All posts under: Educação

Crédito: Jair Sampaio

O Ministério da Educação liberou R$ 6,9 milhões em recursos financeiros para a educação superior e o ensino técnico no Rio Grande do Norte, na quinta-feira, 14. A verba será destinada à manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IF Rio Grande do Norte).

“Com essa liberação, o MEC reafirma seu compromisso com os estudantes, docentes e técnicos das instituições federais vinculadas à pasta, garantindo os recursos financeiros necessários para o pagamento dos compromissos relativos ao custeio e investimento da educação superior, profissional e tecnológica no país”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.

No caso da UFRN, o total de recursos foi de R$ 3,8 milhões. A Ufersa, por sua vez, recebeu R$ 366,9 mil e o IF Rio Grande do Norte, R$ 2,6 milhões. Desde o início do ano, o MEC repassou R$ 299,8 milhões para essas instituições, beneficiando a educação superior e técnica do estado do Rio Grande do Norte.

Nacionalmente, o montante liberado pelo Ministério da Educação chega a R$ 7,48 bilhões ao longo deste ano para as instituições federais vinculadas à pasta, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais, do Instituto Nacional de Surdos, do Instituto Benjamin Constant e da Fundação Joaquim Nabuco.

Crédito da foto: Divulgação Jornal de Fato

Os professores contratados e estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) desocuparam o pátio da Reitoria na manhã desta quarta-feira, 6. Eles estavam no local desde a noite da última quinta-feira, 30. As informações são da assessoria de comunicação da Associação dos Docentes da UERN (UERN).

Antes da desocupação, eles realizaram um ato público reunindo representantes de entidades e setores da sociedade. Durante o ato

Em ato público, estudantes e professores realizam desocupação da Reitoria público foram realizadas denúncias à postura da administração da universidade, que suspendeu e não renovará o contrato de mais de 100 professores e professoras provisórios, demitidos em meio à greve da categoria.

“A reitoria quebrou um acordo que fez conosco em uma reunião que durou uma manhã inteira e se negou a reverter uma decisão, que foi um erro da própria Reitoria e que resultou na demissão de 119 professores e professoras. Esta ocupação foi muito importante para todos nós, pois chamou a atenção de toda a sociedade sobre o que está acontecendo na UERN, com os trabalhadores e trabalhadoras desta universidade. Esperamos que nossa luta, nosso grito, possa ser ouvido por toda a sociedade potiguar”, destacou o professor substituto Fernando Domingos.

De acordo com os docentes provisórios, inicialmente seriam renovados imediatamente 28 contratos de professores e professoras. No decorrer das negociações com a Reitoria o assunto foi sendo omitido pela administração, o que não dá segurança ao segmento de que estes contratos também não serão rescindidos. Os manifestantes exigem que estes contratos, que foram realizados entre julho e agosto de 2017, sejam mantidos conforme acordo firmado com a Reitoria.

Os manifestantes também não pouparam críticas ao Governo do Estado, que desde janeiro de 2016 atrasa o pagamento dos salários dos servidores públicos do estado e que até o momento ainda não apresentou um calendário de pagamento que respeito o funcionalismo público do Rio Grande do Norte.

O vigário geral da Diocese de Mossoró, Padre Flávio Augusto, esteve presente no ato público e registrou o apoio da Igreja Católica á luta dos trabalhadores e trabalhadoras da UERN. Ele reiterou a nota lançada ontem pelos Bispos católicos, que exige o pagamento dos salários em dia.

“A posição da Igreja Católica é sempre clara em relação à universidade. Desde o princípio fazemos parte da história da UERN, e ontem, através de nossa nota, reafirmamos isso. Para nós, a UERN tem de ser sempre pública, gratuita e de qualidade. Qualquer governador ou governo que vier, faça o que quiser, mas esta será nossa defesa incondicional”, afirmou o religioso.

