o que é proibido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), porque quem deve iniciar as despesas é o responsável pela pasta, de forma técnica, e o chefe do executivo autorizar. “É como se os processos de contas da Prefeitura fossem feitos só para a gente assinar. A prefeita sai em campo para fazer a despesa e vem para validarmos. Não é assim que deveria funcionar”, afirma Francisco Segundo, que foi responsável pela pasta de Administração até recentemente.

Segundo o ex-secretário, a Prefeita Fátima Silva o pressionou mais de uma vez, até ele ameaçar jogar na imprensa. “Saí da Prefeitura sem dever nada à municipalidade. Só quero que isso tudo pare, não tenho mais nada a oferecer à gestão”, afirma o ex-secretário, que diz já ter se negado de assinar papeis algumas vezes depois que saiu. A Câmara de Vereadores, órgão responsável por avaliar as contas dos prefeitos, deve se posicionar sobre esse ocorrido.

Crédito da Foto: Eduardo Maia

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira (PSDB) protocolou requerimentos na Mesa Diretora solicitando do governo do Estado, obras e programas do Executivo para beneficiar cinco municípios da região Seridó: São José, Caicó, Jardim do Seridó, Florânia e Currais Novos.
Uma das solicitações do deputado é o estudo de viabilidade técnica para a recuperação da barragem Passagem das Traíras, localizada na divisa dos municípios São José do Seridó, Jardim do Seridó e Caicó.
“A barragem Passagem das Traíras é uma das mais importantes do Estado, fazendo parte da bacia do rio Piranhas-Açu, tendo barrado o rio Seridó. Ela é utilizada para o abastecimento de água da zona Urbana de Jardim do Seridó e zona Norte de Caicó. A água do reservatório é utilizada, também, na criação de peixes e em atividades recreativas. No entanto, a barragem construída há 24 anos apresenta riscos de rompimento, tendo em vista os problemas em sua estrutura física”, justifica o deputado Ezequiel.
O deputado também reivindicou a implantação do programa Sopa Cidadã no município de Currais Novos. O Sopa Cidadã é uma ação do governo do Estado que visa a segurança alimentar por meio do fornecimento de refeições para a população de menor renda.
Já para Florânia o requerimento foi para a disponibilização de um novo carro policial para o município, uma vez que a delegacia da cidade dispõe apenas de um veículo adquirido em 2014 para o atendimento nas áreas Urbana e Rural.

Crédito da Foto: João Gilberto


No dia 21 de março se comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down e nada mais propício que a Assembleia Legislativa homenageie essas pessoas, já que a Casa foi pioneira no Brasil com um projeto, que começou em 2011, de inclusão no Legislativo Estadual de servidores com síndrome de Down e atualmente conta com dois servidores com a síndrome trabalhando na Assembleia Legislativa: Eudecília Fernandes Nobre Diniz e Filipe Medeiros Ramos. Eles estão lotados no Cerimonial, trabalham na recepção a convidados em solenidades e também como assistente no plenário durante as sessões ordinárias.

A iniciativa vem servindo de exemplo para outras instituições e a experiência exitosa mostra que é plenamente possível a integração ao mercado de trabalho. O projeto teve como parceiros a Associação Síndrome de Down do Rio Grande do Norte e a Associação de Pais e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (APABB).

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), hoje é um dia para comemorarmos as conquistas contabilizadas pelas pessoas com Síndrome de Down, como os acessos ao ensino regular e ao mercado de trabalho. “Mas é preciso avançar mais e disseminar informações para promover a inclusão de todos na sociedade. A experiência da Assembleia Legislativa é uma demonstração clara disto”, disse o deputado Ezequiel Ferreira.

Para a chefe do Cerimonial, Gevaneide Pereira de Araújo, a presença dos três só veio para somar ao ambiente de trabalho. “Eles são muito amáveis e fáceis de conviver. Tudo para eles é alegria e isso faz muita gente repensar a vida”, explicou. Filipe Ramos é o servidor com Down mais antigo na Casa, atualmente. Ele está no setor de Cerimonial desde 2011 e disse que gosta muito do trabalho, principalmente porque é um lugar onde fez muitos amigos.

