All posts under: Policial

Rebelião na Casa de Privação Provisória de Liberdade Elias Alves da Silva CPPL IV, em Itaitinga, no Ceará

Catorze detentos foram mortos em rebeliões nas unidades prisionais do Ceará desde sábado, segundo informações da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado. As mortes aconteceram durante conflitos entre os próprios presos, segundo a pasta. Na segunda-feira, o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, atendeu a pedido do governador Camilo Santana (PT) e autorizou envio de homens da Força Nacional para combater a crise prisional no Estado. “Lamento profundamente o que vem acontecendo em nossas unidades prisionais e não medirei esforços, junto com nossas forças de segurança, para que haja a estabilidade do sistema penal o mais rápido possível”. Minha determinação é para que todas as medidas necessárias para isso sejam tomadas”, afirmou Santana. As rebeliões nas unidades começaram no último sábado, quando parentes foram impedidos de visitar os presos por causa de uma greve de agentes penitenciários que reivindicavam aumento salarial. No mesmo dia, o governo estadual cedeu e resolveu ampliar de 60% para 100% a gratificação por serviço de risco, que será feita de forma escalonada até 2018. Os agentes aceitaram, a greve acabou, mas a instabilidade nos presídios permaneceu. Dentre os detentos mortos estão homens que respondiam por latrocínio, tráfico, furto, roubo, homicídio. Seis corpos ainda aguardavam identificação por especialistas da perícia forense.

A Secretaria de Justiça informou ainda que uma operação de policiais e agentes penitenciários identificou na segunda um túnel na unidade Agente Luciano Andrade Lima, em Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza. Não há confirmação oficial de fugas. Nesta unidade estava Antônio Jussivan Alves dos Santos, o Alemão, um dos líderes do furto de 164 milhões de reais do Banco Central, cometido há mais de 10 anos.

Estadão

PIANO-PEÇAS-E-SERVIÇOS1

Uma operação coordenada pela Polícia Civil de Caicó, com apoio da Polícia Militar, resultou na prisão em flagrante de quatro homens que são suspeitos de realizarem tráfico de drogas na cidade, na manhã desta quarta-feira (18). Foram detidos Alan Carlos Cirilo da Silva, vulgo Alan Pepeu, de 18 anos, Diego Albino de Moraes, conhecido por Pepé, 26 anos; Maicon Mateus dos Santos e Kaio Henrique da Silva, vulgo Alan Pepeu.

Durante a ação policial, que visou o cumprimento de mandados de busca e apreensão, foram apreendidos 21 quilos de maconha, uma pistola Taurus PT100, três carregadores de calibre 380, dois carregadores calibre 4066, 66 munições do calibre 380, 31 munições calibre 40, quatro munições calibre 38, aproximadamente R$ 1.400 e cinco aparelhos celulares.

A operação contou com equipes de policiais civis das Delegacias Regional, Municipal, Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente (DEA) e Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Caicó; da Polícia Militar, formada pelos grupos do Grupo Tático de Operações (GTO), Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM),Grupo Tático Operacional (GTOR) e Rádio Patrulha (RP).

divulgaçao

O novo comandante da Polícia Militar, coronel Dancleiton Perreira Leite, concedeu entrevista coletiva na manhã de hoje (25) no Quartel General do Comando Geral e falou sobre como pretende combater a criminalidade no Rio Grande do Norte. A informação é do 190 RN. Segundo o coronel, os criminosos não terão vida fácil daqui para frente. “O Estado vai ficar inseguro para o bandido. Atualmente, a população está com medo de sair de casa, mas, a partir de agora, os bandidos é que vão temer”, desabafou o comandante.

O coronel também falou sobre a atual situação da criminalidade no Estado. “Nós estamos revoltados com isso, mas vamos agir para retomar o controle da situação. Iremos intensificar o policiamento e as abordagens e eu irei orientar os policiais a serem mais proativos. É preciso proatividade, não adianta agir só de forma reativa, depois que o crime acontece”, explicou.

Para retomar a ordem na Segurança Pública do Rio Grande do Norte, o comandante disse que conversou com o governador Robinson Faria e fez sugestões e pedidos para melhorias. “Eu falei a ele que não posso ser o comandante da Policia Militar sem ter condições para isso. Até porque, o comandante é o maior representante da instituição. Eu disse a ele que sou eu que vou levar os problemas da PM para serem resolvidos. E, de imediato, ele se comprometeu com isso”, destacou.

Questionado sobre o tempo necessário para as melhorias na segurança, o comandante revelou que espera um cenário melhor em pelo menos três meses. “Acredito que em 90 dias o cenário já esteja melhor”, comentou.

