Posts by:

Os moradores de Santana do Matos vêm sofrendo com os transtornos provocados pelo fechamento da agência do Banco do Brasil, após ter sido alvo de práticas criminosas em janeiro deste ano. A agência também atendia aos munícipes da cidade vizinha de Bodó, para a realização dos serviços bancários. Passados 7 meses os moradores dos dois municípios precisam se deslocar para as outras cidades vizinhas, com Angicos e Jucurutu, resultando em gastos com o deslocamento.

A cidade de Santana do Matos tem uma população superior a 15 mil habitantes, tendo mais de 2 mil aposentados e uma cadeia produtiva do comércio e serviço que precisa fazer suas transações bancárias mas que atualmente contam somente com a agência dos Correios, pois no Banco do Brasil nãos se pode sacar, nem depositar, há somente o serviço de autoatendimento para pagamentos e transferências.

Diante dessa situação, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) reforçou o encaminhamento ao superintendente do Banco do Brasil no Rio Grande do Norte, Ronaldo Alves de Oliveira solicitando a reabertura da agência. “O fechamento da agência está afetando a economia daquelas cidades do Seridó que estão na fronteira com a região Central. O comércio local já sente as consequências com a diminuição nas vendas. Pois as pessoas fazem suas compras nas cidades onde realizam o saques dos salários. A população está clamando pela reabertura da agência”, justifica Ezequiel Ferreira.

Outra ação legislativa do deputado visa beneficiar a região de fronteira entre o Seridó e a Central com o reforço de policiamento e melhores condições de trabalho para o destacamento que atua na delegacia no município de Lajes. “Com isto haverá mais condições de conter a criminalidade naquele setor do Estado”, explica Ezequiel Ferreira. Ainda para a região Central, Ezequiel solicitou do governo pavimentação e drenagem de ruas urbanas, em Lajes, que estão prejudicando e dificultando o tráfego e acesso de moradores.

O ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União, relator do processo que paralisou, há mais de três meses, as obras de duplicação da Reta Tabajaras, informou que a ação será avaliada com urgência. A informação foi dada pelo ministro, em reunião com a senadora Fátima Bezerra, a deputada Zenaide Maia e o diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro, nesta quarta-feira (09). O grupo explicou a Vital do Rêgo sobre a importância da obra para a região e defendeu a proposta, já apresentada por técnicos do DNIT, de desmembrar o processo, a fim de liberar as obras da BR 340 em trechos específicos, que não são alvo do embargo e que se referem à duplicação da Reta Tabajara.

“Nossa expectativa é que, respeitados os devidos trâmites legais, a proposta apresentada pelos técnicos seja julgada favorável pelos ministros e a obra, retomada”, afirmou a senadora Fátima Bezerra, que solicitou a audiência com o ministro.

Se o TCU decidir favoravelmente ao pedido dos técnicos, o diretor-geral do DNIT adiantou que determinará à empresa responsável o imediato retorno das obras.

A BR 340 é a principal via de acesso das regiões do Seridó e Oeste do estado a Natal. Além dos desconfortos que o atraso das obras causa à população, Fátima também chamou a atenção para os problemas de segurança enfrentados pela população. As lombadas construídas para conter o trânsito durante a realização das obras, associada com a paralisação do trecho, estão contribuindo para que ocorram frequentes assaltos aos motoristas. Valter Casimiro prometeu buscar uma alternativa para resolver o problema das lombadas.

Participaram também do encontro o prefeito de Macaíba, Fernando cunha, e o presidente da Câmara de vereadores, Gerson Lima.

Agentes Comunitários de Saúde

A senadora Fátima Bezerra defendeu, nesta quarta-feira, na Comissão de Assuntos Sociais, a aprovação do Projeto de Lei da Câmara nº 56/17, que regulamenta a profissão de agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. “Esse projeto é de extrema importância para a valorização de uma categoria que tem importância estratégica na prevenção de doenças e no controle de endemias. Temos que reconhecer o valor desses profissionais que trabalham cotidianamente junto às comunidades”, defendeu.

Fátima lamentou ainda a posição do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, que, em recente audiência no Senado, não mostrou nenhum respeito pela categoria. “Ele deveria reconhecer o valor desses profissionais que trabalham cotidianamente para melhoras as condições de saúde especialmente das comunidades no interior do país. É no mínimo uma insensibilidade ele afirmar aqui que não cabe ao Congresso discutir matérias que tratam da valorização dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de endemias. Ele deveria era se colocar como um aliado”, sugeriu.

A 19ª Festa do Bode, segundo maior evento agropecuário do Estado, começa nesta sexta-feira (11) em Mossoró e deve reunir 1.200 animais, entre bovinos, caprinos, ovinos e equinos. A expectativa é que mais de 60 mil pessoas passem pelo Parque de Exposições Armando Buá nos três dias de evento, que irá contar com a participação da Agência de Fomento do RN (AGN) e bancos do Brasil, do Nordeste e Caixa Econômica Federal com linhas especiais de financiamento para os produtores rurais.

Um dos destaques da programação é o 14º Leilão de Animais Terra da Liberdade, com 40 lotes de alta qualidade genética, marcado para acontecer no sábado (12) às 19h. O leilão, já tradicional na Festa do Bode, é um dos responsáveis pela grande movimentação financeira do evento registrada nos últimos anos.

De acordo com a Associação Norte-rio-grandense de Criadores de Ovinos e Caprinos (Ancoc), realizadora da festa em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), o Parque de Exposições Armando Buá deve receber em torno de 20 mil pessoas por dia neste fim de semana. Todos os espaços de animais previstos foram comercializados e outros móveis tiveram que ser montados para receber os criadores interessados em participar do evento.

“A Festa do Bode é a segunda maior exposição agropecuária do nosso estado, ficando atrás somente da Festa do Boi. É um evento que atrai toda a região Oeste e os estados vizinhos, em busca de animais da mais alta qualidade genética e bons negócios”, destaca o secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha. A programação do evento segue até domingo (13) e inclui julgamento de animais, torneio leiteiro, concurso de culinária, leilão, cursos, palestras, oficinas, shows e apresentações artísticas.

