Monthly Archive: outubro 2017

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – está convidando os gestores municipais do RN a participarem da Mobilização Nacional em Brasília em prol dos municípios, no próximo dia 22 de novembro. O evento é organizado pelo movimento municipalista brasileiro, através da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e conta com o apoio das federações de municípios de todos os estados do país.

Com o tema “Não deixe os municípios afundarem”, o movimento pede que os prefeitos entrem em contato com seus parlamentares, os convidando para a mobilização, e possam pressionar para que os presidentes da República, da Câmara e do Senado atendam as reivindicações do movimento e recebam os prefeitos no dia do ato.

As demandas prioritárias a serem trabalhadas junto à Presidência da República são o auxílio financeiro emergencial aos municípios e a atualização dos programas federais. Já na Câmara dos Deputados, o movimento se deterá em questões como precatórios (PEC 212/2016), piso do magistério (PL 3776/2008) e resíduos sólidos (PL 2289/2015). No Senado, os prefeitos e prefeitas que participarem da mobilização estarão lutando em favor das emendas do Fundo de Participação dos Municípios (PEC 61/2015) e do 1% do FPM (PEC 29/2017). A derrubada do veto ao encontro de contas (Veto 30/2017) é pauta comum a ser trabalhada com deputados federais e senadores.

Para o Presidente da FEMURN, Benes Leocádio, a participação dos gestores no movimento é importante, e vai contribuir com o fortalecimento da luta municipalista: “Convidamos a todos os prefeitos e prefeitas que se façam presentes em Brasília, e mobilizem seus parlamentares. Isso é uma luta dos municípios, que busca dar força às cidades, que passam por uma imensa crise financeira. Precisamos sair deste momento de falência das contas públicas, e só conseguiremos isso com união e fortalecimento do municipalismo”, afirmou Benes.

A proposta da Mobilização foi apresentada na última quinta-feira, 26, em reunião realizada na CNM, em Brasília, que contou com a presença de presidentes de entidades municipalistas estaduais e prefeitos municipais. O movimento também abordará o subfinanciamento dos programas federais, a necessidade do novo pacto federativo, obras municipais paralisadas, falta de investimento das prefeituras e queda de repasses federais.

 A CNM disponibilizou em seu website o histórico da crise dos municípios, vídeos institucionais abordando a nova campanha, além de materiais e conteúdos da mobilização. A inscrição para participação da mobilização nacional também deve ser feita através da página da CNM na internet.

www.youtube.com/watch?v=OuEgc9cWDSg

Criar um polo tecnológico em Currais Novos a partir da instalação do curso de C&T – Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN é um dos projetos que estão sendo discutidos pela Universidade para o município seridoense, como afirmou o Prefeito Odon Jr nesta segunda-feira (30) após um encontro com reitora da UFRN, Ângela Paiva, durante a 32ª edição do Seminário Motores do Desenvolvimento, que aconteceu no auditório da FIERN em Natal e teve como tema “Impactos da crise hídrica no Rio Grande do Norte”.

O Prefeito Odon Jr disse que a reitora confirmou a finalização de um estudo e projeto elaborado pelo Vice-Reitor, José Daniel, para a criação de um curso de “Ciência e Tecnologia” para o Campus da UFRN em Currais Novos, com perspectiva para a instalação, no futuro, de cursos de engenharias, buscando assim iniciar um fortalecimento de um polo tecnológico em Currais Novos. “Essa é uma luta que venho acompanhando de perto por entender que o crescimento da UFRN em Currais Novos colabora com o fortalecimento da nossa juventude e com o desenvolvimento do nosso município”, disse o Prefeito. O projeto foi apresentado para a direção e professores do Campus Currais Novos e, tendo a confirmação, a proposta é que o curso já esteja disponível no ENEM 2018 e com aulas previstas para início de 2019.

Crédito da Foto:  João Gilberto

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), solicitou a diretora-geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER/RN), Cátia Lopes, a construção de barragens submersas nos municípios de Angicos, Pedro Avelino, Carnaubais, Paraú, Campo Grande, Itajá, Triunfo Potiguar e Assu.

“O pleito tem como objetivo diminuir os efeitos da seca no Rio Grande do Norte. Estamos ultrapassando o sexto ano seguido de seca. Conviver com a estiagem é aspecto fundamental para o sertanejo. As barragens submersas são uma estratégia de contenção da água de chuva, de modo que possibilita ao homem do campo reter a água da chuva no seu terreno por mais tempo evitando o não aproveitamento do período chuvoso”, explica Ezequiel Ferreira.