“Eu faço várias atividades, mas minhas preferidas são fazer os convites e ajudar no Plenário”, destacou Felipe, que encontrou na Assembleia Legislativa o impulso de que precisava para confiar mais em si”. Acrescentando em seguida: “Aqui, aprendi a ser mais eu, sou aceito”, disse ele, que relatou ter aprendido, a partir daí, a perceber que poderia confiar mais em si mesmo e não se importar com o julgamento alheio.

Data comemorativa

A data (21 de março) chama a atenção da sociedade para a luta por direitos iguais, bem estar e inclusão das pessoas que nasceram com a síndrome. A data 21/03, ou 3/21 na grafia americana, faz referência aos três cromossomos número 21 que caracterizam esta ocorrência genética. Em 2012, por iniciativa do Brasil, a celebração entrou para o calendário oficial da ONU.

Foto/Arquivo pessoal do Pe José Mário

O pároco da cidade de Lagoa Nova, Pe José Mário, usou sua rede social para cobrar do governo do estado, a  pavimentação do trecho da RN-087, estrada que liga Lagoa Nova a cidade de Cerro Corá, um sonho  da população dos dois municípios que compõe a região serrana. Em seu post, o Pe José Mário lembra das várias gestões do governo do estado,  que em suas plataformas de campanha    garantiram realizar esta obra tão aguardada pela população dos dois municípios, mas que na realidade até o momento não deram sinais que ela será realmente feita.

Confira a nota do Pe José Mário em seu perfil no Facebook

“Entra e sai governo, todos prometem fazer o asfalto desta  estrada, mas de fato a população continua sofrendo a precariedade dos buracos, essa estrada que facilita a fraterna relação entre os dois municípios serranos, tem sido causa de prejuízos aos proprietários de automóveis, motos, etc.
Peço a governadora Fátima Bezerra, a qual respeito e estimo, em nome desses dois municípios, nesta querida e amada SERRA DE SANTANA, e lembrando que a Srª  teve uma expressiva votação, que olhe com atenção para essa questão e outras. Lagoa Nova e Cerro Corá juntas soma uma população de aproximadamente 26.000,00 habitantes”                  

Padre José Mário de Medeiros 
(Pároco de Lagoa Nova/RN)

O Ministério Público Eleitoral obteve no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) a condenação do ex-governador Robinson Faria por conduta vedada nas eleições de 2018. Ele teve sua candidatura irregularmente beneficiada devido à doação de duas ambulâncias ao Município de Santo Antônio, em pleno período eleitoral.

Além dele, foram condenados o então candidato a vice, Sebastião Couto; o prefeito da cidade, Josimar Custódio; o ex-secretário estadual de Saúde, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho; assim como a Coligação Trabalho e Superação (formada pelo PRB, PTB, PR, PPS, PMB, PTC, PSB, PRP, PSDB, PSD, Avante e Pros). Todos foram sentenciados a pagar multas individuais no valor de 10 mil Ufirs, mas da decisão ainda cabem recursos.

Pedro Cavalcanti Filho esteve em Santo Antônio, em 25 de agosto do ano passado – quando a campanha já havia se iniciado – e formalizou a doação das duas ambulâncias em uma solenidade pública com a presença do prefeito Josimar Custódio e que serviu para promover a candidatura à reeleição de Robinson Faria, derrotado ao fim do pleito.

A representação do MP Eleitoral comprovou que o secretário usou camisa da cor da campanha do então governador, bem como o prefeito de Santo Antônio, constando nos autos foto dele fazendo o número 55, exatamente o de Robinson Faria nas urnas. Nas redes sociais, a solenidade de entrega das ambulâncias foi divulgada com a hashtag #todoscomrobinson55.