PROGRAMAÇÃO 19ª FESTA DO BODE

DIA 11/08/2017 (SEXTA-FEIRA)

8h – Julgamento dos animais: Caprinos e Ovinos (ANCOC)

Local: Arena de Desfiles

10h – Inscrição e mensuração dos animais (ASCCOM)

14h – Inscrição e mensuração dos animais (ASCCOM)

17h – Concurso de Culinária da Carne Caprina/Ovina e Queijo Caprino (Produtores Rurais – ASCCOM)

18h – Torneio Leiteiro (Oeste Leite) – Ordenha de nivelamento

20h – Pesinho Pesado (Oeste Leite) – 1a pesagem dos animais (caprino/ovino)

CURSOS

Local: Centro de Comercialização de Animais Armando Buá (Mercado do Bode)

7h às 11:00h / 13h às 17:00h – Doma para cavalos – Cristiano Matias Justino (Pato Preto)

7h às 11:00h / 13h às 17:00h – Curso “Reuso das Águas Servidas na Produção de

Forrageiras” – Josimar Torres Gomes (SENAR)

7h às 12:00h – Curso “Programa de Inclusão Digital Excel” – Rinacio Braga Silva De

Medeiros Cruz (SENAR)

13h às 18:00h – Curso “Programa de Inclusão Digital Excel” – Rinacio Braga Silva De Medeiros Cruz (SENAR)

14h às 18:00h – “Consultoria Tecnológica, Treinamento em Processamento de Carnes Caprina e Ovina” – Ana Patrícia F. Alves (SEBRAE) / Francisco Hélio Andrade da Silva (SEBRAE)

SEMINÁRIO DA CADEIA PRODUTIVA DA OVINOCAPRINOCULTURA

8:00h – Recepção e inscrição dos produtores;

8:15h às 9:00h – Segurança alimentar em produtos láticos – Bárbara Camila Firmino Freire (Biotecnóloga e Mestranda no Programa de Ambiente, Tecnologia e Sociedade – UFERSA)

9:00h – Lanche

9:15 – Sensibilização à prevenção contra dengue, chikungunya e zika vírus – Agentes de saúde do Município de Mossoró.

9:30h às 10:15h – Plantas Medicinais no Controle das Verminoses em Caprinos

e Ovinos – Tallyson Nogueira Barbosa (Biotecnólogo e Mestrando no Programa de Ambiente, Tecnologia e Sociedade – UFERSA)

10:30h às 11:15h – Conhecendo as espécies forrageiras para usá-las no período certo: da quantidade à qualidade – Dra. Lis Carolina da Silva (Professora de Forragicultura e Pastagens – UFERSA)

SEMINÁRIO DE APICULTURA

Manejo Sustentável de Abelhas Africanizadas no Semiárido

14:00h – Recepção e inscrição dos produtores;

14:15h às 15:00h – Importância da nutrição de abelhas no semiárido – Diana da Silva Sombra (Zootecnista doutoranda no Programa de Ciência Animal – UFERSA)

15:00h – Lanche

15:15h às 16:00h – Estratégias para minimizar perdas de enxames no semi-árido – Ricardo Gonçalves dos Santos (Biólogo doutorando no Programa de Ciência Animal – UFERSA)

16:15h às 17:00h– Importância da renovação e substituição de abelhas rainha – Dra. Kátia Gramacho (Professora do curso de Zootecnia – UFERSA)

SHOWS ARTÍSTICO-CULTURAIS

ESPAÇO DA GASTRONÔMICO (Palco 1)

18:30h – 19:30h – Trio pé de serra

19:30h – Abertura oficial da 19a Festa do Bode

20:00h – 22:00h – Forró Classe A

22:00h – 00:00h – Forró dos 3

DIA 12/08/2017 (SÁBADO)

6h – Torneio Leiteiro (Oeste Leite) – 1a ordenha

Local: Galpão de Ordenha

8h – Julgamento dos animais: Caprinos e Ovinos (ANCOC)

Local: Arena de Desfiles

9h – Pesinho Pesado (Oeste Leite) – 2a pesagem dos animais (caprino/ovino)

9h – Demonstração prática de fatiador de palma forrageira – Jorge Torres (Pesquisador EMPARN)

15h – Bode e Carneiro Tarado – Prova zootécnica – Melhor reprodutor de caprino e ovino (Oeste Leite)

16h – Aula prática: Exame Andrológico e Exame Ginecológico em Pequenos Ruminantes – Prof. Alexandre Rodrigues (UFERSA)

16h – Aula inaugural do Projeto EQUIVIDA da UFERSA – Profa Aracely Ricarte / Prof. Regina Dias

18h – Torneio Leiteiro (Oeste Leite) – 2a ordenha

Local: Galpão de Ordenha

18h – 14o Festival de Gastronomia Caprina e Ovina

Local: Espaço da Gastronomia

19h – 14o Leilão de Animais “TERRA DA LIBERDADE”

Local: Espaço Comercial e Institucional

20h – Oeste Leite – Divulgação de resultados e Premiação Torneio Leiteiro Caprino Pesinho Pesado – Caprino/Ovino

Bode e Carneiro Tarado

Concurso de Culinária da Carne Caprina/Ovina e Queijo Caprino (produtores rurais)

CURSOS

Local: Centro de Comercialização de Animais Armando Buá (Mercado do Bode)

7h às 11:00h / 13h às 17:00h – Curso “Reuso das Águas Servidas na Produção de

Forrageiras” – Josimar Torres Gomes (SENAR)

7h às 12:00h – Curso “Programa de Inclusão Digital Excel” – Rinacio Braga Silva De

Medeiros Cruz (SENAR)

13h às 18:00h – Curso “Programa de Inclusão Digital Excel” – Rinacio Braga Silva De Medeiros Cruz (SENAR)

14h às 18:00h – “Consultoria Tecnológica, Treinamento em Processamento de Carnes Caprina e Ovina” – Ana Patrícia F. Alves (SEBRAE) / Francisco Hélio Andrade da Silva (SEBRAE)

SHOWS ARTÍSTICO-CULTURAIS (12/08 sábado)

3o AEROBODE

16h – Exposição e demonstração de vôos aeromodelos, drones e automodelos.