Ascom-Reitoria/UFRN – Wilson Galvão, Marina Gadelha, Williane Silva e Cícero Oliveira

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu a visita do prefeito do município de Caicó-RN, Robson Araújo, na manhã desta quinta-feira, 30, para discutir parcerias com intuito de melhorar o serviço de saúde pública e a formação acadêmica dos alunos da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte (EMCM).
O reitor em exercício, José Daniel Diniz Melo, lembrou que a UFRN tem parcerias importantes com o município de Caicó e enfatizou que é primordial manter o diálogo, para melhorar e intensificar as ações porque a Universidade tem compromisso com a interiorização do ensino superior público e de qualidade.
No encontro, o diretor da EMCM, George Dantas de Azevedo, apresentou as principais demandas ao prefeito Robson Araújo e à secretária Municipal de Saúde de Caicó, Sandra Pereira Brilhante, que correspondem à instalação do mamógrafo, à contratualização de consultas e à oferta de residências no município.
Participaram ainda da reunião a chefe de Gabinete da Reitoria, Célia Ribeiro, os pró-reitores de Planejamento, João Emanuel Evangelista de Oliveira e Jorge Dantas de Melo, acompanhado de assessores; e o Ouvidor da UFRN Joseleno Marques.

Wilson Galvão – ASCOM – Reitoria/UFRN – Fotos: Cícero Oliveira
O Ministério de Ensino Superior de Cuba convidou a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Maria Paiva Cruz, como uma das vozes do país para falar, durante a 11º edição do Congresso Internacional de Educação Superior “Universidad 2018”, sobre os objetivos para o Desenvolvimento Sustentável na Agenda 2030, fixados pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015.
O evento acontece em Havana, entre os dias 12 a 16 de fevereiro de 2018, no Palácio das Convenções de Havana, com o lema “A Universidade e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”. O convite foi feito na manhã desta segunda-feira, 27, durante reunião da reitora com Aurora Fernandes González, vice-ministra de Educação Superior de Cuba.  Ângela Paiva representa a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) na Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, criada pelo Governo Federal para acompanhar, internalizar, interiorizar e difundir a execução da Agenda. Um dos objetivos para o Desenvolvimento Sustentável presentes no documento da ONU trata especificamente da Educação de Qualidade.
Destacando que o Congresso é reconhecido no âmbito acadêmico e que sempre suscitou um debate reflexivo desde seu início, a reitora confirmou participação no evento. Ela aproveitou a oportunidade para explicar a situação acadêmica da Universidade, destacando que, apesar dos cortes financeiros, a UFRN tem tido a comemorar, como foi o caso do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Engenharia de Materiais, primeiro no estado a alcançar conceito 7, o que significa nível internacional de excelência.
Também estiveram presentes o secretário de Relações Internacionais e Interinstitucionais, Márcio Venício Barbosa, e o diretor da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM), George Dantas de Azevedo. Este último salientou que a EMCM pretende enviar uma equipe de professores para expor, no congresso, a proposta pedagógica adotada na Escola. Para ele, o objetivo desta ação é “apresentar e compartilhar experiências em um país referência no ensino médico”.

O Departamento de Letras do CERES recebe até esta segunda-feira, 27, as inscrições para o Curso de Especialização em Libras. Os interessados podem fazer a inscrição on-line através do endereço HTTP://sigaa.ufrn.br, através do caminho processo seletivo, processos seletivos Lato Sensu. Neste mesmo endereço, o candidato tem acesso ao edital completo.

Serão oferecidas duas turmas, uma em Natal e outra em Currais Novos, ambas com 50 vagas. O investimento consta de Taxa de matrícula, no valor de cem reais, além de 18 parcelas de R$ 250,00. As aulas iniciam no dia 02 de dezembro de 2017, com freqüência quinzenal, nos períodos vespertino e matutino, e a especialização tem previsão de término para junho de 2019. ASCOM – Reitoria/UFRN