Para o deputado, que também preside o Comitê de Ações de Combate a Seca na Assembleia Legislativa, com a possibilidade de uma melhoria nas chuvas para o próximo ano torna-se de fundamental importância a construção de barragens submersas.

Essas barragens têm tecnologia milenar aperfeiçoada pela EMBRAPA, capazes de diminuir os impactos causados pela falta de chuva, uma vez que se trata de um sistema de captação e armazenamento da água da chuva para produção de alimentos por meio da retenção da água que escoa em cima e dentro do solo, vazante artificial temporária na qual o terreno permanece úmido por um período de dois a cinco meses após a época chuvosa, permitindo a plantação mesmo em época de estiagem.

As populações das Zonas Rurais dos municípios em questão vêm enfrentando diariamente dificuldades provenientes pela falta d’água. Desse modo, torna-se necessário que sejam construídas barragens submersas nos municípios de Angicos, Pedro Avelino, Carnaubais, Paraú, Campo Grande, Itajá, Triunfo Potiguar e Assu. “Portanto, solicito ao Governo do Estado, através da EMATER, que execute a construção das barragens subterrâneas, visando resolver o abastecimento d’água da Zona Rural dos municípios supracitados”, disse.


O município de Jardim do Seridó, cidade de 12.500 habitantes na região Seridó do Rio Grande do Norte, está em situação de colapso no abastecimento de água. O sistema operado pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) teve que ser desligado, por não ser mais viável captar água no Açude Zangarelhos, sistema alternativo que vinha abastecendo a cidade. Antes, Jardim do Seridó recebia água da barragem Passagem das Traíras, que secou.

A prefeitura da cidade, junto com a Defesa Civil, deve tomar as providências para viabilizar o abastecimento da população.

Com a entrada de Jardim do Seridó, agora são 17 cidades potiguares em situação de colapso, sendo cinco na região Seridó e 12 no Alto Oeste. Outras 76 cidades são abastecidas em sistema de rodízio.

Redação – ACS Caern

O Prefeito de Currais Novos, Odon Jr, sancionou a Lei 3.340 de 04 de Outubro de 2017 que institui o “Dia Municipal do Evangélico” no calendário de eventos oficiais do município. O projeto de lei 018/2017 é de autoria do vereador Sebastião Cabral de Lima. De acordo com a lei, neste dia 31 de outubro as igrejas cristãs evangélicas promoverão atividades com a finalidade de expandir e se comemorar a referida data.

Hoje, 31 de outubro, é celebrado os 500 anos da Reforma Protestante que aconteceu em 1517 na Alemanha quando o teólogo Martinho Lutero fixou na Igreja de Wittenberg as “95 Teses” da reforma. Lutero revolucionou o cristianismo com o conceito de “salvação” ao afirmar que o cristão somente teria seu espaço no céu com a graça de Deus, e não pelo comércio de indulgências, que era comum na época.

Os interessados em participar do II Congresso Nacional de Inclusão na Educação Superior e Educação Profissional Tecnológica têm até o dia 20 de novembro para realizar as inscrições no evento, que acontece de 28 de novembro a 1º de dezembro no raiamar Hotel, em Natal. Com tema central “Educação Inclusiva e as políticas de acesso e permanência no ensino superior”, o congresso tem entre seus organizadores a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Na programação estão previstas mesas redondas, rodas de conversa, fórum e apresentações de trabalhos, além do I Encontro de Pesquisadores de Educação Especial da Região Nordeste e do I Fórum Nacional de Coordenadores de Núcleos de Acessibilidade.

O evento tem como objetivos debater o cenário atual e as tendências de políticas de educação inclusiva, bem como estabelecer uma avaliação das ações mais recentes na área de inclusão no ensino superior, em uma perspectiva de construir uma discussão, de forma coletiva, da forma como as instituições têm se estruturado para atender essa demanda.
As inscrições, o resultado dos trabalhos aprovados e outras informações sobre o congresso estão disponíveis no endereço https://goo.gl/GwwSNa.

ASCOM – Reitoria/UFRN

Crédito da foto: Divulgação/Polícia Federal  Três mandados judiciais de busca e apreensão foram cumpridos em Natal

Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta terça-feira, 31, apura desvios no “Minha Casa, Minha Vida” e do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social – PSH no Rio Grande do Norte.