Local: Pista de Aeromodelismo (Mercado do Bode)

ESPAÇO INSTITUCIONAL (Palco 2)

9h – Forró pé de Serra – Forró dos Idosos

ESPAÇO DA GASTRONOMIA (Palco 1)

20:00h – 22:00h– Nilson Vianna

22:00h – 00:00h – José Orlando

DIA 13/08/2017 (DOMINGO)

Saída dos animais (conforme regulamento)

CURSOS

Local: Centro de Comercialização de Animais Armando Buá (Mercado do Bode)

7h às 11:00h / 13h às 17:00h – Curso “Reuso das Águas Servidas na Produção de

Forrageiras” – Josimar Torres Gomes (SENAR)

SHOWS ARTÍSTICO-CULTURAIS (13/08 domingo)

3o AEROBODE

9h – Exposição e demonstração de vôos aeromodelos, drones e automodelos.

Local: Pista de Aeromodelismo (Mercado do Bode)

ESPAÇO DA GASTRONOMIA (Palco 1)

Forró dos Pais

11:00h – 13:00h – Francys Dias

13:00h – 14:00h– Emanoel Batista

Na reta final dos serviços, a construção da Cadeia Pública de Ceará-Mirim surge em um momento propício para ajudar na segurança do Rio Grande do Norte. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, irá entregar a unidade, em outubro, com capacidade para 603 internos.

Em fase de acabamento, estão sendo executados os serviços de pintura, finalização da cobertura, instalações elétricas e hidráulicas.

De acordo com o secretário, “Nossa equipe está empenhada para entregar o equipamento em outubro deste ano. Estaremos entregando uma unidade ampla e segura, de acordo com as normas do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN”, afirmou Torres.

Números:

A Cadeia Pública de Ceará-Mirim terá capacidade para 603 internos, divididos em três pavilhões, com 24 celas cada, além de uma área construída de 5.753,10 m², e módulos especiais para: ensino, saúde, visitas íntimas, tratamento de dependência química e carceragem adaptada para pessoas com deficiência física.

A respeito da repercussão de declarações sobre a cobertura da imprensa com relação a casos de violência no Rio Grande do Norte, o Governo do Estado vem a público esclarecer que:

1 – O governador Robinson Faria sempre manteve uma relação não só de respeito, mas de amizade com a imprensa potiguar. É a imprensa uma das grandes parceiras para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e não houve da parte do governador a intenção de desmerecer o sério trabalho jornalístico dos veículos de comunicação do nosso Estado;

2 – Ao comentar a cobertura da imprensa na área de segurança, o governador demonstra preocupação com a disseminação da sensação de medo à população, desproporcional à realidade, que já é duríssima;

3 – O combate à violência é responsabilidade do governo, que tem assumido com coragem, postura de acompanhamento e cobrança permanentes e disposição de vencer essa guerra, reflexo de uma problemática que aflige todo o país;

4 – Não há como retomar o sentimento de segurança e paz sem uma aliança inquebrantável entre governo, imprensa e sociedade.

Assessoria de Comunicação

Governo do Estado do RN

Um grupo com cerca de 60 idosos atendidos pelo “Centro de Convivência de Idosos – Tetê Salustino” de Currais Novos participou na manhã desta quarta-feira (09) do “I Encontro de Idosos do Seridó”, que aconteceu durante as festividades de Nossa Senhora Daguia, padroeira de Acari. O Prefeito Odon Jr, o secretário municipal de assistência social, Luciano Oséas, e a equipe de apoio e coordenadores do CCI, também prestigiaram o encontro. “Muito grato pelo carinho que temos recebido dos nossos idosos em todos os momentos que nos encontramos”, disse o Prefeito Odon Jr, que aproveitou a oportunidade para parabenizar o Prefeito de Acari, Isaías Cabral, e a secretária Nara Medeiros, pela iniciativa do evento.

 

A insegurança em Ceará Mirim, município da região metropolitana de Natal, chegou a níveis insuportáveis o que está levando a população a clamar por socorro em função da crescente violência e do número de assassinatos. Somente este ano já foram registrados 105 assassinatos, um número que supera, de longe as ocorrências do ano passado, no mesmo período.

Para atender às reivindicações da população da cidade, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa vai requerer ao governo do Estado urgência no atendimento das reivindicações da comunidade, com ações que melhorem a estrutura do sistema de segurança no município.

“Ceará-Mirim é um importante centro comercial, turístico e agropecuário da região metropolitana do Estado e a sua população não pode viver nesse clima de terror. Vamos solicitar urgência do governo do Estado no atendimento dos pedidos que nos chegam de todos os recantos daquele município. Entre elas estão o reforço do contingente policial da Polícia Militar e da Polícia Civil e melhoria na estrutura de apoio para que o crime possa ser combatido e os criminosos punidos”, afirma o deputado Ezequiel Ferreira.

Com uma estrutura de investigação reduzida, a Polícia Civil tem dificuldade para concluir os inquéritos sobre os assassinatos que aumentam de diariamente, inclusive com a denúncia na mídia de que há a ação de um grupo de extermínio por trás da maioria dos casos, conforme indica a principal linha de investigação policial.

Inclusive, em Ceará Mirim, em fevereiro último foi registrado no município a segunda maior chacina do Rio Grande do Norte, em 2017, com 13 mortes, ficando abaixo apenas do massacre ocorrido na penitenciária de Alcaçuz, com mais de 20 mortes.

Na opinião do comandante da companhia da Polícia Militar de Ceará-Mirim, capitão Ailton Trindade, a disputa pelo comércio de drogas entre facções criminosas, é uma das principais causas do aumento de assassinados na cidade neste ano.

“Com o registro de tanta violência, a cidade é hoje a terceira, em números absolutos, com mais mortes em todo o Estado, ficando atrás apenas de Natal e Mossoró, o que justifica o clamor da população pela recuperação da segurança pública”, enfatiza o deputado Ezequiel Ferreira.

O Prefeito de Currais Novos, Odon Jr, recebeu na manhã desta quarta-feira (09) no Gabinete Municipal, a visita do Prefeito de Picuí/Paraíba, Olivânio Remígio, que estava acompanhado do vereador Ranieri Ferreira, e dos assessores Adriano Leite e Patrício. O Vice-Prefeito de Currais Novos, Anderson Alves; a vereadora Tércia Lêda; e os secretários municipais Francisco Medeiros (Gabinete Municipal), e Ronaldo Gomes (Fundação Cultural), também participaram da conversa.