Em seu acórdão, o TRE/RN destacou que, em relação à “entrega das mencionadas ambulâncias, indubitavelmente, ficou fartamente comprovado o uso promocional vedado”. Essa mesma irregularidade também é parte de uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) – ainda não julgada – de autoria do MP Eleitoral e que requer a condenação dos envolvidos por abuso de poder político e econômico. Essa Aije pode resultar na inelegibilidade dos réus pelo prazo de oito anos.

http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mp-eleitoral-obtem-condenacao-de-ex-governador-por-conduta-vedada-nas-eleicoes-2018

Crédito da foto: Elisa Elsie/Assecom

A Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Coeppir), ligada à Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), realizou um encontro histórico na manhã deste Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial (21), no auditório da Escola de Governo Dom Eugênio de Araújo Salles. Na ocasião, o Governo do RN aderiu ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (SINAPIR) através do termo assinado pela governadora Fátima Bezerra. “O povo negro cobra e merece dignidade e cidadania”, justifica.

O evento reuniu representantes de comunidades negras, povos de terreiros, ciganos, indígenas, mulheres e lideranças do movimento LGBT. A governadora garantiu que “a marca do governo da professora Fátima será a inclusão social”, no entanto, pede um pouco de paciência às comunidades, entidades e povos ali representados para que haja tempo de o Estado sair da situação de calamidade financeira em que se encontra e as políticas públicas para o setor das minorias possam ser implementadas.

Ela afirmou que está honrando uma promessa de campanha ao criar a Secretaria da Mulher, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEMJIDH) e anuncia ações inclusivas, que estão sendo viabilizadas por meio do Governo Cidadão, como a criação de escolas em comunidades indígenas e remanescentes quilombolas. “Jamais deixaríamos de ter essa atenção, esse olhar especial ao povo negro e às outras minorias, por tudo que representam em nossa história”, declarou. Fátima reafirmou a importância das leis cotistas que asseguram vagas para negros em universidade e em concursos.

Grupo de trabalho vai monitorar Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial

Para dar encaminhamentos às políticas de inclusão social, foi criado na manhã de hoje o grupo de trabalho que terá a finalidade de elaborar e monitorar a implantação do Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial composto por representantes do governo (Educação, Cultura, Ação Social, Assuntos Fundiários, Saúde e Justiça e Cidadania), e igual número de membros indicados pela sociedade civil representando as comunidades e grupos de indígenas, quilombolas, povos de terreiros e ciganos. As atividades do grupo serão conduzidas pelo Coeppir, através da presidente Giselma Omilê.

O evento que marcou o Dia pela Eliminação da Discriminação Racial teve início com apresentação do grupo Pau Furado, de zambê, da comunidade quilombola Capoeiras, situada no município de Macaíba. A estudante Ana Cleide Bernardo, filha do Mestre Deba (presente à solenidade), chamou a atenção do público e da governadora para as necessidades do seu povo, que deseja alcançar a universidade e encontra barreiras como o transporte público. “Estamos ilhados. As políticas públicas ainda não chegaram em nossa comunidade. Ainda falta muito para termos acesso à educação superior”, afirmou.

Representando a juventude negra, o jovem militante Real, da comunidade África (Redinha), falou de sua experiência no projeto social Nossos Valores, no qual 75 crianças e adolescentes são introduzidos à cultura rapper. Ele falou de experiências como o projeto de revitalização do Beco da Lama em que mais de 40 artistas deixaram sua arte registrada no bairro da Cidade Alta, reduto boêmio, artístico e cultural tradicional de Natal. “Se você acha Natal bonita com as paredes cinzas, imagine nossa cidade toda colorida com as cores do grafite”, refere-se a uma das expressões do movimento hip-hop.

A programação do evento incluiu um ato ecumênico iniciado pelo Baba Melqui (Ilê Axé Dajô Obá Ogodô) que finalizou sua benção com um conselho: “jamais deixem que o racismo e o preconceito abalem a nossa resistência”.

 

O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro de Minas e Energia Wellington Moreira Franco, presos nesta quinta (21), são acusados de receber propina de obras relacionadas à Usina Nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro. As prisões preventivas foram pedidas pelo Ministério Público Federal e determinadas pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, no âmbito das operações Radiotiatividade, Pripryat e Irmandade, desdobramentos da Lava Jato e que investigam os pagamentos ilegais a políticos durante a construção da usina nuclear.