Operação tolerância zero

A partir do próximo sábado (30) será iniciada a operação Tolerância Zero, que contará com abordagens em vários bairros de Natal e também no interior do Estado. Segundo o oficial, também haverá o reforço de 60 novas viaturas, que serão entregues entre a sexta e o sábado. “Não podemos dar mais detalhes sobre a operação, até para não facilitar as coisas para os criminosos. Mas, podem ter certeza que as abordagens serão intensificadas, principalmente durante a madrugada e em áreas delimitadas pelas manchas criminais”, comentou o comandante.

Clinica dr jodinaldo lucena

Em quinze dias incompletos de 2016, o Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 50 assassinatos no ano. O dado é do “Contador de Homicídios” do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado.

A ferramenta disponibilizada pelo Sinpol computou 52 crimes contra a vida resultantes em mortes até pouco mais das 10 horas da manhã desta sexta-feira (15). Com base nesse número, estima-se que uma média diária de mais de três assassinatos têm sido registrados em todo o estado em 2016.

O Contador chama a atenção também para os 1.653 homicídios contabilizados no território potiguar no decorrer do ano passado.

KALANGO JANEIRO

Material apreendido com adolescentes (2)

Policiais da 3a Companhia Independente de Polícia Militar (3a CIPM) apreenderam na manhã desta sexta-feira (15) quatro infratores no momento em que realizavam um roubo no Campus e na residência universitária na cidade de Currais Novos, na Região Seridó do RN.

Os infratores chegaram ao local e renderam o vigilante. Logo após, foram aos quartos dos estudantes, subtraíram objetos e fugiram. A Polícia Militar foi acionada, realizou diligências e deteve os infratores ainda nas proximidades do Campus Universitário. Com eles, a PM apreendeu um revólver calibre 38, dois simulacros de arma de fogo, munições, celulares e os produtos subtraídos das vítimas.

Os detidos foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia Civil, onde foram reconhecidos pelos estudantes, sendo registrada a ocorrência e, posteriormente, os produtos foram devolvidos aos seus proprietários.

divulgaçao

Foram divulgadas as fotos dos 39 presos que permanecem foragidos da Cadeia Pública de Natal, que registrou a maior fuga da história do RN nesta terça-feira (12).

Segundo a diretora da unidade, Dinorá Simas, todos os presos cumpriam pena em regime fechado e estão enquadrados no artigo 157 (roubo). Por volta das 2h, os apenados usaram um túnel que começava no refeitório do Pavilhão ‘B’ da Cadeia Pública e terminava no muro do Complexo Penal João Chaves, vizinho à Cadeia Pública. De lá, os detentos ganharam às ruas e se dispersaram. Moradoras da região relataram que durante a madrugada era possível ver uma grande quantidade de homens correndo pelas avenidas. Carros e motos os aguardavam.

Confira a lista dos presos que permanecem foragidos:

Dos 46 presos que fugiram do Cadeia Pública de Natal, 39 deles permanecem foragidos

Clinica dr jodinaldo lucena

 

Atualmente, 430 detentos cumprem pena no Presídio Provisório Raimundo Nonato; 39 dos 46 que fugiram permanecem foragidos - foto Adriano Abreu

A direção do Presídio Provisório Raimundo Nonato, na zona Norte de Natal de Natal, divulgou a lista com os nomes dos 39 detentos que permanecem foragidos após a maior fuga da história do sistema prisional do RN. Ao todo 46 criminosos conseguiram deixar a unidade, sendo que sete foram recapturados durante a madrugada desta terça-feira (12).

De acordo com o Dinorá Simas,diretora da unidade, a maioria dos bandidos foragidos cumpria pena no regime fechado pelo crime de roubo. Os presos usaram um túnel que passava por baixo do complexo penal João Chaves, que fica ao lado da unidade prisional. De lá, os detentos foram às ruas e se dispersaram.

De acordo com informações de policiais militares que atuaram na busca pelos detentos, vários presos foram vistos nas ruas nas imediações do presídio por volta das 3h, fugindo em táxis ou a pé. Alguns detentos deixaram para trás o fardamento usado na unidade.

O Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato conta atualmente com 430 presos cumprindo pena. Ao todo, apenas 12 agentes penitenciários trabalham no local.

Durante a madrugada, foram recapturados os detentos: Carlos Eduardo da Fonseca, Francimário Pereira da Costa, Heverson Carlos de Souza, Leandro Carlos Antunes ou Leandro Silva Ferreira, Maicon dos Santos Teixeira, Rafael da Rocha Silva e Ronaldo da Silva.