Credito: Wilson Galvão, Marina Gadelha, Williane Silva e Cícero Oliveira

O projeto “Olhos da Ribeira” está entre os finalistas da primeira edição nacional do UrbanLab, iniciativa vinculada ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e que tem como objetivo encontrar soluções criativas e ideias inovadoras para problemas urbanos encontrados na América Latina e no Caribe. O resultado será conhecido no dia 30 de novembro, em Washington, nos Estados Unidos, sede do BID.
O projeto foi desenvolvido no curso de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sob a coordenação de Ruth Maria da Costa Ataíde, junto com os estudantes Marcela Lorena Farkat Scheer, Dmetryus Targino Marques de Souza, Nicholas Saraiva Martino e Mariah Oliveira Holder da Silva. Eles terão a concorrência de grupos da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de São Paulo (USP).
O objetivo da premiação é desenvolver um projeto urbanístico, social e patrimonial de caráter integral, multissetorial, inovador e sustentável, para um polígono de intervenção no histórico bairro da Ribeira. Os vencedores trabalharão, entre fevereiro e março de 2018, com técnicos locais, Prefeitura do Natal, especialistas do BID, do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal na aplicação do projeto no bairro da Ribeira.
Ao todo, esta primeira edição nacional do UrbanLab recebeu na primeira fase 40 propostas de 31 universidades do país. A equipe vencedora receberá a quantia de cinco mil dólares e os projetos apresentados no concurso receberão certificados de reconhecimento, ficando em exposição temporária na sede do BID em Washington, D.C.
BID UrbanLab
O BID UrbanLab é um concurso universitário destinado a buscar soluções criativas e ideias inovadoras para os problemas urbanos da América Latina e do Caribe (ALC), em parceria com estudantes, professores universitários e jovens profissionais. Seu objetivo é atuar como incubadora de talentos jovens em questões urbanas, a partir de uma rede de trabalho com universidades; fechar a lacuna entre os jovens e o mercado de trabalho; e promover um espaço participativo para a discussão dos paradigmas da disciplina. Após o sucesso das duas primeiras edições internacionais do concurso – em 2015, no bairro de Curundú, Panamá e em 2016 na cidade de Santa Marta, Colômbia– uma terceira edição, em parceria com a Província de Mendoza, Argentina, está em curso em 2017. Outras informações sobre o concurso podem ser obtidas através do portal http://convocatorias.iadb.org/pt/urbanlab-brasil/inicio-urbanlab-brasil.

O Conselho de Administração (Consad) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou o Calendário Universitário de 2018 durante a quarta sessão ordinária de 2017, no último dia 16 de novembro. As datas estão disciplinadas na resolução 063/17 do Consad, cujo teor pode ser acessado no Portal da UFRN, menu “institucional”, “documentos”, “colegiados superiores”.
Uma das novidades do calendário aprovado é a mudança de data da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC), que tradicionalmente acontece no mês de outubro e que em 2018 ocorrerá no período de 27 a 29 de junho, integrando a programação alusiva aos 60 anos da UFRN.

ASCOM – Reitoria/UFRN

A Rede Estadual de Ensino do RN prepara-se para o início do período de matrículas do ano letivo de 2018. As escolas estaduais iniciaram, no último dia 20, a atualização da oferta de vagas que serão disponibilizadas pela Secretaria de Educação do RN. O próximo ano letivo inicia-se no dia 19 de fevereiro de 2018.

A coordenadora da Central de Matrículas da SEEC, Ana Paula Oliveira, destaca que a informatização da matrícula por meio do Sistema Integração de Gestão da Educação contribui para a normalidade do processo de solicitação de vagas. “Tudo está sendo feito para que a tranquilidade de outros anos seja repetida, assegurando a vaga dos nossos estudantes”.

Auxiliando os pais, as secretarias das escolas e os próprios alunos foi montada uma central de matrículas, localizada na sede da Secretaria de Educação do RN, para dar suporte durante o processo de solicitação de vagas. “Qualquer dúvida que surja durante as matrículas pode ser encaminhada para a SEEC. Nosso atendimento é das das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. No interior do estado, as pessoas podem buscar as sedes das Diretorias Regionais de Educação para pedir auxílio”, explicou Ana Paula.

O primeiro grupo de alunos a se matricular será os estudantes com necessidades educacionais especiais (NEE). Eles poderão fazer sua matrícula a partir do dia 1º de novembro no portal do SIGEduc. Uma vez realizada a inscrição, o responsável pela terá cinco dias úteis para realizar a efetivação da matrícula junto a escola, portando toda a documentação do aluno.

Em 1º de dezembro inicia o prazo para a transferência automática dos estudantes. Os alunos da rede estadual de ensino que buscarem transferência para outra unidade da própria rede deve comparecer na secretaria da escola, no período de 1º de dezembro de 2017 até o dia 12 de janeiro de 2018. O mesmo prazo vale para as transferências dos alunos oriundos da rede municipal para a estadual de ensino. Os estudantes que por motivo pessoal desejem ser transferidos devem buscar a sua escola no período de 26 de dezembro até o dia final das demais transferências, dia 12/01/18.

A etapa seguinte do processo de matrículas 2018 será a renovação dos alunos veteranos. A própria escola fará a solicitação no sistema, no período que inicia em 26 de dezembro e segue até 16 de janeiro de 2018.