O encontro, de acordo com Olivânio, teve como objetivo a troca de informações e experiências exitosas realizadas pelas duas gestões nestes primeiros 08 meses de governo. Eleito para seu primeiro mandato, Olivânio disse que uma das grandes ações realizadas em Picuí é o projeto de manejo de resíduos sólidos e orgânicos, além da realização do “Orçamento Participativo”. “Muito importante esta troca de experiências e em breve irei a Picuí para conhecer os bons projetos desenvolvidos pelo Prefeito Olivânio”, disse Odon Jr.

O Conselho Municipal de Saúde de Currais Novos publicou no último dia 02 de agosto o edital para a eleição da representação das entidades, dos movimentos sociais, profissionais e trabalhadores de saúde, bem como indicação dos representantes do governo e das entidades prestadoras de serviços de saúde, que farão parte do conselho no biênio 2017 – 2019. A função de conselheiro municipal de saúde não é remunerada, mas tem grande importância na sociedade por ser de interesse público.

Entidades e movimentos sociais que desejem participar do processo eleitoral devem apresentar diversos documentos de acordo com o edital publicado no Diário Oficial no link http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/91A1EABC. O Conselho Municipal de Saúde de Currais Novos será composto por 12 membros titulares e 12 membros suplentes com mandato de 02 anos.

A documentação necessária para o credenciamento de entidades e movimentos sociais deverão ser entregues até o dia 15 de agosto, das 7h às 13h, de segunda à sexta-feira, na Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Saúde, na rua Abílio Chacon, 346, no antigo prédio do antigo SESI. A eleição deverá acontecer no dia 22 de agosto. Qualquer dúvida sobre o edital, entrar em contato com a Comissão Eleitoral do Conselho Municipal de Saúde através do email cmscn@hotmail.com

O Comitê Executivo Estadual do Programa Água para Todos (PAT), presidido pelo Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, se reuniu na manhã de ontem (08), na Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), para avaliar a execução das ações e sua ampliação no Estado.

Na ocasião, foram apresentados o calendário de atividades, a nova distribuição geográfica das obras dos sistemas de abastecimento e os barreiros que serão implantados nas regiões, bem como a atualização das ações sociais e técnicas.

O Coordenador do PAT/RN e assessor técnico da Semarh, Ranielle Linhares, explica que os diagnósticos apontaram a necessidade de modificações, na escolha das comunidades beneficiadas. “O Secretário Ivan Júnior também solicitou uma avaliação para inserção de outros municípios, que estão ou vão entrar, à curto prazo, em colapso de abastecimento”.

Com a nova territorialização, o Programa passa a ter uma área de abrangência maior, atendendo agora a 61 cidades e beneficiando quase 6000 famílias do semiárido potiguar e seu entorno, até o fim de 2018. As modificações propostas pela coordenação do programa foram aprovadas pelo Comitê, que tem como objetivo acompanhar e avaliar a execução do Programa aqui no RN.

A Semarh já implantou 24 sistemas simplificados de abastecimento de água, dos 145 previstos, e 20 estão em andamento. Quanto aos barreiros, 13 já estão concluídos e quatro estão em andamento, dos 57 previstos. No final de julho, técnicos do Ministério da Integração, realizaram uma visita de acompanhamento e fiscalização do convênio e consideraram que as ações estão sendo muito bem desenvolvidas pelo Governo do Estado, inclusive com inovações. O trabalho de mobilização social e a metodologia usada pela Semarh para montar o modelo de gestão dos sistemas também são referências, à nível nacional.

O Programa também conta com um comitê Gestor Nacional (CGN) que coordena as iniciativas e articula as ações entre os estados. O CGN é composto por representantes de 5 Ministérios, entre eles o da Integração e o do Meio Ambiente, da Agência Nacional de águas (ANA), Fundação Banco do Brasil e Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba.

O Comitê Estadual atua como um fórum para garantir a participação das entidades durante a execução do Programa e aqui no estado tem representantes dos seguintes órgãos: Semarh, Secretaria da Agricultura (Sape), Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema), Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), e Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do RN (Fetarn).

Em breve o Rio Grande do Norte será a sede da fábrica chinesa Chint de painéis fotovoltaicos na América Latina. Para dar andamento ao processo de instalação da empresa, o governador Robinson Faria e representantes da Chint visitaram na manhã desta quarta-feira (09), o terreno onde será construída a multinacional. Ao todo, a Chint ocupará um espaço de 25 hectares, as margens da BR-101, no município de Extremoz.

Robinson Faria afirmou que a vinda da empresa chinesa representa crescimento para a economia do RN. “A segunda maior fabricante de placas fotovoltaicas do mundo vem para o estado potiguar e vai gerar mais de mil empregos, com investimentos em torno de R$ 110 milhões. O governo continuará nessa parceria para garantir mais oportunidades, renda e desenvolvimento para o Estado”, ressaltou o governador. O chefe do Executivo estadual ainda destacou que outras empresas podem chegar ao Rio Grande do Norte para fornecer produtos e peças à Chint.

De acordo com um dos diretores da companhia chinesa, Jackie Xiang, a comitiva veio ao RN para conhecer o local e seguir com o planejamento da empresa. “Nossa equipe técnica virá ao estado para continuar com os estudos e planejamos iniciar a construção até o segundo semestre de 2018”, informou Xiang.

A Chint será instalada nas proximidades do Parque Tecnológico do RN, espaço que será construído pelo Governo do Estado para promover o desenvolvimento social, científico, econômico, a pesquisa e a inovação tecnológica aplicadas às cadeias produtivas das energias renováveis, da mineração, da pesca oceânica e da aquicultura.

Também participaram da visita o secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Flávio Azevedo e o prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira.

HISTÓRICO

Em fevereiro, o governador Robinson Faria e uma comitiva potiguar estiveram em missão oficial na China para apresentar as potencialidades do RN à indústria multinacional. Na ocasião, foi assinado um protocolo de investimento para instalação de uma fábrica de painéis fotovoltaicos que abastecerá toda a América Latina. No mês de maio, os chineses vieram ao Rio Grande do Norte, quando confirmaram a instalação da fábrica.

Deputados do Centrão mandaram avisar ao presidente Michel Temer que não irão votar a reforma da Previdência Social, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews.