Confira a lista dos presos que permanecem foragidos:

Alan Cristian da Silva Felipe
Anderson Conceição da SIlva
Arlon Cleiton de Souza Barbosa
Emerson Luiz Marques de Oliveira
JAilson Matheus Silva Vital
Daniel Dantas Sobrinho
HErmesson Gomes de Oliveira
Alyson Florêncio de Oliveira
André Costa de Lima
Blendell Matos da Silva
Cleondson Breno Ferreira Lins
Dhiago Teixeira de Morais
Clécio Ramos da Silva
David Matheus Gomes da Silva Tintin
Douglas Alves de Lira
Emmerson Nunes da Silva
Josivan de Araújo Rocha
Wingres Bezerra Campos Guiete
Daniel Marcos Lopes
Francisco Daniel Bezerra da Silva
Jonathan Diego Gomes de Lima
Rudson Rodrugues de Carvalho
Jonathan Fernandes de Moura
Luiz Carlos da Silva Rodrigues
Frankanderson Araújo de Andrade
Jeferson Rafael do Nascimento
Lenadro Joaquim de Souza
Lucas Costa de Oliveira
José Iran da Silva Melquíades
Luandson Gomes do Nascimento
Rodrigo Ferreira Felinto
Wendeson de Lima Dantas
Wesley Victor Martins de Souza
Joadson Sales da Silva
Lenilton Ferreira dos Santos
Pedro Henrique Souza Sobral
Davi Silva do Nascimento
Willian Costa Oliveira

divulgaçao

Honda Civc ficou completamente destruído no acidente ocorrido na BR-226 - Cedida PM

Nove mortes foram registradas em acidentes nas rodovias do Rio Grande do Norte durante o feriado do Ano Novo, de quinta (31) a domingo (3). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), sete mortes ocorreram em rodovias federais e três dos acidentes foram registrados na BR-226, que liga Natal a Pau dos Ferros e passa por várias cidades do interior do RN. O número de mortes nas BRs é superior ao mesmo feriadão do ano passado, quando duas pessoas morreram nas estradas federais do estado.

O primeiro acidente ocorreu na BR-304, no dia 31 de dezembro. Um caminhão tombou na altura da cidade de Caiçara do Rio dos Ventos, na região Central do estado, deixando o motorista morto.
O segundo acidente ocorreu já no dia 1º de janeiro, na BR-110, próximo à cidade de Areia Branca, no Oeste potiguar. Segundo a PRF, um motociclista bateu em um carro e faleceu antes da chegada do socorro médico. Na BR-226, outros dois acidentes envolvendo motociclistas resultaram em vítimas fatais. Em um deles, ocorrido no trecho da via que passa no bairro dos Guarapes, em Natal, o condutor quebrou o pescoço após cair do veículo.

Já o acidente mais grave aconteceu no trecho da rodovia BR-226 próximo à cidade de Santa Cruz. Uma colisão entre dois carros deixou três mortos e outros quatro feridos em um trecho próximo à entrada do município de Japi. De acordo com o Itep, os mortos no acidente foram Alice da Silva Cavalcanti, de 16 anos, Pedro Teixeira Thiago dos Santos, 25, e Rita Moreno da Silva, de 48. Os quatro feridos foram encaminhados para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

Mais mortes, menos acidentes

O número alto de mortes durante o feriado do Réveillon contrasta como a redução do número de acidentes graves. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, no feriadão de 2015, foram duas mortes e 34 acidentes nas rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte.

Já em 2016 foram sete mortes, com 26 acidentes registrados em rodovias federais. O período registrou também um total de 26 feridos.

Rodovias Estaduais

Além dos acidentes nas rodovias federais, outros dois resultaram em mortes em duas estradas estaduais do estado. Um deles ocorreu na estrada que dá acesso à cidade de Upanema, na região Oeste, enquanto outro ocorreu no município de Japi. Ambos envolveram colisões entre carro e moto.

Segundo o Comando de Polícia Rodoviário Estadual (CPRE), um terceiro acidente ainda está sendo investigado, ocorrido entre os municípios de Viçosa e Porta Alegre.

Clinica dr jodinaldo lucena divulgaçao

pereirão caicó - foto fred carvalhoUm preso foi encontrado morto neste domingo (29) na Penitenciária Estadual do Seridó Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão. De acordo com agentes penitenciários que trabalham no local, o detento estava enforcado. Segundo os agentes penitenciários, o corpo do preso foi encontrado dentro de um banheiro do pavilhão A do presídio. O detento foi identificado como Expedito Bento da Trindade, de 60 anos, que cumpria pena por furto.