Três mandados judiciais de busca e apreensão foram cumpridos em Natal. A investigação constatou que, na tentativa de ocultar a ação criminosa, recursos repassados nos anos de 2008 e 2009 para uma instituição financeira sediada na capital potiguar foram em parte desviados mediante a falsificação de recibos em nome de terceiros.

O objetivo das buscas é coletar provas que revelem o real destino dos recursos indicados nos recibos falsificados, havendo a suspeita de que tenham sido políticos, como vereadores e prefeitos do interior do estado.

A Prefeitura de Currais Novos através da Secretaria Municipal de Saúde informa aos usuários do Sistema SUS que a “Central de Regulação Municipal” irá funcionar em horário reduzido nesta quarta-feira (01 de novembro) até às 13h. A redução do horário se dá devido à mudança que irá acontecer na Central, que sairá do prédio do SESI e irá se instalar no anexo do INSS, onde funcionava a Secretaria Municipal de Finanças. O atendimento será normal na sexta-feira (03), no novo endereço (Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº 916).

Aproximar os pacientes às Unidades Básicas de Saúde, ampliar o acesso e a qualidade da assistência prestada à população e tornar o atendimento mais eficiente são alguns dos benefícios propostos pelo projeto “UPSaúde Aplicativo – A Saúde na palma das suas mãos”, aplicativo para celulares e tablets criado pelo cirurgião-dentista residente da Escola Multicampi de Ciências Médicas – EMCM da UFRN, Rodolfo Lira, que apresentou o projeto ao Prefeito Odon Jr na manhã desta terça-feira (31). De acordo com Rodolfo, os testes da nova ferramenta voltada à saúde terão início em novembro e, após sua implantação, o aplicativo será gerenciado pela equipe multidisciplinar da residência e pelos profissionais das UBS de Currais Novos.

“O intuito do aplicativo é usar a tecnologia para integrar usuários com o sistema de saúde, e basta o cidadão acessar as informações de onde ele se encontra para ter a sua disposição ferramentas ativas de saúde, acolhimento e assistência sem fila, sem burocracia, sem nenhum tipo de constrangimento”, disse Rodolfo. Com o aplicativo será possível, por exemplo, a TeleConsulta com profissionais de saúde, agendamento de consultas e a educação saúde por meio de folhetos online e vídeos, além da disposição de outras informações. “Muito importante para nossa saúde uma ferramenta como essa que irá ajudar a nossa assistência à saúde”, disse o Prefeito Odon Jr, que parabenizou Rodolfo Lira pela iniciativa.

O Governo do Estado encerra nos próximos dias 06 e 10 de novembro o pagamento da folha de setembro para os servidores que recebem acima de R$ 4 mil.

Na próxima segunda-feira, dia 06, será paga uma parcela de R$ 4 mil aos que recebem acima desse valor. O restante dessa faixa salarial será pago no dia 10 de novembro.

Em paralelo, o Governo dá início ao pagamento da folha de outubro. Também no dia 10/11 serão depositados os pagamentos dos servidores estaduais que recebem até R$ 2 mil.

Pagamento hoje

Já os servidores da Educação, que recebem a partir de recursos federais do Fundeb, e os dos órgãos da administração indireta, que possuem recursos próprios, estão recebendo os salários do mês do outubro hoje, terça-feira (31).

O pagamento de hoje está sendo realizado sem distinção entre ativos, inativos, aposentados e pensionistas. Com isso, até o dia 10 de novembro 50% dos servidores terão recebido seus vencimentos referente à folha de outubro do Estado.

A concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera aumentou em 2016 até atingir níveis recordes, informou hoje (30) a Organização Meteorológica Mundial (OMM) em seu boletim anual sobre o impacto dos gases de efeito estufa.

A informação é publicada poucos dias antes do início da Conferência da ONU sobre Mudança Climática, que será realizada entre os dias 6 e 17 de em novembro na cidade alemã de Bonn.

Em 2016, a concentração atmosférica de CO2 – principal gás de efeito estufa de longa duração – alcançou 403,3 partes por milhão (ppm), acima das 400 registradas em 2015.

Segundo a OMM, atualmente a concentração de CO2 na atmosfera representa 145% dos níveis pré-industriais (antes de 1750).