Líderes dos três principais partidos do centrão – PP, PR e PSD – afirmam que não há condições de aprovar a reforma, ainda mais depois do desgaste de terem votado contra o prosseguimento da denúncia contra Temer. Ainda mais em véspera de ano eleitoral.

“Reforma da Previdência se vota no início de mandato. Em final de mantado, é muito perigoso colocarmos uma matéria dessa, ainda mais no momento em que estamos vivendo na Câmara dos Deputados”, disse o líder do PR, José Rocha (BA).

O Centrão quer deixar claro ao governo a insatisfação com o espaço político dado a partidos que não votaram majoritariamente a favor de Temer: PSDB e PSB.

“O momento é muito delicado, não temos unidade na bancada para isso [votar a reforma]. Nós esperamos que o governo tenha um sentimento de reagrupação e senso de responsabilidade de saber quem realmente é base e quem não é”, acrescentou o líder do PP, Artur Lira (AL).

Líderes do Centrão alertam, ainda, para o fato de que há no meio político uma expectativa de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereça nova denúncia contra Temer por obstrução de Justiça.

“A reforma tem que ser votada dentro de uma uniformidade da base, e o governo não tem essa uniformidade. A discussão da Previdência abre a porta para sociedade ir para as ruas, é tudo o que o governo tem que evitar diante de uma segunda denúncia”, afirma o líder do PSD, Marcos Montes (MG).

O peso do Centrão
Juntas, as bancas de PP, PR e PSD somam 123 deputados. Na votação da denúncia, os três partidos deram 87 dos 263 votos a favor de Temer.

Para aprovar a reforma da Previdência, o governo precisa de 308 votos. Por isso o governo tem usado o discurso de aprovar o texto “possível”. O Planalto defende o parecer de Arthur Maia (PPS-BA), aprovado na comissão especial da Câmara.

“A base da conversa começa com o relatório”, observou o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco (PMDB-RJ).

Durante reunião da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), a senadora Fátima Bezerra cobrou do ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintella, a atenção para problemas que afligem a população do Rio Grande do Norte, como a retomada das obras de duplicação da Reta Tabajara e a liberação dos recursos previstos no Orçamento para a Companhia Docas do Rio Grande do Norte.  A falta de repasse desses recursos está inviabilizando o funcionamento do Terminal Salineiro de Areia Branca e colocando em risco a produção salineira do RN e, em consequência do Brasil.

As obras da Reta Tabajaras, na BR 340, foram paralisadas por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). Fátima contou ao ministro que a paralisação das obras no local e as lombadas construídas para conter o trânsito no trecho estão contribuindo para que ocorram frequentes assaltos aos motoristas.    

Fátima sugeriu a Quintella que conversasse com o presidente do TCU, Raimundo Carrero, sobre a possibilidade de desmembrar o processo, liberando as obras nos trechos específicos, que não são alvo do embargo – hipótese levantada pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Valter Casimiro Silveira.  O presidente do DNIT, a pedido da senadora Fátima Bezerra, também prometeu estudar a possibilidade de reduzir as lombadas, para diminuir o risco de abordagem aos motoristas. “Sabemos que elas foram feitas para reduzir a velocidade na via, por causa das obras, mas é possível evitar a parada quase total dos veículos, o que aumenta o risco dos assaltos”, enfatizou a senadora. Ela adiantou que também vai se reunir com o presidente do TCU para discutir o assunto.

Malha viária

Ainda na reunião da CI, a senadora apelou também ao ministro para que fossem liberados recursos para a manutenção da malha rodoviária federal do Rio Grande do Norte, que se encontra em situação lastimável.

Ela citou como exemplo os trechos da BR 101, entre Natal e Canguaretama; da BR 406, entre Igapó e Macau; da BR 226, entre Currais Novos e Pau dos Ferros; e da BR 226, entre Caicó e Natal. “Esses trechos estão intransitáveis e é inadmissível que o governo não repasse recursos para manutenção das estradas”, enfatizou.

Sal

Fátima também apelou ao ministro para a liberação dos recursos previstos no Orçamento para a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), que, como fez questão de ressaltar a senadora, enfrenta uma das mais sérias crises de sua história. 

Para se ter ideia da gravidade da situação, dos R$ 100 milhões do Orçamento que a empresa deveria receber nos últimos dois anos, só foram liberados R$ 100 mil. Com isso, a empresa está sem dinheiro sequer para pagar os servidores, já que os poucos recursos que recebeu, teve que usar em algumas obras mínimas de manutenção.

“Não estamos falando de uma instituição qualquer. A Codern gera 25 mil empregos diretos e indiretos e necessita de investimento urgentes não apenas para o Porto como para o Terminal Salineiro de Areia Branca. O Rio Grande do Norte é responsável por 95% da produção de sal brasileira e a falta de investimentos no terminal, além de representar um desastre para a economia do estado, tem reflexos diretos na indústria química do país”. O sal é largamente utilizado na indústria química e, sem a produção do Rio Grande do Norte, o Brasil ficaria totalmente dependente da importação do produto.

“Nos governos Dilma e Lula, investimos R$ 220 milhões no terminal da Areia Branca – essa foi a primeira obra a ser concluída com recursos do PAC porque entendíamos a importância do empreendimento para o desenvolvimento do país. E agora não temos dinheiro sequer para pagar funcionários. A que ponto chegamos!”, criticou a senadora.

Nesta quarta-feira, o diretor-presidente da Codern, Emerson Fernandes Daniel Júnior, vai se reunir com a bancada do Rio Grande do Norte, para expor a difícil situação por que passa a empresa, em busca de alternativas para resolver o problema.

Uma nova ação do Governo do Estado vai permitir a partir desta terça-feira, 08, a oferta de mais dois mil imóveis para aquisição pelo servidor público estadual e municipal. Isto foi possível com a assinatura pelo governador Robinson Faria de um convênio com o Secovi – Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e administração de imóveis do Rio Grande do Norte, que representa as imobiliárias, incorporadoras, loteadoras e empresas urbanizadoras e com o Creci – Conselho Regional de Corretores de Imóveis do RN.O convênio foi firmado por meio do programa Moradia Cidadã, lançado em março passado para diminuir o déficit habitacional no estado.