Número de detentos mortos chega a 27 em 2015

O caso deste domingo eleva para 27 o número presos mortos em unidades prisionais do Rio Grande do Norte  somente em 2015, sendo o quarto registrado no Pereirão.

O último registro de preso morto dentro de presídios do estado ocorreu no dia 17 de novembro no Complexo Penal Doutor João Chaves, na zona Norte de Natal. O detento Douglas Fabrício de Oliveira Pires, de 24 anos, também foi encontrado enforcado.

Em Caicó, além do caso deste final semana, morreram ainda Márcio César Corsino Freire, no dia 25 de outubro; José Fagner Tibúrcio e Sairo Luan Leite, ambos no dia 5 de outubro.

Veja a lista dos detentos mortos em presídios do RN:

29/11 – Expedito Bento da Trindade (Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, em Caicó)
17/11 – Alexsandro Ferreira Barbosa da Silva (Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta)
16/11 – Francisco Antônio Duarte (Cadeia Pública de Mossoró, em Mossoró)
9/11 – Rodrigo Nascimento Silva (Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta)
9/11 – Arlindo de Lima Silva (Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta)
25/10 – Preso ainda sem identificação (Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó)
24/10 – Carlos Henrique dos Anjos Nascimento (Penitenciária Estadual de Parnamirim, em Parnamirim)
22/10 – Francisco Marques dos Santos (Cadeia Pública de Nova Cruz, em Nova Cruz)
17/10 – Magnum Guedes de Moura (Presídio Raimundo Nonato Fernandes, em Natal)
16/10 – Clésio Barbosa de Souza Oliveira (Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta)
10/10 – Joel Rodrigues da Silva (Presídio Raimundo Nonato Fernandes, em Natal)
9/10 – Cryslon Carlos Lima (CDP de Ceará Mirim, em Ceará-Mirim)
6/10 – José Wilde da Silva (Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta)
5/10 – Edson Nascimento da Costa (Presídio Raimundo Nonato Fernandes, em Natal)
5/10 – Alexandre Ferreira Freitas (Presídio Raimundo Nonato Fernandes, em Natal)
5/10 – José Fagner Tibúrcio (Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó)
5/10 – Sairo Luan Leite (Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó)
3/10 – Jefferson Vieira Lopes da Silva (Penitenciária Agrícola Mário Negócio, em Mossoró)
25/8 – Denison Costa e Silva (CDP do Potengi, em Natal)
24/8 – Cassiano Henrique Galvão (Presídio Raimundo Nonato Fernandes, em Natal)
24/8 – Fábio Júnior da Silva Patrício (Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó)
18/8 – Emerson Santos da Luz (Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta)
16/8 – Antônio Edigleidson de Souza (Cadeia Pública de Caraúbas, em Caraúbas)
16/8 – Genilson Bezerra de Oliveira (Cadeia Pública de Caraúbas, em Caraúbas)
16/8 – Gladstone Clementino Araújo (Cadeia Pública de Caraúbas, em Caraúbas)
16/8 – João Paulo Silva Dias (Cadeia Pública de Caraúbas, em Caraúbas)
10/6 – Alexsandro Teodósio da Silva Pessoa (Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta).

anuncio kalango novembro

cdp_rebeliao

Os presos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Santa Cruz estão em rebelião desde meio-dia e meia de hoje. Uma intensa movimentação está sendo registrada no local e em suas proximidades.

Segundo informações colhidas por nossa reportagem, os presos se rebelaram após uma tentativa de fuga ontem no CDP, onde um buraco foi encontrado em uma das celas. Como não conseguiu transferência, os presos foram mudados de celas, superlotando ainda mais o CDP.

Com esta situação, hoje por volta do meio-dia e meia, os detidos iniciaram a rebelião quebrando as grades das celas e tumultuando o local. Os agentes penitenciários agiram rápido e evitaram fugas, mas os presos continuam rebelados.

Dezenas de policiais militares, civil e agentes penitenciários estão na ação para conter os detidos e finalizar a rebelião, a primeira registrada em anos no CDP da cidade.

divulgaçao

Policiais civis e militares cumpriram nas primeiras horas desta terça-feira (17) mandados de prisão em quatro cidades da região Seridó do Rio Grande do Norte. O foco da “Operação Áries”, de acordo com a polícia, é prender suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ao todo, 28 pessoas foram detidas.