A agência da ONU atribui o aumento recorde de 3,3 partes por milhão da média anual, em parte, ao resultado das atividades humanas combinadas com um intenso impacto do fenômeno meteorológico El Niño, que teve devastadores efeitos em várias áreas do mundo entre 2015 e os primeiros meses de 2016.

O fenômeno provocou secas nas regiões tropicais e reduziu a capacidade dos “sumidouros” – como as florestas, a vegetação e os oceanos – para absorver CO2.

Em observações diretas, não se viram esses níveis de concentração de CO2 em 800 mil anos, assegura a OMM em seu boletim.

Se forem empregados os indicadores indiretos para medir a quantidade de CO2 na atmosfera, níveis similares aos de agora foram observados no período de 3 milhões a 5 milhões de anos, ou seja, no Plioceno Médio, quando a temperatura era de 2 a 3 graus superior e o nível do mar entre 10 e 20 metros acima do atual.

O crescimento demográfico, as práticas agrícolas mais intensivas, o maior uso da terra, aumento do desmatamento, a industrialização e o uso de energia procedente de fontes fósseis contribuíram para uma aceleração da taxa de aumento da concentração de gases de efeito estufa na atmosfera desde o início da era industrial.

“Infelizmente, não vimos números positivos na concentração dos principais gases de efeito estufa até agora”, disse, em entrevista coletiva. o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, que enviou mensagem aos governos: há “necessidade urgente de elevar o nível de ambição se queremos cumprir seriamente os objetivos do Acordo de Paris”.

O Acordo de Paris tem como objetivo evitar que o aquecimento global supere os 2 graus centígrados no final deste século em relação aos níveis pré-industriais, embora as nações tenham se comprometido a fazer todos os esforços necessários para não ultrapassar 1,5 grau.

O juiz Adriano da Silva Araújo condenou o presidente da Câmara Municipal de Serra Negra do Norte, Flávio Barros Bezerra em uma ação civil pública, a perda dos seus direitos políticos pelo prazo de três anos. A ação tem como autor o Ministério Público Estadual.

Na mesma ação, o vereador também foi condenado ao pagamento de multa civil, na quantia correspondente a 10 vezes o valor da última remuneração percebida quando ocupava o cargo de Presidente da Câmara Municipal de Serra Negra do Norte/RN, devidamente atualizado; impor-lhe a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 03 anos.

Como a condenação ainda não foi transitada em julgada e cabe recurso, Flavio Bezerra continuará no cargo de vereador.

Em comemoração ao Outubro Rosa, o SAMU 192 RN realizou dia 30 de Outubro uma ação de combate e prevenção ao câncer de mama direcionada aos seus funcionários. A ação foi iniciativa dos mastologistas Juliana Lopes e Ubiratan Sousa, que atuam como Médicos Reguladores e Intervencionistas do serviço, com apoio do Núcleo de Educação Permanente e de todas as coordenações do SAMU. Com um grande número de participantes, a ação envolveu a consulta médica especializada para avaliação clínica, apresentação de exames (ultrassonografias de mama e mamografias) e referência aos serviços especializados.

Os exames foram realizados previamente através da articulação com instituições e pessoas. Com o apoio do farmacêutico Kleber Lomonte e do Radiologista Dr. Leão foram realizadas 27 ultrassonografias de mama e com apoio das Secretarias de Saúde de Parnamirim e Natal, intermediadas pela COHUR, foram realizadas 31 mamografias.

Durante o evento aconteceram palestras com informações sobre prevenção e diagnóstico do câncer de mama e orientações acerca do autoexame da mama, depoimentos, além de dicas de limpeza de pele, maquiagem e sobrancelha. O evento teve grande aceitação e participação.

Visando contribuir com sugestões para amenizar a grave problemática da Segurança Pública,  a Revista Foco Nordeste e o Portal foconordeste.com promovem, no próximo dia 07 de novembro, um seminário com o tema “A Segurança Pública e o emprego da Justiça Restaurativa”, para um público formador de opinião do Rio Grande do Norte. A iniciativa do veículo de comunicação atende a uma solicitação da OCERN e SESCOOP/RN e conta com o apoio do Tribunal de Justiça do RN, da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN – Fecomércio, da Federação das Indústrias do RN – Fiern.

O evento acontecerá a partir da 19 horas  no auditório da FIERN e contará com duas palestras, sendo a primeira com o título “Os óbices da Segurança Pública”, que será proferida pelo coronel do Exército Brasileiro José Ori Dolvi Dantas, especialista em Segurança Pública, tendo como mediadores: a Dra. Paoulla Benevides Maués de Castro, presidente da Adepol e o Dr. Sérgio Leocádio, consultor especializado em Segurança Pública.

