Pages Menu
Categories Menu

Posted on abr 10, 2014 in Policial

3º Sargento PM sargento Rivanildo Alves “Brazão” assume oficialmente o comando da policia militar em Lagoa Nova

brazão - imagem lagoanovaemdestaque

O 3º sargento PM Rivanildo Alves “Brazão”, assumiu no início da tarde desta quinta feira (10), o comando do destacamento de polícia militar de Lagoa Nova. O novo comandante 3º sargento PM Rivanildo Alves Brazão assume o destacamento da policia militar com o intuito de manter a tranquilidade da população, segundo o sargento  Brazão como é bastante conhecido,  sua conduta será voltada para a comunidade em um todo procurando sempre manter a ordem da sociedade.  Em entrevista ao site de www.lagoanovadestaque.com, o 3º sargento Brazão disse que não vem para o município com fama de durão e sim apenas está vindo para exercer e buscar aplicar  as leis que devem ser cumpridas, “Espero contribuir junto com os demais policiais deste destacamento os anseios da sociedade” afirmou o novo comandante. No momento o município de Lagoa Nova conta com 16 policiais militares além do comandante, isso significa um bom contingente de policiais, o sargento espera buscar a cooperação da comunidade para que possa desempenhar um bom trabalho perante a sociedade lagoanovense.

Ao novo comandante do destacamento de polícia militar, desejamos muito sucesso nesta nova fase de sua carreira militar e que a sociedade se sinta segura com o trabalho que irá desempenhar junto com os demais policiais em nosso município.

PIANO

Leia Mais

Posted on abr 10, 2014 in Policial

Mentor intelectual do assassinato de F. Gomes será julgado hoje

mentor imagem Sidney Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, reafirmará na sua fala durante o julgamento popular do comerciante Lailson Lopes, o Gordo da Rodoviária, nesta quinta-feira (10), que ele teve participação no assassinato do jornalista F. Gomes no dia 18 de outubro de 2010 em Caicó/RN, como mandante autor intelectual ao lado dos demais réus já pronunciados no processo.

Uma das informações levantadas na investigação policial, que segundo o promotor, é forte no sentido de incriminar Lailson, é o relatório telefônico apresentado através de decisão judicial por empresa operadora de telefonia móvel.

Naquele dia, ou seja, 18 de outubro de 2010, eles, (os réus), se comunicaram várias vezes por telefone, antes e depois do crime. Está provado. Ele, (Lailson), afirma que falava com Dão sobre uma questão de um celular, e tal… Ora, como é que eu com um crime em andamento, vou me lembrar de ligar para outro para concertar um celular meu que está quebrado ou coisa assim?“.

As ligações entre os réus ficaram comprovadas depois que a delegada Sheila Maria Freitas, diretor da Divisão Especial de Investigação e de Combate ao Crime Organizado – DEICOR solicitou a quebra do sigilo telefônico de cada um.

Blog Sidney Silva teve acesso ao relatório e separou algumas ligações telefônicas:

* Lailson ligou para Dão no dia 18 de outubro de 2010, às (20hs 55min 14ss) e as (22hs 06min 40ss)

* Rivaldo Dantas ligou para Dão no dia 18 de outubro de 2010, às (22hs 21min 27ss)

* Dão ligou para Rivaldo no mesmo dia às (22hs 44min e 38ss)

* Rivaldo ligou para Dão no mesmo dia às (22hs 50min e 04ss)

* Rivaldo ligou para Lailson no mesmo dia às (22hs 53min e 29ss)

* Lailson ligou para Rivaldo no mesmo dia às (23hs 40min e 32ss)

* Lailson ligou para Rivaldo no mesmo dia às (23hs 46min e 51ss)

O promotor acha estranho Lailson Lopes afirmar que Dão estava tratando com ele sobre um aparelho telefônico que estava precisando ser consertado.

Neste momento, pelo que aponta a investigação, o assassino de F. Gomes estava fugido da polícia, sendo perseguido pela cavalaria, se escondendo para não ser preso. Outra coisa, é que às 20hs, 55min e 14ss, Dão fala com Lailson. Ora…F. Gomes foi morto às 21hs05mi, e estando ele prestes a cometer o crime, iria ligar para conversar sobre um telefone que estava quebrado e tal?“, questiona.

Amizade

O réu, Lailson Lopes, afirma categoricamente que era amigo de F. Gomes, e que por tanto não teria motivos para mandar matá-lo. Diante dessa afirmação, o promotor ouviu testemunhas no decorrer do processo, e todas afirmaram que o réu não tinha amizades com a vítima.

“Sobre isso, nós ouvimos diversas pessoas. Procuramos ouvir pessoas próximas de F. Gomes, um deles, só pra citar, Chico Careca, amigo pessoal de F Gomes. Ele afirmou sem titubear que os dois não tinham amizade. Lembrou até um episódio onde o Gordo foi preso e que F Gomes falou no programa de rádio. Lailson processou o radialista, então como é que eu sou amigo seu e vou lhe processar? Ai, eu acho que não tem amizade”.