Helicóptero Potiguar I, da Sesed, deu apoio aos policiais durante Operação Àries, na região Seridó do RN - Cleto Filho

Operação de combate ao tráfico de drogas é deflagrada na região Seridó Cleto Filho e Policia Civil

De acordo com a Polícia Civil, a operação é resultado de sete meses de investigação. Os presos são 11 mulheres e 17 homens, que foram detidos nas cidades de Acari, Caicó, Currais Novos e São Vicente. Houve a ainda a apreensão de três adolescentes.A “Áries” contou com o trabalho de 150 policiais civis, que fazem parte do efetivo das 10 Delegacias Regionais de Polícia Civil e da Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor), Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) e da 4ª Delegacia de Polícia de Natal, e de 90 policiais militares da capital e do interior, incluindo homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). O helicóptero Potiguar 1, da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Sesed), deu apoio durante toda a Operação. As investigações da Operação Áries, que é uma alusão a coragem, força, determinação, começaram em abril deste ano e foram conduzidas pelo delegado Antônio Pinto e pelo delegado Paulo Ferreira. Além das prisões efetuadas nesta terça-feira (17), a Polícia Civil conseguiu prender durante os meses de investigação 32 suspeitos em flagrante, todos ligados ao tráfico de entorpecentes.

divulgaçao

 

Marcos Aurélio Moura - foto divulgaçãoO Corpo de Bombeiros em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, informou, nesta sexta-feira (13), que Marcos Aurélio Moura foi identificado como a sétima vítima do rompimento das barragens Fundão e Santarém, da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP.

Marcos trabalhava na empresa Produquímica, terceirizada da mineradora. Outros dois corpos, ainda não relacionados oficialmente à tragédia, aguardam identificação. Dezoito pessoas são consideradas desaparecidas, de acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura de Mariana. O corpo dele foi encontrado no limite entre as cidades de Santa Cruz do Escalvado e Rio Doce, nesta quinta-feira (12) e foi identificado pela esposa no necrotério de Mariana. No dia 5 deste mês, as duas barragens se romperam, despejando 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério e água. O distrito de Bento Rodrigues foi destruído e centenas de pessoas ficaram desabrigadas. A lama alcançou outros distritos de Mariana, como Águas Claras, Ponte do Gama, Paracatu e Pedras, além da cidade de Barra Longa. Os rejeitos no Rio Doce afetaram dezenas de cidades na Região Leste de Minas Gerais e no Espírito Santo.

alcaçuz - foto divulgação GOEO Sindicato dos Agentes Penitenciários confirmou que dois presos foram soterrados enquanto cavavam um túnel no pavilhão 2 de Alcaçuz. Uma retroescavadeira do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) foi solicitada, mas ainda não chegou no local. Enquanto o equipamento não chega, 14 presos trabalham nas buscas pelos desaparecidos. Além disso, está sendo preparado um esquema de iluminação para o local, já que o resgate deve continuar durante a noite. Segundo Vilma Batista, presidente do sindicato, os detentos soterrados são Arlindo de Lima Silva e Rodrigo Nascimento Silva estão desaparecidos, conhecidos como “Boneco” e “Baby”, respectivamente. O segundo era do pavilhão 1 e já havia sido pego cavando outro túnel.

De acordo com o tenente Cristiano Couceiro, o Corpo de Bombeiros foi acionado às 10h24. “Recebemos a informação de que supostamente um preso teria sido soterrado enquanto cavava um túnel no presídio”, disse.

Domingo (8), uma revista realizada na unidade prisional encontrou dois túneis no pavilhão 2, local onde os presos se rebelaram no sábado (7). Não foram encontradas saídas externas dos túneis.

Rebelião

Os presos do pavilhão  2 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, rebelados desde o fim da tarde de sábado (7), resolveram se render após negociação com a direção do presídio. Com as visitas suspensas para todos os pavilhões enquanto a situação não fosse controlada, detentos de outras áreas de Alcaçuz pressionaram para o fim da ação. Para que a rebelião fosse suspensa, a direção do presídio concordou que não haveria intervenção das forças de choque.

Arlindo de Lima Silva e Rodrigo Nascimento Silva estão desaparecidos - foto divulgação

O diretor da unidade, Eider Brito, foi chamado no início da manhã deste domingo para se reunir com os presos. Eles garantiram que não há mortos e feridos, mas a Polícia Militar realiza ainda durante a tarde de hoje uma revista no pavilhão.

A motivação para a rebelião seria a presença de policiais do BPChoque, que foram solicitados ontem pelo diretor da unidade para fazer uma revista no pavilhão. “Eu recebi informações de que teria um túnel no local, solicitei os policias, mas os presos não deixaram eles entrar e iniciaram o motim, tivemos que recuar, pois o número de policias era bem menor que o de presos”, explicou Brito.