Já na segunda palestra teremos o tema: “A metodologia exitosa das Apacs”, que será proferida pelo Dr. Murilo Andrade de Oliveira, Secretário Estadual de Administração Penitenciária do Estado do Maranhão, tendo mediadores o Dr. Fábio Wellington Ataíde Alves, Juiz de Execuções Penais e o Dr. Fábio Luís Monte de Holanda, Advogado e ex Secretário de Cidadania e Justiça do RN.

Para participar do evento não é necessário fazer inscrição nem o pagamento de qualquer taxa, sendo importante apenas a pontualidade com o horário de chegada para garantir o acesso.

Confira a programação:

PALESTRA 1 “Os óbices da Segurança Pública”
Palestrante: José Ori Dolvim – Coronel da reserva do Exército Brasileiro.
Mediadores: Dra. Paoulla Benevides Maués de Castro – Presidente da ADEPOL RN Associação dos Delegados de Polícia do RN e Sergio Leocádio, Consultor de Segurança Pública.

PALESTRA 2 “A metodologia exitosa das Apacs”
Palestrante: Dr. Murilo Andrade de Oliveira – Secretário Estadual de Cidadania no Estado do Maranhão.
Mediadores: Fábio Wellington Ataíde Alves – Juiz auxiliar da Corregedoria de Justiça, Juiz membro do Programa Novos Rumos na Execução Penal e professor de Criminologia da UFRN e Fábio Hollanda – advogado e ex-secretário de Justiça e Cidadania do RN.

Realização: Revista Foco Nordeste.
Apoio: OCERN|SESCOOP/RN|TJRN|Fecomércio RN – Sesc/Senac |Sistema FIERN

Em relação aos dados divulgados pelo 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, levando em consideração a variação entre 2015 e 2016, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) destaca os seguintes pontos:

Dados da Pesquisa

A pesquisa foi dividida em quatro grupos: O Grupo 1 das Unidades da Federação com dados de homicídios de boa qualidade e aderência à proposta de Bogotá; Grupo 2 das Unidades da Federação com nível intermediário de qualidade da informação; Grupo 3 das Unidades da Federação que precisam aperfeiçoar suas informações sobre homicídios; e Grupo 4 das Unidades da Federação que não responderam ao formulário de solicitação de dados e cuja qualidade da informação não pode ser analisada.

Nesse quadro, o Rio Grande do Norte aparece no Grupo 1, confirmando o compromisso de transparência com os dados da segurança pública do Estado.

5ª maior redução no latrocínio

O Rio Grande do Norte aparece na 5ª colocação entre os Estados que mais reduziram os números de latrocínio (roubo seguido de morte) durante o período. De 58 casos em 2015, passou para 48, uma redução de 18%. A taxa para cada 100 mil habitantes passou de 1,7 para 1,4. Nesse quesito, o RN fica atrás apenas de Roraima, Paraíba, Amapá e Acre.

Crimes contra o patrimônio

No que diz respeito aos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que engloba casos de roubos em geral, como comércios e residências, o Rio Grande do Norte apresenta a 9ª menor taxa do país, com 709,1 ocorrências para cada 100 mil habitantes.

Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI)

Em relação aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), se o Rio Grande do Norte aparece na segunda colocação do ranking – com uma taxa de 56,9 para cada 100 mil habitantes – levando em consideração apenas as capitais, Natal surge em 5º, com uma taxa de 62,2.

“Nossa colocação em relação aos crimes contra o patrimônio e a redução dos latrocínios reafirma o que já esclarecemos em diversas oportunidades: o crescimento do CVLI tem ligação direta com as brigas entre as facções criminosas no Rio Grande do Norte alimentadas pelo tráfico de drogas (de acordo com dados da Sesed, cerca de 80% dos CVLIs estão relacionados com o tráfico de drogas). Estamos combatendo em diversas frentes, desarticulando as organizações  por meio do setor de Inteligência e trabalhando com as Polícias Civil e Militar no combate ostensivo a esses grupos dentro das comunidades. Continuaremos com o nosso trabalho de enfrentamento. Não vamos retroceder”, declarou a secretária de segurança, Sheila Freitas.