A publicação do resultado das vagas concedidas e efetivação das solicitações de transferências será publicado no SIGEduc no dia 17 de janeiro e o responsável terá até o dia 24 do mesmo mês para levar toda documentação do aluno e efetivar a vaga.

A solicitação de vagas para estudantes que desejem ingressar na rede estadual de ensino começa em 26 de janeiro. Os responsáveis deverão acessar o SIGEduc, preencher a solicitação de matrícula de acordo com a disponibilidade das vagas remanescentes e buscar a escola escolhida, em no máximo cinco dias, para efetivação da matrícula. A oferta de novas vagas seguirá até o dia 9 de fevereiro de 2018.

Matrícula antecipada para NEE

No próximo dia 1º de novembro será lançada, dentro do VI Seminário para Gestores da Rede Escolar Estadual, a matrícula antecipada para estudantes com necessidades educacionais especiais. “Esse período para a matrícula reforça o compromisso ético e social que nós devemos ter para assegurar a todos o direto à educação. Obtendo o número de estudantes com NEEs, a escola terá mais tempo para organizar sua proposta pedagógica para atender este aluno”, destacou o subcoordenador de educação especial, Jorian Medeiros.

Serviço:

Período de matrículas para alunos da rede estadual de ensino

Matrículas dos alunos com necessidades especiais – 1 a 30/11 2017.
Transferência automática – 1/12/17 a 12/01/18.
Transferência por motivo pessoal – 26/12/17 a 12/01/18
Renovação para alunos veteranos – 26/12/17 a 16/01/18.
Matrículas para novos estudantes – 26/01/2018 a 09/02/2018.

SEEC/ASSECOM

Crédito da foto: Divulgação/Ufersas

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou no último sábado, 18, a planilha final do seu último Exame e com boas notícias para os cursos de Direito das universidades públicas em Mossoró.

O curso de Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) ficou na 1ª colocação. Segundo a OAB, a Ufersa foi a instituição de ensino superior brasileira com curso de Direito que mais aprovou alunos no XXIII Exame.

De acordo com o relatório, a instituição conseguiu aprovar 16 dos 18 inscritos no Exame, o que dá um índice de aprovação de 88,89% de aprovação. A segunda colocada deste ranking, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste, teve 80% de aprovação, o que mostra que a Universidade do Semi-Árido ficou isolada dessa vez no topo da lista.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN (com 65,38% de aprovação) apareceu na décima posição do ranking. Com esse resultado, os cursos de Direito das duas Universidades públicas de Mossoró estão entre os dez melhores do país.

Com índice de aprovação, a UERN foi a instituição estadual com melhor desempenho no Nordeste. Apenas duas universidades estaduais (UERN e UERJ) configuram no ranking da OAB.

O índice de aprovação do curso de Direito da UERN ficou bem acima da média nacional.

Ao todo, 123.107 alunos se inscreveram para este Exame da Ordem em todo o país e, no final, apenas 20.451 conseguiram aprovação, ou seja, 16,6% dos inscritos. No último Exame da OAB, a Ufersa ficou empatada tecnicamente com a Universidade Federal de Viçosa com 84% de aprovação.

Esses excelentes resultados no quadro da OAB, vêm despertando o interesse de alunos de todo o país pelo curso de Direito da Ufersa e chamando a atenção de pesquisadores de outras regiões.

Crédito da imagem: Anote RN

O Departamento de Letras do CERES reabriu na última terça-feira, 14, as inscrições para o Curso de Especialização em Libras. Os interessados tem agora até o próximo dia 27 de novembro para fazer a inscrição on-line através do endereço HTTP://sigaa.ufrn.br, através do caminho processo seletivo, processos seletivos Lato Sensu. Neste mesmo endereço, o candidato tem acesso ao edital completo.

Serão oferecidas duas turmas, uma em Natal e outra em Currais Novos, ambas com 50 vagas. O investimento consta de Taxa de matrícula, no valor de cem reais, além de 18 parcelas de R$ 250,00. As aulas iniciam no dia 02 de dezembro de 2017, com freqüência quinzenal, nos períodos vespertino e matutino, e a especialização tem previsão de término para junho de 2019.

ASCOM – Reitoria/UFRN

Desde a última sexta-feira (10), os pais de alunos da Rede Estadual de Educação podem acompanhar o desenvolvimento escolar dos estudantes através de aplicativo. O SIGEduc Familiar, desenvolvido pela equipe do Grupo de Processamento de Dados da Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN,  disponibiliza para os pais dados como notas, frequências e disciplinas ministradas em sala de aula durante o ano letivo nas escolas.