“Vocês são bem-vindos a esta parceria. Vamos fortalecer e multiplicar os programas Moradia Cidadã e Moradia Cidadã Municípios. Com isso vamos atender a demanda na capital e no interior, gerar oportunidades de trabalho e incentivar a economia”, afirmou o governador aos dirigentes das duas instituições em ato realizado no início da tarde deste dia 08, na Governadoria.

O convênio vai ampliar rapidamente a oferta de imóveis credenciados atendendo tanto as necessidades dos dois programas geridos pela Companha Estadual de Habitação – Cehab, quanto as do mercado imobiliário. “Esta é uma ação coordenada da nossa administração. Estamos aliando a capacidade de incentivo e fomento do Governo ao objeto de trabalho das imobiliárias”, disse Robinson Faria lembrando que “outras ações coordenadas vêm sendo tomadas como a agilização na liberação de licenças ambientais para novos empreendimentos, pelo Idema, a nova Lei de regulamentação de normas técnicas para a habitação dos imóveis, pelo Corpo de Bombeiros Militar, e a atração de empresas como a chinesaChintCompany, segunda maior produtora do mundo de placas fotovoltaicas para produção de energia solar que irá gerar novos investimentos em apoio às suas atividades e também no setor imobiliário”.

O presidente da Cehab, João Ronaldo, ressaltou que parceria como o Secovi e com o Creci “vem somar para atingirmos o objetivo de atender toda a população dentro das políticas sociais dos governos federal e estadual, ofertando moradias para quem quer e precisa e não tem”.

O presidente do Creci, Waldemir Bezerra disse que o Governo do Estado hoje tem credibilidade e que a entidade, que representa 4,5 mil corretores e mais de 400 imobiliárias no RN soma esforços à administração estadual para atender as necessidades do servidor e da população”.

Renato Gomes, presidente do Secovi, considerou que a parceria “vai beneficiar o setor e os servidores, além de favorecer o desenvolvimento do Estado. Reconhecemos a importância desta iniciativa do Governo que pode contar conosco”.

SOBRE OMORADIA CIDADÃ

  • O programa foilançado pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social(Sethas), via Companhia Estadual de Habitação (Cehab).
  • O projeto viabiliza moradias de qualidade a preços mais baixos para servidores da Administração Direta e Indireta (ativos, aposentados e pensionistas).
  • Através do site www.cehabcidadao.rn.gov.bros interessados recebem orientações técnicas, tiram dúvidas online e até fecham intenção de compra.
  • O programa tem duas vertentes: Moradia Cidadã Servidor e Moradia Cidadã Municípios.
  • O projeto visa o enfrentamento ao déficit habitacional no RN que hoje é de 108 mil moradias.

MORADIA CIDADÃ MUNICÍPIOS

  • No Moradia Cidadã Municípios, 30 cidades do RN já aderiramao Programa, entre elas Serra Caiada, Apodi, Alexandria, Caicó, Mossoró, Natal, Parnamirim, Goianinha, Macaíba, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante e São José do Mipibu.
  • Há cerca de 2 mil imóveis em fase de projetopara dar entrada junto à Caixa Econômica Federal para aprovação do empreendimento.

 AÇÕES DA CEHAB DESDE 2015:

  •    Moradias entregues em 60 cidades – 5.867 unidades(2015/2016).
  •        Meta é entregar 4.649 moradias em 2017.
  •        Em 2018, estão previstas a entrega de mais 4.019 moradias.
  •   Regularização Fundiária realizada em 1.117 unidades habitacionais nas cidades de São Gonçalo do Amarante, Natal, Ceará Mirim, Monte Alegre, Canguaretama, Senador Georgino Avelino, Vila Flor.
  •     Em Natal, está em fase de contratação a regularização fundiária de 10.394 unidades habitacionais, em nove conjuntos da Zona Norte.
  • No total, mais de 17 mil unidades habitacionais terão regularização fundiária em Natal, na Grande Natal, Mossoró, Pau dos Ferros e Currais Novos.

Dando continuidade ao projeto de inclusão social de pessoas com deficiência, a Assembleia Legislativa recebe novos servidores nesta terça-feira (8). Camila de Lima e Stives Luiz da Silva, juntamente com Felipe Medeiros, que já fazia parte do quadro da Casa, vão atuar no setor de Cerimonial e no auxílio às funções do plenário durante as sessões do Legislativo Estadual.

“Essa é a forma que a Assembleia Legislativa encontrou para oportunizar esses jovens a trabalharem na Casa, proporcionando um momento de interação junto aos funcionários e deputados. O projeto é um marco no país em favor da inclusão social de pessoas com deficiência”, avalia o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O projeto, que teve início em 2011, é pioneiro no Brasil e serviu de modelo para a Câmara Federal. A iniciativa é desenvolvida através de convênio, renovado anualmente, com a Associação de Pais e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (APABB). Os servidores recém chegados à Casa substituem Manuela Nely e Kalina Santos, portadoras de síndrome de Down e que agora dão espaço aos novos integrantes do projeto.

No Cerimonial, a atividade desempenhada consiste em organizar os convites que são emitidos para eventos como sessões solenes e audiências públicas. Como assistentes de plenário, são responsáveis por colher assinaturas de deputados para projetos e processos em tramitação. O horário de expediente programado é das 8 às 13 horas.

A chefe do Cerimonial, Gevaneide Pereira, define o convívio diário com os servidores especiais. “Engrandecem o setor e nos trazem companheirismo. Com eles, recebemos lições de vida e aprendizados diários. Desenvolvem toda e qualquer tarefa com amor, alegria e bom humor”, afirma ela.

A assistente social da APABB, Alexsandra Romualdo, explica que o projeto visa à capacitação e inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. “É uma iniciativa que busca trabalhar a qualidade de vida, a inclusão e a autonomia dessas pessoas, mostrando que muito mais que limitações, eles têm potencialidades”, destaca a assistente.

De acordo com Alexsandra, a parceria com Assembleia traz agora uma inovação: a inclusão de uma pessoa com múltiplas deficiências, como é o caso de Camila Lima. “Até então o trabalho na Casa Legislativa contemplava apenas jovens com síndrome de Down. Desta vez, estamos inserindo também uma pessoa com deficiências múltiplas, ou seja, deficiência física e intelectual”, explica ela.