A Justiça Federal também determinou as prisões preventivas de João Baptista de Lima Filho (conhecido como coronel Lima, amigo do ex-presidente); da esposa do coronel, Maria Rita Fratezi; do almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, ex-presidente da Eletronuclear; da filha de Othon, Ana Cristina da Silva Toniolo; de Carlos Alberto Costa; de Carlos Alberto Costa Filho; de Carlos Alberto Montenegro Gallo; e de Vanderlei de Natale. Também foram determinadas as prisões temporárias de Rodrigo Castro Alves Neves e Carlos Jorge Zimmermann.

Na investigação, são apurados crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro, em razão de possíveis pagamentos ilícitos feitos por determinação do empresário José Antunes Sobrinho, da empresa de engenharia Engevix, para o grupo criminoso, supostamente liderado por Michel Temer, bem como de possíveis desvios de recursos da Eletronuclear para empresas indicadas pelo referido grupo.

De acordo com o MPF, foi identificado sofisticado esquema criminoso para pagamento de propina na contratação das empresas Argeplan, AF Consult Ltd e Engevix para a execução do contrato de projeto de engenharia eletromecânico 01, de Angra 3.

A Eletronuclear contratou a empresa AF Consult Ltd, que se associou às empresas AF Consult do Brasil (que tem a participação da Argeplan) e Engevix. A Argeplan seria ligada a Michel Temer e ao coronel Lima, de acordo com o MPF.

Como a AF Consult do Brasil e a Argeplan não tinham pessoal e expertise suficientes para a realização dos serviços, houve a subcontratação da Engevix. Conforme apurado pelo MPF, coronel Lima solicitou ao sócio da empresa Engevix o pagamento de propina, em benefício de Michel Temer, no valor de R$ 1,09 milhão, que foi paga no final de 2014.

O pagamento foi feito da empresa Alumi Publicidades para a empresa PDA Projeto e Direção Arquitetônica, controlada por coronel Lima, através da simulação de contratos de prestação de serviços da empresa PDA para a empresa Alumi. Segundo o MPF, o empresário que pagou a propina afirma ter prestado contas de tal pagamento para o coronel Lima e Moreira Franco.

Os pagamentos feitos à empresa AF Consult do Brasil, segundo a MPF, resultaram no desvio de R$ 10,86 milhões, já que a referida empresa não tinha capacidade técnica, nem pessoal para a prestação dos serviços para os quais foi contratada.

Moreira Franco é acusado de “interceder e influenciar na contratação” das empresas envolvidas no esquema. Além dele, conforme o MPF, também participaram da “viabilização de empreitadas criminosas” Carlos Alberto Costa, Carlo Aberto Costa Filho, o ex-almirante Othon Luiz Pinheiro, Ana Cristina, Maria Rita Fratezi e Carlos Alberto Gallo. Eles eram sócios das empresas utilizadas na arrecadação de “vantagens indevidas”.

Partido

O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte de Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa.

Defesa de Moreira Franco

Em nota, a defesa de Moreira Franco manifestou “inconformidade com o decreto de prisão cautelar”. Para os advogados, a medida não é necessária, pois ele “encontra-se em lugar sabido, manifestou estar à disposição nas investigações em curso, prestou depoimentos e se defendeu por escrito quando necessário”.

A defesa diz que a ordem de prisão “causa estranheza” por ser de um juiz “cuja competência não se encontra ainda firmada, em procedimento desconhecido até aqui”.

Fonte: Agência Brasil

Foto: Demis Roussos.

“A Caern é uma grande companhia, mas diante dos tempos em que estamos vivendo ela tem um desafio pela frente. Além de cumprir sua missão irrenunciável, para a qual ela existe, que é atender a população com água potável e de qualidade, tratando da coleta e do esgoto, ela buscará aperfeiçoar cada vez mais a profissionalização dos seus quadros para que seja uma grande parceria lucrativa e contribua para os investimentos do RN em busca do desenvolvimento do nosso estado com sustentabilidade.” Foi anunciando esse desafio que a governadora Fátima Bezerra empossou, acompanhada do vice-governador Antenor Roberto, no auditório lotado da Governadoria, na tarde de ontem quarta-feira (20), o novo diretor-presidente da Caern, Roberto Sérgio Linhares.