O SIGEduc é uma ferramenta de acesso dos alunos, e agora, dos pais. Cada estudante, assim como os pais, receberam um usuário e senha para acessar o canal de informação. Todos os estudantes da rede já possuem acesso ao programa, implantado no ano de 2014, por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação, da Secretaria Estadual de Educação e Cultura.

O aplicativo permite a informatização cada vez mais avançada do sistema de educação e pretende expandir o benefício da ferramenta nos próximos anos. “Essa é uma iniciativa de grande importância para os pais, alunos e também para a secretaria. Antes essa tecnologia só era presente em escolas particulares, hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço”, destacou Ana Paula Oliveira, coordenadora do Grupo de Processamento de Dados, da SEEC.

Para Claúdia Lima, mãe de Iara que cursa o primeiro no do ensino médio,o aplicativo contribui para a aproximação dos pais com a escola.  “Agora vou conseguir acompanhar mais de perto as atividades da escola como o  o boletim e poder ajuda-la a recuperar alguma nota se for preciso. Consigo também acompanhar se ela está em sala de aula e isso me dá mais segurança”, declarou.

O aplicativo encontra-se disponível na Google Play e pode ser baixado por todos os pais de alunos da Rede Pública. Para instalar, basta conectar o celular à internet e baixar o aplicativo. A partir daí o usuário já terá acesso as informações disponibilizadas pela ferramenta.

ASSECOM/RN

A Secretaria da Educação do RN contribui para o ensino com o projeto de cordeltecas nas escolas da rede estadual e no dia 20 deste mês inaugura mais um importante espaço para o cordel. A Escola Estadual Capitão Mor Galvão, em Currais Novos, ganha sua cordelteca em evento com a presença dos cordelistas Antonio Francisco e Kildemir Dantas.

O projeto de Cordeltecas, desenvolvido no âmbito da SEEC por meio da Subcoordenadoria de Ensino Médio e da Subcoordenadoria de Ensino Fundamental, tem financiamento de R$ 2 mil para as 110 escolas que organizaram as suas cordeltecas neste ano de 2017. A expectativa é de que essa importante ferramenta de leitura chegue as 610 escolas da rede estadual já em 2018.

Entre as ações do projeto, que leva o saber popular para o âmbito da escola, estão a realização de oficinas de cordel, publicação e lançamento de novas obras de cordelistas (entre alunos, professores e pessoas da comunidade), e ter a participação de cordelistas de reconhecido valor literário para proferir palestras à estudantes e professores.

A professora Geralda Efigênia, subcoordenadora de Ensino Médio, também cordelista, exprime em versos a presença do projeto nas escolas: “Esse projeto deu certo/As escolas aceitaram/Os cordéis já produzidos/ Nos tocaram e encantaram/Cada um mais bem escrito/Os estudantes mostraram/Cabe agora aos professores/E diretores de escolas/Junto aos seus coordenadores/Com seus pupilos, as molas,/Para um bom aprendizado/Trazer o verso rimado”.

O cordel tem também significativa importância no desenvolvimento de fundamentais competências para o desenvolvimento escolar do aluno contribuindo no interesse pela leitura, pela escrita, e ampliando a perspectiva de visão de mundo. Por representar uma atividade sempre agradável e livre para o alunado, o Cordel tem a condição de oportunizar momentos de satisfação e de protagonismo tendo como base a cultura do povo.

O projeto de Cordeltecas já está presente na Escola Estadual Padre Miguelinho (Natal), Escola Estadual Maurício Freire (São Paulo do Potengi), Escola Estadual Querubina Silveira (Cerro Corá), Escola Estadual Angelita Félix Bezerra (Lagoa Nova), Escola Estadual José Fernandes Machado (Natal), Escola Estadual Dr. José Gonçalves de Medeiros (Acari), Escola Estadual Sebastião Gurgel (Caraúbas).

ASSECOM/RN

Com vistas a buscar uma solução para viabilizar a realização do processo seletivo para contratação emergencial de profissionais para a Saúde do Rio Grande do Norte ocorrerá na próxima quinta-feira (16), uma reunião entre o secretário de estado da Saúde Pública, George Antunes, o governador Robinson Faria, a equipe de Governo, representantes do Ministério Público Federal e Estadual e do Tribunal de Contas.