Dom Antônio Carlos Cruz Santos, bispo de Caicó, no RN (Foto: Divulgação/ Diocese de Caicó)

O bispo diocesano de Caicó, Antônio Carlos Cruz Santos, publicou nota neste fim de semana para responder às críticas feitas contra sua fala no dia 30 de julho, quando disse durante uma missa que a homossexualidade ‘é um dom de Deus’. “Minha intenção é de salvar vidas, contribuindo para que possamos superar os preconceitos que matam”, declarou na nota.

Ele afirmou ainda que não agiu de má fé e que segue as orientações do Papa Francisco sobre o tema.

O vídeo com a mensagem proferida durante a tradicional Festa de Santana, na região Seridó do Rio Grande do Norte, repercutiu nas redes sociais e gerou polêmica entre os fiéis da Igreja Católica. Mensagens na página da Diocese de Caicó ficaram divididas entre apoios e críticas ao clérico.

Em nota, Dom Antonio esclareceu que fez a declaração em razão do alto índice de suicídios na região Seridó. Ele diz que, ao receber pessoas para falar sobre seus conflitos, percebeu que a maior parte é de ordem afetiva. “Dentro do contexto, abordei o tema dos irmãos e irmãs com orientação homoafetiva, procurando enxergá-los de uma forma evangélica, por isso me dirigi aos que sofrem por causa desta condição. Em geral, a orientação sexual não é uma opção, pois em determinado momento da vida a pessoa se descobre com esta ou aquela tendência. Opção é a forma como a pessoa viverá essa orientação”.

O bispo afirmou que não quis induzir ninguém ao erro, mas seguiu as orientações da igreja e do Papa Francisco. “(…) Como o Papa Francisco já nos pediu bastante vezes, as pessoas já sabem de cor a doutrina da Igreja sobre aborto, divórcio e atos homossexuais. Ele pede de nós que não fiquemos obcecados em sempre insistir no pecado aumentando a ferida cada vez mais dessas pessoas, mas insistamos que a igreja está de portas abertas para acolher, instruir, discernir, amar a fim de levar a salvação a todos sem exceção”, escreveu, em nota.

Confira a nota completa:

No último dia 30 de julho do corrente ano, em razão da homilia por mim proferida no encerramento da Festa de Sant’Ana, padroeira de nossa Diocese de Caicó, muitas contestações se levantaram a partir da referência que fiz, sobre o tema da homoafetividade.

Como “cada ponto de vista é a vista de um ponto”, gostaria de esclarecer a partir de que ponto eu estava falando. Encontro-me no sertão no Seridó há três anos e a cada dia tenho aprendido a amar este povo forte e sofrido. Uma das dores desta região que corta o meu coração de pastor é o alto índice de suicídio (só na cidade de Caicó, nos dez primeiros meses do ano passado, tivemos dezenove casos). Com frequência tenho abordado este tema e, por isso, muitas pessoas têm me procurado para partilhar experiências, o que me fez entender que vários casos estavam associados a conflitos de ordem afetiva.

O Evangelho do domingo era Mt 13, 44-5, e nos apresentava o Reino de Deus como um comprador de pedras preciosas que ao encontrar uma de grande valor, vai vende todo o que tem e compra aquela pérola. Também Jesus nos dizia que quem se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas. Com esta imagem, convidei a assembleia a refletir sobre a pérola que o Evangelho estava nos dando na Festa de Santana.

Dentro do contexto, abordei o tema dos irmãos e irmãs com orientação homoafetiva, procurando enxergá-los de uma forma evangélica, por isso me dirigi aos que sofrem por causa desta condição. Em geral, a orientação sexual não é uma opção, pois em determinado momento da vida a pessoa se descobre com esta ou aquela tendência. Opção é a forma como a pessoa viverá essa orientação. A minha preocupação ao abordar tema tão delicado, é de caráter eminentemente pastoral e busca acolher, no contexto de nossa Igreja Particular, as orientaçãoes da Igreja sobre esta questão, desenvolvidas e aprofundadas nos decênios. O Catecismo da Igreja Católica já nos ensina a respeito do cuidado necessário para com as pessoas homoafetivas: “Um número considerável de homens e mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objetivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição” (CIC, 2358).

Tenho total convicção que não agi de má fé nem quis induzir ninguém ao erro. Mas, como o Papa Francisco já nos pediu bastante vezes, as pessoas já sabem de cor a doutrina da Igreja sobre aborto, divórcio e atos homossexuais. Ele pede de nós que não fiquemos obcecados em sempre insistir no pecado aumentando a ferida cada vez mais dessas pessoas, mas insistamos que a igreja está de portas abertas para acolher, instruir, discernir, amar a fim de levar a salvação a todos sem exceção.

Com minha reflexão, em clima de oração, enquanto pastor que se comove diante das fragilidades do seu rebanho, sem querer minimizar as dimensões doutrinal e moral que a matéria em questão envolve, minha intenção é de salvar vidas, contribuindo para que possamos superar os preconceitos que matam e entrar na dinâmica da misericórdia de Deus que respeita, resgata e salva as pessoas. Humildemente confesso que este é o sentimento de um pastor que busca assimilar, no exercício concreto do seu ministério, a mesma compaixão do Bom Pastor, que busca “ter o cheiro das ovelhas” e que, como Pai, preocupa-se pela salvação e pela dignidade da vida dos seus filhos.

Quero confirmar que sou filho da Igreja, amo a minha Igreja, professo e aceito toda a sua doutrina e, em razão da minha prometida fidelidade ao Sucessor de Pedro, o Papa Francisco, estou procurando colocar em prática os ensinamentos do seu magistério e suas orientações pastorais sobre o tema em questão. Simplesmente busquei ser fiel ao meu lema episcopal: “Olharão para Aquele que transpassaram” (Jo 19,37), tendo os olhos fixos no Transpassado quis contemplá-lo nos transpassados da história. Finalizo com o desejo de que as sábias palavras de Santo Agostinho nos inspirem e nos guiem diante de nossas perplexidades: “Na essência a unidade, na dúvida a liberdade, em tudo a caridade”. Rezemos uns pelos outros.

De peito aberto…

Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo Diocesano de Caicó

Igor Jácome, G1 RN

 

Começam nesta terça-feira (08/08) e vão até dia 11/08 em Caicó as inscrições para a oficina A Dramaturgia do Palhaço: das entradas clássicas aos números contemporâneos. Promovida pelo Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), instituição do Sistema Fecomércio, a capacitação gratuita integra o projeto Sesc Dramaturgias, e acontece entre 14 e 19/08 no Sesc Caicó.