Raimundo Nonato

No Presídio Raimundo Nonato, na zona norte de Natal, a polícia fez a intervenção e controlou a situação. Os presos iniciaram, também no fim da tarde de ontem, uma rebelião e queimaram colchões, celas e destruíram parte da unidade.

De acordo com o blog Ronda.com, os mais de 450 presos dos pavilhões A e B se rebelaram e só foram contidos por volta das 21h. A Força Nacional foi acionada para evitar que os detentos fugissem.

Star conect

Márcio Cássio Soares dos Santos - foto divulgaçãoPoliciais militares da cidade de Lagoa Nova prenderam na tarde de ontem, um homem identificado como Márcio Cássio Soares dos Santos, 20 anos, durante patrulhamento de rotina no Sítio Umarizeiro. Durante a abordagem foi verificado que existe um mandado de prisão em aberto a seu favor. A Polícia estava à procura de Márcio Cássio Soares dos Santos, desde 2004, quando foi realizada a Operação Typhoon nas cidades de Natal, Currais Novos, Parelhas e Caicó para combater o tráfico de drogas. Ao constatar a pendência de Marcio Cássio na justiça, a PM deu voz de prisão e fez sua condução à Delegacia de Polícia Civil para melhor apuração dos fatos e providências cabíveis.

Diga não a violência - www.aracatuba.sp.gov.br

Veículos pegaram fogo após vazamento de combustível Foto PRF RNDas 84 mortes registradas nas rodovias federais pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em todo o Brasil durante a Operação Finados, que começou a zero hora da sexta-feira, 30, e terminou a meia-noite da última segunda-feira, 2, sete delas foram registradas no Rio Grande do Norte. O número representa 8,33% das mortes registradas neste período pela PRF. Durante o período foram registrados 27 acidentes nas estradas federais do estado. Ainda de acordo com a PRF, foram registradas 20 casos de pessoas feridas. Em comparação ao feriado de Nossa Senhora Aparecida, o número de acidentes nas estradas do RN foi maior. No período entre 10 e 12 de outubro, 23 acidentes foram registrados. Apesar de o número de acidentes no final de semana ter sido maior que o do último feriadão, o número de pessoas feridas foi relativamente menor. 26 pessoas se feriram no feriadão de 12 de outubro, já neste final de semana 20 pessoas ficaram feridas. Já o número de vítimas fatais se manteve igual ao do último feriado prolongado, com sete mortes registradas. Cerca de 30 equipes extras da PRF atuaram durante o feriado nas principais estradas federais do Rio Grande do Norte. A fiscalização será priorizada nas seguintes rodovias: BR 101 Norte, BR 226 (liga Natal a região Seridó), BR 304 (liga Natal ao Estado do Ceará, passando por Mossoró) e BR 406 (liga Natal a Macau). Todas são rodovias de grande fluxo e de pista simples. Em todo o Brasil, Foram mais de 45 mil motoristas autuados por excesso de velocidade e quase 25 mil multados por outras irregularidades, como falta de uso do cinto de segurança, dirigir pelo acostamento, embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas.

divulgaçao

PRF fez monitoramento constante durante o feriadão - arquivo TNA Polícia Rodoviária Federal encerrou na madrugada de hoje (3) a Operação Finados 2015. No balanço divulgado nesta manhã, foi registrado o mesmo número de mortes nas rodovias federais do RN se comparado com o último feriado de 12 de outubro. De sexta feira (30) até ontem (2), foram registrados 27 acidentes, 20 feridos e sete mortes. Na operação Nossa senhora Aparecida foram registrados 25 acidentes, 29 feridos e sete mortes. Nos acidentes com mortes predominou a imprudência dos motoristas. Na BR 226 ocorreram três mortes, sendo duas motivadas por uma conversão indevida à esquerda, na cidade de Bom Jesus e uma por atropelamento, na cidade de Santa Cruz. No acidente de Bom Jesus, constatou-se que o condutor do veículo que fez a conversão indevida não era habilitado. Duas pessoas morreram na BR 101, sendo uma na viaduto de Parnamirim, por transitar em motocicleta pela contramão, e outra na Av. Tomaz Landim, em Igapó, em uma colisão envolvendo uma bicicleta e um caminhão. Outras duas pessoas morreram na BR 304, sendo uma em Mossoró, em decorrência de um capotamento e outra na reta Tabajara, em Macaíba, também por invasão de contramão.

FISCALIZAÇÃO

Durante toda a operação, foram fiscalizados 1.073 veículos e 1.121 pessoas. Foram registradas 1.097 imagens de radar flagrando veículos com excesso de velocidade. Também foram lavrados 196 autos por infrações diversas. Dos 312 motoristas submetidos ao teste de bafômetro, sete foram autuados por dirigirem sob influência de álcool.