Ela afirmou que a companhia vai continuar sob o controle do Estado e ainda será referência para o Nordeste bem como para o país, além de reforçar a importância do apoio do novo gestor para o alcance das metas. “Roberto Linhares é um homem que conquistou o respeito de todos, está acima de qualquer conotação de órgão partidário. Tem um estilo republicano que sempre pautou sua história de vida profissional. Ele traz uma experiência extraordinária, muito importante para a Caern e para o Estado atualmente, pois é necessário que a empresa dê lucro e esse lucro seja revertido para investimentos no RN”, frisou.

Roberto Linhares, que está sendo cedido pela Caixa Econômica Federal, destacou a missão confiada pela chefe do Executivo. “Chego com o compromisso de modernizar a empresa e aumentar a sua lucratividade, mas, principalmente, para fazer com que cumpra três pilares essenciais: o compromisso com o meio ambiente, com os valores sociais e com o crescimento financeiro da empresa”, afirmou Linhares, que acrescentou: “Um bem como a água não pode ser colocado fora do plano público.” A companhia possui hoje 2300 empregados, R$ 750 milhões de patrimônio líquido e capital social de aproximadamente R$ 1 bilhão.

A equipe de Linhares inclui ainda três diretores: diretor de Planejamento e Finanças, George Marcos; de Operação e Manutenção João Alberto Dantas e de Empreendimentos, Geny Formiga, os dois últimos são servidores de carreira do órgão que permanecem no cargo. Os diretores Administrativo e Comercial devem ser anunciados nos próximos dias.

PERFIL

 Roberto Linhares é advogado, com pós-graduação (MBA) em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV/Marpe e em Desenvolvimento Regional Sustentável – DRS, pelo Inepad/UFBA. Empregado de carreira da Caixa Econômica Federal há quase 30 anos, ocupou praticamente todos os cargos regionais na gestão da Caixa, inclusive de Superintendente Regional no Estado do RN por quase 7 anos. Especialista e professor Mercado Financeiro e Finanças já tendo treinado mais de 4.500 profissionais de instituições financeira no RN e PB, além de atuar em outros Estados (DF, SP, PR).  Comprometido com os valores da sociedade, sempre busca resultados nas empresas que trabalha, em Especial nas áreas Econômica, Social e Ambiental.

 

 

Crédito Rafaela Coutinho

Aconteceu no Centro de Treinamento da EMATER, o primeiro encontro para discussão sobre a Festa do Agricultor 2019.

A festa que homenageia o homem do campo, esse ano será recheada de novidades, o prefeito Luciano Santos vem articulando para que a festa seja uma das maiores do interior do Estado. Para isso conta com o envolvimento de todas as secretarias, da igreja católica, Emater e diversos órgãos do Estado que estaremos anunciando em breve.

O Governo do Rio Grande do Norte lançou, nesta terça-feira (19), o Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias 2019 e, durante solenidade, empossou a nova diretoria da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). O evento foi realizado na sede da Emparn em Parnamirim.

No total, o calendário apresenta datas para 15 feiras agropecuárias em todas as regiões do Estado abrangendo os municípios de: São Paulo do Potengi, Currais Novos, Lagoa Nova, Caicó, Coronel Ezequiel, Afonso Bezerra, Jardim do Seridó, Caraúbas, Assú, Mossoró, Lajes, São José de Mipibu, Parnamirim, Goianinha e Natal. Para a realização de sete eventos, está assegurado o investimento de R$ 800 mil do Programa Governo Cidadão, viabilizado pelo Banco Mundial.

A governadora Fátima Bezerra enfatizou a importância do calendário ao dizer que a promoção desses eventos reafirma o compromisso do Governo com o produtor rural. “Mesmo com o decreto de calamidade financeira fiscal do Estado, entendemos que as feiras agropecuárias são muito importantes porque geram renda e movimentam a economia do estado além de contribuir para o intercâmbio de negócios e conhecimento entre os produtores potiguares e de estados vizinhos”, destacou ao afirmar que há muito o que ser feito pelos agropecuaristas potiguares.