 

Para se inscrever, basta entrar em contato pelo telefone (84) 3421-2337. Além da cidade seridoense, a oficina também acontece em Natal de 08 a 11/08, e em Mossoró entre 21 e 25/08, com inscrições que vão de 14 e 18 de agosto pelo telefone (84) 3316-3665. As vagas nas três cidades são limitadas.

 

Na oficina, que terá cinco dias de duração, serão abordadas teoria e prática com o objetivo de ampliar as referências dos participantes acerca do tema. Serão tomados por base dois aspectos: o estudo e análise dramatúrgica de algumas entradas cômicas dos séculos XIX e XX e as possibilidades de criação de números contemporâneos na prática.

 

A atividade será ministrada por Caco Mattos, ator, palhaço e diretor, pesquisador da palhaçaria clássica, empenhado na pesquisa de um tipo de dramaturgia criada pelos palhaços europeus entre a metade dos séculos XIX e XX na França e que tanto inspirou os escritores franceses Tristan Rémy e Pierre Robert Levy a registrar fatos históricos de extrema importância ao circo contemporâneo. É um dos tradutores do livro Entradas clownescas: uma dramaturgia do clown, de Tristan Rémy, lançado pelas Edições Sesc/SP 2016.

 

Sobre O Sesc Dramaturgias

 

Desde 2008, o projeto Sesc Dramaturgias é realizado no Rio Grande do Norte. Inicialmente em Natal, o projeto foi estendido, em 2013, a Mossoró e Caicó.

 

Quase 800 pessoas já foram capacitadas nas oficinas gratuitas. Nas edições anteriores, o Sesc Dramaturgias trabalhou as subtemáticas Otelo de Shakespeare e o significado do ciúme e da posse conjugal (2011); Análise de texto dramático e técnicas de leituras em cena (2012); Criação de leituras dramáticas infanto-juvenis (2013); Palavra em ação (2014); Leituras do mundo (2015); e Do jogo ao texto à cena (2016);

 A partir desta terça-feira, a Adutora Manoel Torres, localizada na cidade de Jardim de Piranhas, região Seridó do Estado, será paralisada. Assim, deixa de abastecer as cidades de São Fernando e Timbaúba dos Batistas, que passam a receber água de sistemas locais. Em São Fernando, o abastecimento passa a ser feito com água do açude público, enquanto em Timbaúba dos Batistas, a população será atendida pelo açude da Fazenda Vida Nova.

A paralisação da adutora já estava prevista, segundo informa a gerente da Regional Seridó da Caern, Rosy Gurgel. O abastecimento pela Manoel Torres vinha sendo feito porque o período de chuvas ocorridas este ano tinha alimentado o manancial de onde a água era captada para as duas cidades. Antes da Adutora Emergencial, a Manoel Torres também abastecia Caicó.

Os moradores do pacato município de Tenente Laurentino, distante 229 quilômetros de Natal, estão assustados com o crescimento de ocorrências criminais nas últimas semanas. E, através da prefeita da cidade, Sueleide de Morais Araújo, buscaram apoio do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSBD), para que a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) reforce as atividades de combate à criminalidade na região.

O deputado Ezequiel Ferreira vai buscar a intervençãda Sesed para que sejam adotadas ações de segurança no município, da região Seridó, inclusive com aumento de efetivo e melhores condições de atuação das forças policiais. “Estou triste com o que está acontecendo em Tenente Laurentino. Uma cidade que era tão calma, agora todos os dias é um roubo, assalto, furto, crimes que a comunidade não convivia com tanta frequência”, lamentou Ezequiel Ferreira.

A cidade de Tenente Laurentino é formada por muitos distritos e reúne perto de 6 mil moradores. A rotina do município de vocação agropecuária tem sido constantemente modificada pela onda de violência. “Tenente tem sofrido com o descaso em relação a presença de policiais. O povo quer ver e ouvir mobilizações como as do deputado Ezequiel Ferreira em nome dos moradores de Tenente. Temos que agir como cidadãos conscientes e assumir nossa responsabilidade em nome da segurança pública”, comentou a prefeita Sueleide de Morais Araújo.

O governador Robinson Faria sancionou a lei que implementa o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, em solenidade realizada na Governadoria, ontem dia 7.  O órgão será mais uma ferramenta em defesa das mulheres, reforçando o compromisso do Governo do Estado com esta política pública.

“Mesmo depois da criação da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM) ainda necessitávamos avançar nesta área, e o conselho chega para fortalecer este trabalho”, destacou o governador Robinson Faria. O RN era o único no Nordeste que não tinha o órgão.

De acordo com a titular da SPM, Flávia Lisboa, o conselho ajudará a fortalecer as ações do Governo. “O Conselho terá como finalidade fazer o controle social, formular e propor diretrizes em todas as esferas da administração destinadas à valorização da mulher, assegurando à população feminina o pleno exercício da cidadania”, destacou.

A criação do conselho ainda servirá de incentivo para que municípios também constituam seus grupos de trabalho. Hoje das 167 cidades do RN, apenas 11 contam com Organismos de Políticas para Mulheres.

Após a implementação, será lançado um edital público a partir do qual serão convocados os componentes do conselho, formado por entidades governamentais e não-governamentais. Participaram da solenidade, os secretários da Sejuc, Luís Mauro Albuquerque, da Sethas, Julianne Faria e a deputada estadual Cristiane Dantas.

Posse COED

Mais cedo, na tarde desta segunda, 7, o governador Robinson Faria deu posse ao Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COED). Durante a solenidade, que contou com a presença de representantes de diversas entidades vinculadas ao Conselho, falou sobre o comprometimento do Governo do Estado com esta área.

“É uma preocupação nossa atender à pauta das pessoas com deficiência. E é uma grande alegria estar aqui dando posse à esse conselho”, destacou Robinson. A secretária da Assistência Social, Julianne Faria, lembrou ainda do trabalho de reestruturação do Centro de Reabilitação Infantil (CRI) e da implementação da gratuidade para pessoas com deficiência no transporte público intermunicipal. “Nós estamos trabalhando com o DER e em breve teremos uma data para o início da gratuidade”, assinalou a secretária.

www.scriptsell.net