No combate a criminalidade, seis pessoas foram presas por crimes diversos. Três foram presas por embriaguez ao volante, uma por mandado de prisão em aberto, uma por conduzir veículo com queixa de roubo e outra pela prática de furto.

Durante a operação oito animais de grande porte foram apreendidos nas rodovias federais do RN.

BRASIL

No país, foram mais de 45 mil motoristas autuados por excesso de velocidade e quase 25 mil multados por outras irregularidades, como falta de uso do cinto de segurança, dirigir pelo acostamento, embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas.

Segundo os dados da PRF, 104.540 pessoas foram fiscalizadas; 32.198 testes de bafômetro foram realizados; 805 motoristas foram flagrados dirigindo após ingerir bebida alcoólica, dos quais 107, além de autuados, foram presos e encaminhados à delegacia.

A Polícia Rodoviária registrou 1.141 ocorrências de acidentes de trânsito: 690 foram graves, com 1.066 pessoas feridas e 84 mortes.

Apesar do aumento do rigor na penalidade para quem faz ultrapassagens irregulares, mais de 4 mil motoristas foram flagrados e autuados cometendo este tipo de infração, número considerado elevado pela PRF.

No ano passado, o Dia de Finados foi um domingo e, portanto, não houve feriado prolongado. Desta forma, a PRF afirmou que não é possível fazer uma comparação direta com os dados de 2014.

Diga não a violência - www.aracatuba.sp.gov.br

PRF teve trabalho na BR-101, durante manifestação contra fechamento da Festa do Boi - foto Magnus NascimentoO feriado prolongado do dia de Nossa Senhora Aparecida foi violento nas rodovias federais que cruzam o Rio Grande do Norte. Entre a sexta-feira (9) e ontem (12), foram registrados 23 acidentes, com 26 pessoas feridas e sete mortos. Polícia Rodoviária Federal prendeu oito pessoas. A maior parte das mortes ocorreu na BR-304, que liga Natal a Mossoró. Duas pessoas morreram, entre elas um turista alemão, em uma colisão frontal, em Mossoró. O Ford Ka em que estavam as vítimas bateu de frente ao mudar de faixa para evitar o choque com um Corolla que fazia ultrapassagem em local proibido. Na manobra, o Ka atingiu um Siena e dois dos três ocupantes do Ford morreram. Ainda na BR-304, uma pessoa morreu atropelada em Santa Maria, outra morreu em uma queda de moto no município de Lajes, e a quinta vítima da BR-304 morreu em outra colisão frontal, dessa vez na ponte de Assu. Os outros dois óbitos ocorreram em Patu e Acari. Na BR-226, três adolescentes em uma motocicleta caíram do veículo quando saíam de uma festa e uma jovem de 17 anos morreu. Já em Acari, na BR-427, um motociclista morreu ao bater de frente com um Ecosport quando mudou de faixa. “Infelizmente, todas as mortes foram decorrentes de atos imprudentes dos condutores e até mesmo de pedestres. É preciso cuidar da própria vida e da vida das outras pessoas”, disse o inspetor Roberto Cabral, da PRF.

Prisões

Ainda durante o feriado, a PRF realizou 700 testes do bafômetro e autuou 24 motoristas por embriaguez no trânsito. Quatro foram presos. Ontem, durante a manifestação devido ao fechamento da Festa do Boi, mais quatro pessoas foram presas. Destas, duas pessoas foram detidas por desacato e agressões a policiais, quando jogaram pedras e grades nos inspetores que organizavam o fluxo na BR-101. No mesmo local, outra pessoa foi presa por conduzir sob efeito de álcool uma motocicleta. Após ser submetido ao teste de bafômetro, foi constatado o teor alcoólico de 1,06 mg/l, o que corresponde a mais de 20 vezes o limite permitido. Ainda na BR-101, a PRF prendeu, em frente ao Parque Aristófanes Fernandes, um servente de pedreiro de 40 anos que tinha um mandado de prisão em aberto por prática de estupro. O homem tinha condenação a 7 anos e 6 meses de prisão e foi detido ao ameaçar um vendedor ambulante.