O circuito terá inicío no dia 11 de abril, com a realização da 22ª ExpoPotengi, em São Paulo do Potengi, e término no dia 15 de novembro, com a realização da 16ª Feira Nacional do Camarão – Fenacam, no Centro de Convenções de Natal. “Quem reside no interior sabe a verdadeira importância de eventos deste tipo não só para o município como para a região”, destacou o prefeito de São Paulo do Potengi e presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), José Leonardo Cassimiro de Araújo (Naldinho).

Representando a Assembleia Legislativa, a deputada Isolda Dantas lembrou as parcerias com as universidades, Ufersa e Uern, que podem contribuir de forma decisiva para o sucesso do RN que passa pelo setor agropecuário do estado. “A Emparn, sei que já faz, mas precisa ampliar o seu olhar para a agricultura familiar. Agricultura, agronegócio e agricultura familiar, são setores que podem ser muito fortes se caminharem juntos. A agricultura familiar representa hoje 70% do que nos alimentamos. É um setor que não apenas produz alimentos como também emprego e qualidade de vida.”

 

Durante a tarde desta terça-feira, 19, o Desenvolvimento Econômico e Social de Currais Novos foi tema de discussão entre a Prefeitura, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, IFRN, e empresários locais, que se reuniram para debater sobre ações que contribuam com o fortalecimento da economia local. O encontro aconteceu no Gabinete da Prefeitura Municipal com a participação do Prefeito Odon Jr, Vice-Prefeito Anderson Alves, do Secretário da SEDEC RN, Jaime Calado, e do Reitor do IFRN, Wyllys Farkatt.

Também estiveram na reunião os representantes da CDL, SEBRAE, vereadores Rady, Tércia Lêda e Zefinha Moura, imprensa, e empresários de diversos setores.

De acordo com o secretário Jaime Calado, algumas Câmaras Setoriais serão criadas no Estado para a discussão entre poder público e privado sobre ações para o avanço na economia do Rio Grande do Norte, e dentre essas Câmaras Temáticas estão a indústria, comércio e serviços, ciência e tecnologia e mineração, esta última de grande potencial em Currais Novos e que contará em breve com a abertura do Centro de Tecnologia Mineral no Campus do IFRN. O Prefeito Odon Jr ressaltou as potencialidades econômicas de Currais Novos como a prestação de serviços, comércio, e a grande importância mineral, e afirmou o quanto o CT Mineral do IFRN irá contribuir para a indústria e pesquisa. “Queremos um diálogo permanente com nossos empresários e buscar fortalecer nossa economia e, assim, gerar emprego e renda na nossa cidade”, comentou.

Após a reunião aconteceu uma visita técnica ao CT Mineral e ao CT do Leite e do Queijo no IFRN onde foram apresentadas as potencialidades dos dois setores para a economia local.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA:

João Bezerra Júnior – Assessor de Comunicação

Crédito da foto: Reprodução/Jornal de Fato

Do G1 – RN

Uma adolescente de 14 anos foi encontrada morta na noite desta segunda-feira (18) às margens da BR-406, no município de João Câmara, na região do Mato Grande. Segundo a Polícia Militar, há relatos de que o corpo foi jogado às margens da rodovia. Ele estava amarrado com arame e enrolado em um lençol. Também foi constatado uma perfuração por arma de fogo na cabeça.

Maria Heloize Vale da Silva completaria 15 anos na próxima terça-feira, dia 26. Segundo a mãe da garota, que trabalha como terceirizada na Delegacia de Polícia Civil da cidade, a filha morava na casa do namorado, que não foi encontrado.

Ao G1, o delegado regional Nivaldo Floripes, disse que o namorado de Maria Heloize é suspeito do crime em razão de um histórico de violência. Porém, existe uma outra linha de investigação, pois há informações de que a garota foi vítima de uma facção criminosa que queria, na verdade, matar o companheiro dela. Como ele não estava em casa, ela acabou sendo assassinada.

Familiares da adolescente que foram ao local onde o corpo foi jogado ainda disseram à PM que ela estava sendo ameaçada de morte.

“Estas são apenas as primeiras informações que recebemos. E tudo ainda precisa ser bem apurado. Demos início às investigações, mas o caso vai ficar sob a responsabilidade do delegado municipal de João Câmara”, ressaltou Floripes.