Star Conect abril

Leia Mais

Posted on abr 10, 2014 in Policial

Trio de Mossoró tenta matar radialista no Seridó e termina preso

bandidos - foto Jair Sampaio

A Delegacia de Polícia Civil em Caicó, foi registrada uma tentativa de homicídio no início desta noite de quarta-feira, (09). Por volta das 16 horas e 30 minutos, o radialista, Roberto Valdivino de Oliveira, de 38 anos, natural de Serra Negra do Norte, foi atacado por três homens armados quando passava pela BR 427, nas imediações da entrada para Timbaúba dos Batistas/RN.

O trio efetuou disparos de pistola e revólver contra seu carro. Eles foram capturados. O trio foi identificado como: Francisco Canindé do Nascimento, de 45 anos, motorista, natural de Ceará Mirim/RN, residente em Areia Branca/RN, Francisco Pereira da Silva, de 29 anos, desempregado, natural de Açu e residente em Mossoró e Fredson Barbosa Bezerra, de 28 anos, crediarista, natural de Mossoró e residente em Areia Branca.

Em contato com o Blog Sidney Silva, Roberto Valdivino, disse que se deslocava para Caicó em seu carro, uma pick up estrada de cor branca, depois de passar o dia trabalhando em Serra Negra. Quando se aproximou da Fazenda Solidão, avistou o carro tipo Santana de cor prata e placas GWT6040/RN, parado na margem da rodovia. Quando o carro do radialista passou, eles o seguiram. Neste momento, Roberto percebeu e aumentou a velocidade. Ele estava na companhia de Ingrid Vanessa Dantas Rodrigues, de 38 anos.

“Eu vi este carro passar em frente a rádio onde eu trabalho por várias vezes hoje. Também os vi em outros lugar onde eu fui hoje. Quando eu avistei o carro na BR eu os reconheci de pronto, e quando vi que passaram a me seguir, então apertei o passo. Quando chegou na entrada de Timbaúba, ai me aproximei de um caminhão, como eu reduzi eles se aproximaram. Eu pensei em, quando eles emparelhassem comigo, eu frearia de vez e eles passariam adiante, mas, foi muito rápido eles abriram fogo, passaram e lá na frente pararam, e ficaram observando, como eu dei meia volta e segui para Timbaúba eles fugiram“, contou.

Em Timbaúba dos Batistas, o radialista procurou a Polícia e comunicou o fato. Logo, as Guarnições saíram em diligências, pediram apoio às cidades vizinhas, inclusive à São Fernando. Teve início a uma intensa cassada ao trio armado. Já na zona rural, eles foram alcançados, trocaram tiros com os PMs, mas foram capturados.
O carro do radialista foi atingido por cerca de 5 tiros na lateral direita.

A Polícia apreendeu uma pistola e um revólver de calibre 38 de oito tiros.
Quando foi ouvido na Delegacia, o radialista disse que sofreu ameaças no mês de abril de 2013, por parte de um empresário, que inclusive prestou queixa.

O sargento Marcelo Coelho, comandante da PM em Serra Negra do Norte, disse ao Blog Sidney Silva, que o caso deve ser devidamente investigado pela Polícia Civil. “Isso deverá ficar claro quadro for feita a devida investigação, ouvida dos presos e etc…o que pode ter acontecido foi uma tentativa de assaltou ou mesmo um crime de pistolagem, mas, nada é definitivo, agora não”, disse.

Sidney Silva

Radio Nova Era 295 x 100 Color

 

Leia Mais

Posted on abr 9, 2014 in Policial

Polícia Civil procura o ex governador do RN condenado em Brasília

foto_sociedadeativa

 

O juiz Fábio Wellington Ataíde, de Natal, foi informado que o ex governador Fernando Freire, do RN, está escondido num endreço em Baraília.

A informação foi repassada para ospoliciais civis do RN que vão trabalhar em parceria com seus colegas do Distrito Federal para localizar e prender o réu.

 

Star Conect abril

Leia Mais

Posted on abr 1, 2014 in Policial

Português é preso com 2,70 quilos de cocaína

cocaína

A Polícia Federal prendeu na madrugada desta segunda-feira, 31 de março, no aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim/RN, na Grande Natal, um designer gráfico, português, 38 anos, acusado de tráfico internacional de drogas. Com ele foram encontrados 2,70 quilos de cocaína camuflados numa mala.

A prisão aconteceu quando os policiais de plantão no aeroporto fiscalizavam os passageiros que seguiriam em um voo para Portugal e suspeitaram do conteúdo de uma bagagem submetida ao aparelho de raios-X. O dono da mala foi então identificado e convocado, na presença de testemunhas, para acompanhar uma revista, sendo a droga encontrada, em um fundo falso, envolvida em um saco plástico.