Crédito da Foto: Eduardo Maia

As demandas nas áreas de educação, esporte, moradia, segurança pública e infraestrutura chegam constantemente ao gabinete do deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), encaminhadas por representantes da sociedade de municípios de todas as regiões do Estado.

Com base nas reivindicações recebidas esta semana, o deputado Ezequiel solicitou do governo do Estado a construção de quadras de esportes, construção de casas populares, aumento de efetivo policial e melhor condições de trabalho para a Polícia Militar, disponibilização de ônibus escolar para o transporte de estudantes da zona rural, beneficiando municípios das regiões Potengi, Agreste, Metropolitana, Mato Grande e Agreste.

“A casa própria hoje constitui a principal reivindicação das famílias brasileiras, especialmente das mais carentes de recursos financeiros. Ao mesmo tempo é dever do poder público dotar essas famílias de uma infraestrutura básica para que possam viver com o mínimo de dignidade”, afirmou o deputado Ezequiel ao justificar a solicitação da construção de casas populares em Barcelona, na região Potengi para onde também solicitou a construção de quadra poliesportiva.

Para Maxaranguape, na região Metropolitana foram solicitadas a realização de convênio com o governo do Estado para a pavimentação e drenagem de ruas e construção de quadra poliesportiva.

Já para Touros, no Mato Grande, a solicitação foi no sentido de que seja aumentado o efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar.

Para a região Agreste as solicitações foram de aumento do efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar no município Lagoa D´Anta e de um ônibus escolar para o transporte de estudantes da zona rural no município de Pedro Velho.

Uma vitrine para o mundo. A próxima edição da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios, evento que ocorrerá nos pavilhões do Serra Park, em Gramado, nos dias 20, 21 e 22 de novembro mostrará o melhor da produção brasileira para alguns dos principais mercados mundiais. Já são cerca de 117 importadores de todos os continentes confirmados na feira. A expectativa é estreitar laços com os compradores estrangeiros, e abrir novos canais de venda.

 

Os compradores vêm de países com diferentes culturas e interesses no produto brasileiro. Os mercados representados entre os importadores incluem cerca de 35 países. Eles vêm dos mais diferentes mercados, entre eles, regiões com tradição de comprar os produtos brasileiros. Os vizinhos latino-americanos chegam com o maior número de compradores. “Uruguai, Bolívia, Colômbia, Equador e outros países da América do Sul são acostumados ao nosso produto. Nesses lugares nossas marcas são conhecidas, e a qualidade do calçado brasileiro é uma referência. A tendência é seguir vendendo bem para eles, e fazer o número de pares crescer a partir do contato direto na feira”, explica o diretor da Merkator Feiras e Eventos, Frederico Pletsch. “Mas o impressionante nesta edição é a diversidade de países que vão estar conosco. Isto, sobremaneira, aumenta em muito a nossa responsabilidade tanto como anfitriões, mas também como realizadores do evento que promove esta aproximação entre a indústria e o comércio, que deve movimentar a vida de vários cidadãos ao redor do mundo. Além da responsabilidade, nos enche de satisfação e orgulho”, sublinha Pletsch.

 

O mercado asiático, um dos que mais cresce no mundo, também está representado por um número expressivo de importadores nesta edição. Serão 11 países e 13 empresas importadoras, destacando os Emirados Árabes, cinco compradores, Bahrein, com um importador e Paquistão com três empresas. “Os importadores asiáticos buscam produtos de valor agregado, é uma excelente oportunidade para as nossas marcas. Queremos que o empreendedor brasileiro possa exportar para mais países, conhecendo novos mercados, e também aqueles que já vêm exportando possam solidificar parcerias”, explica.

 

São estes os países que estarão na Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Bahrein, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Emirados Árabes, Equador, Espanha, Índia, Israel, Itália, Kuwait, Letônia, Martinica, Nicarágua, Nova Zelândia, Oman, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polônia, Porto Rico, Portugal, República Dominicana, Rússia, Sudão, Suriname, Uruguai e USA.

 

Já está confirmada a participação de 95 fabricantes, que irão negóciar com os importadores “Em um momento de retomada gradual da nossa economia é fundamental solidificar as parcerias com o mercado externo, atraindo novos compradores para o produto

 

 brasileiro e ampliando a capacidade de nossas marcas em se comunicar com o lojista internacional”, ressalta Pletsch.