Ainda de acordo com o delegado, o crime, muito provavelmente, aconteceu na casa onde o casal mortada, que fica no bairro São Francisco. Já o local onde o corpo foi jogado, fica na comunidade Quatro Bocas, perto da casa da mãe da menina.

Da Agência Brasil

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já podem ter acesso à correção da redação para fins pedagógicos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio (Inep) divulgou na manhã de hoje (19) os espelhos da redação na Página do Participante do exame.

Com o espelho, os estudantes podem conferir o que erraram e o que acertaram na prova. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso. O tema da edição do ano passado foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

Na última edição, ao todo, 55 candidatos obtiveram a nota máxima, 1 mil, e 112.559, o equivalente a 2,73% dos candidatos, zeraram a prova de redação.

Treineiros

O Inep divulgou também nesta terça-feira (19), as notas em todas as provas do Enem dos treineiros, ou seja, participantes que não concluíram o ensino médio e eram menores de 18 anos quando foram aplicadas as provas. Como esses resultados não podem ser usados para acesso à educação superior, são tradicionalmente divulgados 60 dias depois dos resultados dos participantes regulares. Dos 6.731.203 inscritos para o Enem 2017, 8,9% eram treineiros.

Enem 2019

Neste ano, o Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio. Entre 1º e 10 de abril, os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018.

DF Deborah Fortuna

O presidente Jair Bolsonaro disse que o “Brasil está a postos” para levar a liberdade e a democracia para a Venezuela. A frase foi dita nesta terça-feira (19/3), em entrevista coletiva, após reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Washington. No encontro, os dois discutiram pautas como a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o uso pelos EUA do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, e acordos comerciais.

Questionado se estaria aberto à ideia de apoiar os EUA em uma ação militar contra a Venezuela, Bolsonaro criticou o governo de Maduro, lembrou que o Brasil auxiliou na tentativa de envio de ajuda humanitária e disse que os dois países discutem a inserção do Brasil como um parceiro extra da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Quando os jornalistas insistiram na pergunta, o presidente brasileiro afirmou: “O Brasil está a postos para cumprir essa missão e levar liberdade de democracia para esse país que, há pouco, era um dos mais ricos, e que hoje sofre com pobreza. Temos que somar esforços para botar um ponto final nessa questão ultrajante para o mundo todo”.

Trump voltou a dizer que o apoio do Brasil está em discussão e que “todas as opções estão abertas”, não descartando a possibilidade de uma ação militar no país venezuelano.

OCDE

Primeiro a falar, Trump criticou o socialismo e chamou Maduro de “marionete de Cuba”. Já sobre Bolsonaro, o presidente agradeceu a reunião, que chamou de “excelente”. “Falamos sobre laços econômicos entre as duas nações, que devem ser baseadas em justiça e reciprocidade. Reciprocidade é minha palavra preferida”, afirmou.

Mais cedo, Bolsonaro e Trump já haviam se reunido de forma rápida com a imprensa. Logo após, falaram em particular. No segundo encontro com a imprensa, a OCDE voltou à pauta e Trump reafirmou o compromisso de apoiar o Brasil na entrada da orgzaniação — uma das pautas da equipe econômica brasileira. “Também tenho a intenção de designar o Brasil como um aliado especial fora da Otan e, quem sabe, um dia, até um aliado dentro da Otan”, completou.

Outros assuntos abordados foram o lançamento de um fórum conjunto de energia com ênfase em óleo, gás e outras fontes em conjunto com os Estados Unidos; a decisão unilateral de suspender a necessidade de vistos a turistas americanos; e também a assinatura do acordo que viabilizará o uso de militares americanos à base aeroespecial de Alcântara.

O presidente americano também disse que ambos os países “têm muito em comum”, ao respeitar a “família tradicional, o temor a Deus, a ser contra a ideologia de gênero, o politicamente correto e as fake news”. “Os Estados Unidos mudaram em 2017, o Brasil começou a mudar em 2019, estamos juntos para o bem de nossos povos. Queremos uma América grande e um Brasil grande também”, completou.