O anúncio da redução do orçamento para a Saúde de R$ 18 para 3 milhões inviabilizaria o processo seletivo previsto.  “Acredito no bom senso do governador e zelo para com a população do Rio Grande do Norte”, afirmou George Antunes, que tem uma perspectiva positiva com relação aos resultados da reunião.

Segundo o secretário, a Saúde do estado apresenta um déficit de 3 mil profissionais, devido ao grande número de aposentadorias e ausência de um Concurso Público desde 2010. “Apenas em 2017, 1.300 servidores se aposentaram, afirmou em entrevista ao jornal Tribuna do Norte nesta segunda-feira (13).

George Antunes explica que o deficit de profissionais só pode ser revertido por meio do processo seletivo planejado, uma recomendação do Ministério Público e que terá como foco médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Além disso, o secretário chamou a atenção para a importância de se articular com outras pastas e para a percepção da Saúde de forma diferenciada das demais, reconhecendo seu papel fundamental.

De acordo com George Antunes, no que diz respeito ao abastecimento de insumos e aquisição de equipamentos, a Saúde do estado encontra-se numa situação satisfatória. Dos R$ 150 milhões obtidos em função do estado de calamidade da Saúde, R$ 48 milhões foram destinados para os hospitais que possuem autonomia administrativa e financeira, como o Walfredo Gurgel, para aquisição de insumos.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde Pública

Crédito da foto: Divulgação/Aduern

A greve por tempo indeterminado dos professores e professoras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) terá início nesta sexta-feira, 10. Os docentes aprovaram a greve no último dia 31 de outubro.

De acordo com a Associação dos Docentes da UERN (Aduern), a greve representa a indignação da categoria frente ao descaso e desrespeito com que o governo do estado do Rio Grande do Norte tem tratado os servidores públicos e, em especial, os/as professores/as da UERN. Há 20 meses os/as trabalhadores/as do estado vivenciam uma situação de incerteza em relação ao pagamento dos salários e uma condição de precarização do serviço público que afeta grande parte da população do Rio Grande do Norte.

A diretoria da Aduern entregou na manhã da última terça-feira, 7 a pauta de reivindicações de greve da categoria. A equipe administrativa da Reitoria e o Reitor Pedro Fernandes participaram da audiência e debateram os pontos de pauta com a direção do sindicato. A administração central se comprometeu a responder com maior detalhamento, através de um ofício às demandas docentes.

O documento entregue pelo órgão abrange uma série de pautas, que vão das condições de trabalho na universidade à garantia de salários em dia com um prévio calendário de pagamento definido.

Segundo a Associação dos Docentes da UERN (Aduern), a categoria vai fortalecer a Paralisação nacional contra a retirada de direitos. A manifestação terá início às 7 horas, com concentração no Arte da Terra. Os manifestantes sairão em caminhada até a agência da Caixa Econômica, na Av. Coronel Gurgel, 406, no centro da cidade, onde será feito o encerramento.

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DOS DOCENTES DA UERN:

1 – Pagamento em Dia dos Salários Atrasados;

2 – Divulgação de um Calendário de Pagamento;

3 – Acompanhamento e cobrança pela retirada das Mensagens nº 118, 148 e 151, enviadas pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte;

4 – Garantia do Auxílio Saúde para os Ativos e Aposentados;

5 – Regularização do Repasse do Auxílio Saúde a Unimed por parte do Governo do Estado;

6 – Permanência na Folha de Pagamento da UERN dos Professores Aposentados;

7 – Atualização e informação sobre a tramitação do Projeto de Autonomia Financeira;

8 – Cópia para ADUERN do Projeto de Autonomia Financeira encaminhado ao Governo do Estado;

9 – Não suspensão dos contratos e pagamentos aos professores substitutos;

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou a criação de novos programas de pós-graduação em sessão extraordinária na última terça-feira, 31 de outubro. Um deles é destinado ao Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES), para implantação do mestrado acadêmico em História.

Também foram aprovados os mestrados profissionais em Produção de Petróleo e Gás, vinculado ao Centro de Tecnologia (CT), e Segurança Pública, vinculado ao Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA). Já a pós-graduação em Ciências Odontológicas, nas modalidades mestrado e doutorado acadêmico, se dá a partir da fusão dos programas em Patologia Oral e Saúde Coletiva.

A consolidação dos programas ficará condicionada à aprovação da proposta pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, do Ministério da Educação – MEC.