De imediato, o estrangeiro recebeu voz de prisão e seguiu para a Superintendência da PF no bairro de Lagoa Nova, onde foi autuado em flagrante delito.

Durante o interrogatório, o suspeito não forneceu maiores dados sobre quem lhe contratou, apenas disse que há dias conheceu ocasionalmente um homem de sotaque espanhol, na Praia de Pipa/RN e este lhe propôs levar uma mala contendo a droga até o aeroporto de Lisboa, onde ao desembarcar, seria procurado por uma pessoa que lhe gratificaria com a quantia de seis mil euros.

O acusado, que não possui antecedentes criminais, encontra-se sob custódia na sede da PF, à disposição da justiça, e deverá ser transferido nas próximas horas para o Centro de Detenção Provisório de Natal.

Somente neste primeiro trimestre do ano, a Polícia Federal já prendeu três estrangeiros no aeroporto Augusto Severo acusados de tráfico de drogas e apreendeu cerca de 11 quilos de cocaína que seriam levados para países da Europa.

 

JORNAL

Leia Mais

Posted on mar 31, 2014 in Policial

Copa: segurança terá 12 mil pessoas

copa_foto_tribuna do norte

Centro de Coordenação de Defesa de Área no 3º Distrito Naval

 

Doze mil homens vão atuar nas áreas de segurança e defesa pública durante a realização da Copa do Mundo, em Natal. Exército, Marinha e Aeronáutica serão responsáveis por 4.700 militares enquanto a Força Nacional e todas as polícias vão às ruas com um efetivo de 6.300 policiais. Áreas próximas à Arena das Dunas, Fifa Fan Fest, espaço aéreo e mar terão patrulhamento específico com barreiras físicas  ou linhas imaginárias. Trânsito sofrerá alterações horas antes do início das partidas e as ações preventivas não estarão restritas aos quatro dias de jogos. O esquema de segurança pública visando a realização do Mundial na capital potiguar ainda não está completamente definido. Alguns ajustes dependem de vistorias que ainda serão realizadas e de confirmações quanto à finalização das obras de mobilidade urbana. Um outro ponto ainda é impasse e diz respeito ao aeroporto que estará em operação. Há planejamento para cada um dos aeroportos (Augusto Severo em Parnamirim e Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante) bem como inclui-se na lista de opções a Base Aérea de Natal (Bant).

Embora algumas dúvidas permaneçam sem respostas, outras definições estão pactuadas entre todos os órgãos envolvidos na questão. À frente do processo, está um triunvirato formato por autoridades da defesa e segurança: titular da secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Eliéser Girão; superintendente da Polícia Federal no Rio Grande do Norte (PF/RN), Kandy Takahashi e o comandante do 3º Distrito Naval, Vice-almirante Marcos Nunes de Miranda. Os três mantêm, há algumas semanas, uma agenda permanente de reuniões.

O objetivo do batalhão de 12 mil  homens oriundos das Forças Armadas, policiais militares, civis, federais, rodoviários e bombeiros é um só: garantir que o evento esportivo transcorra com absoluta tranquilidade. Entretanto, o número expressivo de militares presentes em Natal não será perceptível pela população. É o que garante o almirante Miranda ao frisar que há uma diferença entre defesa e segurança pública. “São coisas diferentes. As Forças Armadas serão responsáveis pela defesa. Já a segurança pública é responsabilidade das polícias. O ideal é que a população nem veja os militares nas ruas”, coloca.

A afirmação do almirante pode parecer estranha, mas há de fato um acordo entre as instituições que respeitam as normas  definidas pelo Ministério da Defesa (MD). O policiamento das ruas e áreas de concentração de torcedores será feito pelas polícias. Homens da Força Nacional também atuarão nesse sentido. O planejamento aponta ainda que esses órgãos são responsáveis pelo controle de possíveis manifestações. Já dentro da Arena das Dunas, apenas segurança particular.

De forma direta, as Forças Armadas só vão atuar em casos extremos, quando o efetivo policial não conseguir controlar a situação. “Teremos uma força de contingência disponível para esses casos. Mas esses homens vão às ruas apenas se a governadora solicitar e a presidenta autorizar”, afirma almirante Miranda.

Embora a ação direta não seja o foco das Forças Armadas, houve – e ainda há – um planejamento extenso para a Copa do Mundo. Nesse sentido, foi criado um centro de Coordenação de Defesa de Área (CDA), no 3º Distrito Naval. A sala é equipada com computadores e monitores ligados ao Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR). “Daqui, vamos observar o que acontece no mar, céu e território de Natal”, explica o almirante. “Mas tenho confiança que não será necessária uma intervenção direta dos militares”, completa.

Fonte: Tribuna do Norte

 

maremansa

Leia Mais