ANUNCIO KALANGO OUTUBRO

Fernando Freire ficará em cela separada em Apodi arquivo DNO ex-governador Fernando Freire não será transferido para a penitenciária estadual de Alcaçuz. Na manhã desta quarta-feira (7), a Coordenação da Administração Penitenciária (Coape) conseguiu a autorização para levar o ex-governador para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi, na região Oeste do estado. O motivo alegado pela Coape é a segurança de Freire. Devido à morte de um preso na manhã de ontem (6) em Alcaçuz, a Coape justificou que situação ainda está indefinida e não se sabe o que poderá acontecer na unidade nos próximos dias. Por isso, para não haver outro fato atípico na unidade, com a chegada de um ex-governador, eles decidiram levar Fernando Freire para Apodi. “A nossa avaliação, devido aos últimos acontecimentos em Alcaçuz, é que o momento não reflete segurança. Nosso pensamento é somente quanto à segurança. Ele é uma figura pública custodiá-lo em um local como Alcaçuz, que ainda veremos o que pode acontecer durante as próximas horas, seria mais um complicador para a gente”, explicou o coordenador da Administração Penitenciária, Durval Franco.

O motivo da escolha de Apodi é que a unidade é considerada tranquila e tem estrutura nova. Lá, Fernando Freire permanecerá em cela separada dos demais detentos da unidade.
“Como é um caso atípico, uma situação nova, de muita repercussão, achamos prudente que se coloque em local separado com os outros. É praxe esse tipo de isolamento no primeiro momento. No decorrer da pena ele deverá ser integrado à comunidade prisional”, disse Durval Franco.
A Polícia Militar levará o ex-governador para Apodi. Ainda não está definido o momento em que ele será transferido. De acordo com a PM, a transferência depende de comunicado formal por parte da Coape e da Secretaria de Segurança.

divulgaçao

O vereador Alexandrino Suassuna Barreto Filho, de 47 anos, foi executado com 12 tiros na noite deste domingo (20). Xanxan, como era conhecido o parlamentar, foi abordado por criminosos quando chegava a uma churrascaria no município. Ninguém foi preso.

No momento do crime, o vereador estava sozinho, chegando à churrascaria do Gordim, em Patu. Depois de desembarcar do carro, o vereador foi abordado por um grupo de bandidos, que o cercaram e efetuaram os disparos de revólver e pistola. Ao todo, 12 tiros atingiram Xanxan.

Após o homicídio, a Polícia Militar foi acionada e isolou a área, enquanto peritos do Itep analisaram a cena do crime. Em seguida, o corpo de Xanxan Suassuna foi levado para o Itep de Mossoró.

Histórico

Entre 2000 e 2014, quatro familiares de Alexandre Suassuna Barreto Filho foram assassinados na região Oeste do estado. Um dos mortos foi o irmão de Xanxan, Paulo Henrique Suassuna Barreto, que foi executado no ano passado, também em Patu.

O vereador também respondia por homicídio. Ele teria encomendado a morte de uma pessoa em 2000 e foi condenado pela Justiça. No entanto, permanecia em liberdade durante os recursos.

divulgaçao

Após motim no Pereirão, em Caicó, detentos foram transferidos para o PAvilhão 5 de Alcaçuz, em Nísia Floresta; unidade ficou destruída - foto divulgaçãoA Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc) concluiu a transferência de presos que teve início durante a noite desta terça-feira (25), entre a Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, em Caicó, e o Presídio Doutor Rogério Coutinho Madruga, o Pavilhão 5 de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Ao todo, 163 detentos foram transportados entre as unidades após conflitos de facções criminosas dentro das unidades, que já resultaram na morte de pelo menos seis presos no sistema prisional potiguar. As transferências tiveram início durante a madrugada. Primeiro foram levados 71 presos do Pereirão para o Pavilhão 5. Já durante a madrugada desta quarta-feira (26), 92 detentos fizeram o caminho oposto, partindo do presídio de Nísia Floresta para o de Caicó. A transferência teve apoio de homens da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Federal e do helicóptero Potiguar 1, da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN (Sesed-RN). A movimentação, inclusive, chamou a atenção da população, que foi às redes sociais questionar o que estava ocorrendo.

Segundo Durval Franco, coordenador de Administração Penitenciária (Coape), as transferências vão continuar em Natal e até em Mossoró “conforme as necessidades e as situações de cada presídio”. Ele não quis detalhar como estão sendo feitas essas operações por questão de segurança, garantindo a integridade física dos presos, dos agentes penitenciários e policiais militares envolvidos nesse remanejamento.

Até agora, a Sejuc não informou em quanto ficará a população carcerária do Pavilhão 5, que até ontem contava com 465 apenados e aparecia como o terceiro maior presídio em número de presos, atrás da somente da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde estão 922 presos, e da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), que tem 581.

Além das transferências, o titular da Sejuc, Edílson França, informou durante entrevista à InterTV Cabugi que está em análise uma reformulação dentro das unidades sobre a divisão dos locais onde estão custodiados os presos. O secretário não detalhou como será essa reorganização.

Star

 

www.scriptsell.net