ASCOM – Reitoria/UFRN

Criar um polo tecnológico em Currais Novos a partir da instalação do curso de C&T – Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN é um dos projetos que estão sendo discutidos pela Universidade para o município seridoense, como afirmou o Prefeito Odon Jr nesta segunda-feira (30) após um encontro com reitora da UFRN, Ângela Paiva, durante a 32ª edição do Seminário Motores do Desenvolvimento, que aconteceu no auditório da FIERN em Natal e teve como tema “Impactos da crise hídrica no Rio Grande do Norte”.

O Prefeito Odon Jr disse que a reitora confirmou a finalização de um estudo e projeto elaborado pelo Vice-Reitor, José Daniel, para a criação de um curso de “Ciência e Tecnologia” para o Campus da UFRN em Currais Novos, com perspectiva para a instalação, no futuro, de cursos de engenharias, buscando assim iniciar um fortalecimento de um polo tecnológico em Currais Novos. “Essa é uma luta que venho acompanhando de perto por entender que o crescimento da UFRN em Currais Novos colabora com o fortalecimento da nossa juventude e com o desenvolvimento do nosso município”, disse o Prefeito. O projeto foi apresentado para a direção e professores do Campus Currais Novos e, tendo a confirmação, a proposta é que o curso já esteja disponível no ENEM 2018 e com aulas previstas para início de 2019.

Os interessados em participar do II Congresso Nacional de Inclusão na Educação Superior e Educação Profissional Tecnológica têm até o dia 20 de novembro para realizar as inscrições no evento, que acontece de 28 de novembro a 1º de dezembro no raiamar Hotel, em Natal. Com tema central “Educação Inclusiva e as políticas de acesso e permanência no ensino superior”, o congresso tem entre seus organizadores a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Na programação estão previstas mesas redondas, rodas de conversa, fórum e apresentações de trabalhos, além do I Encontro de Pesquisadores de Educação Especial da Região Nordeste e do I Fórum Nacional de Coordenadores de Núcleos de Acessibilidade.

O evento tem como objetivos debater o cenário atual e as tendências de políticas de educação inclusiva, bem como estabelecer uma avaliação das ações mais recentes na área de inclusão no ensino superior, em uma perspectiva de construir uma discussão, de forma coletiva, da forma como as instituições têm se estruturado para atender essa demanda.
As inscrições, o resultado dos trabalhos aprovados e outras informações sobre o congresso estão disponíveis no endereço https://goo.gl/GwwSNa.

ASCOM – Reitoria/UFRN

Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Aduern) convoca para esta terça-feira, 31, uma assembleia extraordinária. Na pauta, indicativo de greve na UERN. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do órgão.

O documento indica que a primeira chamada ocorrerá às 9h30 horas, com 20% dos sindicalizados. A segunda convocação será as 9h45, com 10% do número de sindicalizados. A terceira e última chamada ocorrerá 10 horas, com qualquer quórum.

Durante o ato público ocorrido no último dia 24, a presidenta da ADUERN, Rivânia Moura, convocou todos os trabalhadores e trabalhadoras do RN à construção de uma greve geral por tempo indeterminado. Ela destacou a importância de um calendário de lutas unificado, que fortaleça a ação de todos os servidores e servidoras do Estado e barre o pacote de maldades que vem sendo implementado por Robinson Faria.

No último dia 1º de setembro, os professores rejeitaram entrar em greve e aprovaram o estado de greve até o final do semestre, que se aproxima. A assembleia foi bastante tensa e durou quase quatro horas.

Na oportunidade, a mesa diretora colocou em votação duas propostas. A primeira era se teria ou não greve. Já a segunda pelo estado de greve. A última proposta foi a mais votada pelos professores que estavam presente ao encontro.

A Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, em parceria com o IEL, continua com inscrições abertas para os cursos de Redação Oficial e Qualidade no Atendimento ao Cidadão no interior do Rio Grande do Norte. As ofertas são para os municípios de Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros. Cada turma com 25 vagas.

Em Mossoró e Pau dos Ferros, ainda há vagas para ambas as capacitações, enquanto que para Caicó apenas Qualidade no Atendimento ao Cidadão segue com inscrições abertas. Os períodos e locais onde serão realizados os cursos podem ser conferidos abaixo:

CAICÓ

Curso de Qualidade no Atendimento ao Cidadão

Período do Curso: 08/11/2017 a 10/11/2017
• Dia 08/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 09/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 10/11 de 8h às 12h
Instrutor: Galvão Freire Neto
Local: SENAI Caicó, Praça Dom José Delgado, S/N – Caicó/RN
Inscrições aqui

PAU DOS FERROS

Curso de Redação Oficial

Período do Curso: 06/11 a 08/11/2017
• Dia 06/11 de 14h às 18h
• Dia 07/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 08/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 09/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 10/11 de 8h às 12h
Instrutor: João Maria Lima
Local: Escritório da FIERN, Rua Quintino Bocaiuva, 281, Centro – Pau dos Ferros/RN
Inscrições aqui

Curso de Qualidade no Atendimento ao Cidadão

Período do Curso: 06/11 a 08/11/2017
• Dia 06/11 de 14h às 18h
• Dia 07/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
• Dia 08/11 de 8h às 12h / 14h às 18h
Instrutor: Flávio Emílio Cavalcanti
Local: Escritório da FIERN, Rua Quintino Bocaiuva, 281, Centro – Pau dos Ferros/RN
Inscrições aqui

MOSSORÓ

Curso de Redação Oficial

Período: 20 a 24/11/17
Horário:08h às 12h / 14h às 18h.
Local: A definir.
Inscrições aqui

Curso de Qualidade no Atendimento ao Cidadão

Período: 20 a 22/11/17
Horário: 08h às 12h / 14h às 18h.
Local: A definir.
Inscrições aqui

Sobre os cursos

O Curso de Redação Oficial traz as técnicas de redação próprias da Administração Pública. Prezando pela impessoalidade e uniformidade, esse tipo de comunicação exige um nível específico de linguagem. O curso também aborda a elaboração de comunicados e normativos oficiais, permitindo entendimento imediato. Além de temas voltados à escrita, como a gramática, o padrão oficial de pronomes de tratamento e outros conteúdos relacionados ao assunto.

O Curso de Qualidade no Atendimento ao Cidadão traz um conteúdo diversificado que ensina como promover o atendimento ao cidadão com mais eficiência e excelência. A capacitação aborda o desenvolvimento de uma cultura organizacional voltada para o cidadão, onde atender bem exige profissionalismo e constante aprimoramento e qualificação. Busca, além da melhoria do atendimento interno e externo, elevar o nível de motivação dos atendentes, destacando seu papel como agente transformador das relações entre o público e a organização.

ASSECOM/RN

Crédito da foto: Arquivo Os convocados devem comparecer nos próximos dez dias aos locais indicados no edital

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira, 25, traz a convocação de 402 profissionais da educação, entre professores e suporte pedagógicos. Eles vão integrar o quadro efetivo do Estado.

Os professores vão atuar nas áreas de língua portuguesa, matemática, física, geografia, química, ciências biológicas e religião. Eles foram convocados para atender as necessidades encaminhadas pelas Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direc).

Os convocados devem comparecer nos próximos dez dias aos locais indicados no edital. Os profissionais poderão entregar os documentos necessários nas Direcs de Natal, Parnamirmim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceará Mirim, Macau, Santa Cruz, Angicos, Currais Novos, Caicó, Assu, Mossoró, Apodi, Umarizal, Pau dos Ferros e João Câmara.

Veja aqui os nomes dos convocados.

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA

Diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo, devidamente registrado por órgão competente.

Documentos Pessoais:

  1. a) Cópia de Cédula de Identidade;
  2. b) Cópia de Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  3. c) Comprovante de residência;
  4. d) Cópia do Título de Eleitor e Declaração de Quitação Eleitoral;
  5. e) Cópia da Certidão de Reservista (sexo masculino);
  6. f) Cópia da CTPS- Carteira de Trabalho e Previdência social (página com fotofrente
  7. e) verso e todas com contrato de trabalho assinado e a seguinte em branco);
  8. g) Cópia do PIS ou PASEP;
  9. h) Cópia de Certidão de Nascimento ou Casamento;
  10. i) Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), habilitando o candidato para o exercício

Do cargo, expedido por junta médica oficial;

  1. j) Número da Conta bancária eAgência em nome doTitular do Contrato (conta do Banco do Brasil);
  2. k) Certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiças estadual e Federal, assim como, pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir Residência nos últimos cinco anos;
  3. l) Cópia da carteira de Inscrição no Conselho Regional de Educação Física (para os Convocados em Educação Física).

Leia o Jornal Impresso