Crédito das Fotos: Ney Douglas
Em alusão à passagem dos 500 anos da Reforma Protestante, o deputado estadual Jacó Jácome (PSD) promoveu, nesta segunda-feira (30), uma sessão solene ressaltando as consequências do movimento e homenageando pastores do Rio Grande do Norte. A data também é tema de exposição que acontece na sede do legislativo estadual até esta terça-feira (30).

“Ressaltamos que este movimento tem um significado não apenas religioso. Os reformadores lançaram as bases para uma nova sociedade, empoderando cristãos a se especializarem nos dons que tinham para servir. A Reforma também foi marcante para a Educação, pois incentivou a criação de escolas para toda a população”, discursou o parlamentar durante a solenidade.

Foram homenageados os pastores Antonio de Araújo Targino, Júlio Augusto Barreto Neto, José Romeu da Silva, Álvaro da Silva Barros, Kleber Nobre de Queiroz, Martim Alves da Silva, Mizael Dantas da Silva, Edinaldo Gilmar Rodrigues Melo, Manoel Alencar da Silva, Airton Scheunemann Schroeder e Alex Alves dos Santos.

Em nome de todos eles, o pastor Edinaldo Melo agradeceu a homenagem e pontuou a importância da Reforma. “O movimento despertou pessoas para um cristianismo mais autêntico, permitiu um maior envolvimento delas nas suas comunidades, instituiu uma nova ética no trabalho e contribuiu para o surgimento das instituições democráticas”, comentou. O pastor Antônio Targino também comentou, na tribuna, o valor histórico e religioso da Reforma.

O deputado federal Antônio Jácome (Podemos) representou a Câmara dos Deputados na sessão solene e ressaltou a relevância da sua realização: “Esse momento ficará eternizado na história do Estado. Ao abrir as portas do Palácio José Augusto para receber uma solenidade como essa, a Assembleia Legislativa reconhece e resgata a nossa cultura e história”.

Jacó Jácome também destacou, na sessão solene, a “Expo Reforma”, exposição alusiva aos 500 anos da Reforma, que segue até esta terça-feira (31) no Salão Nobre da Casa, por iniciativa do mandato do parlamentar e com entrada gratuita. A solenidade ainda foi marcada pela exibição de documentário produzido pela TV Assembleia e prestigiada pelos deputados estaduais Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PMDB).

Crédito da Foto: Eduardo Maia

Os alarmantes índices de violência doméstica contra a mulher no Rio Grande do Norte foram tema de audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (30), no município de Assu. O debate, proposto pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB), reuniu representantes políticos da região e de entidades ligadas à temática. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores, oportunidade em que o legislativo municipal lançou a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher Assuense.

“O que nos motiva estar aqui hoje é um dado preocupante de que 70% dos inquéritos abertos na Delegacia de Assú são de casos de violência doméstica e que na maioria desses casos, os maridos, companheiros e namorados são os responsáveis pelas agressões contra as mulheres assuenses. Esta, infelizmente, não é uma realidade apenas de Assu, mas de todo RN, que ainda se apresenta como o quinto estado brasileiro no ranking de violência doméstica. Aqui também é assustador o crescimento dos casos de estupro”, disse Cristiane Dantas.

A deputada lembrou a instalação da Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa, no mês de agosto, e reforçou a importância da colaboração entre entidades para a efetividade de políticas públicas em defesa da mulher. “Trata-se de um fórum democrático e permanente de debates e também de ações concretas para fazer valer os direitos das mulheres, principalmente, as mulheres de periferia, as mulheres negras e as mulheres da zona rural. São elas que mais sofrem com a falta de oportunidades, com a discriminação e com a violência doméstica e sexual”, destacou a deputada, que preside a Frente da Mulher na Casa Legislativa.

Durante a audiência, a parlamentar anunciou pleito encaminhado à Secretaria Estadual de Segurança Pública solicitando a realização de curso de capacitação com os agentes de segurança pública de Assu, policiais civis e militares, “para que estejam cada vez mais preparados para atender as ocorrências de violência doméstica no município, como preconiza a Lei Maria da Penha”. Requereu também, à secretária de Políticas Públicas das Mulheres, Flávia Lisboa, que realize ações de prevenção da violência doméstica nas escolas do município, através do projeto “Maria da Penha Vai às Escolas”, além da criação de uma Sala Lilás, espaço de acolhimento para as mulheres vítimas de violência na cidade.

Presente no debate, a secretária estadual Flávia Lisboa assegurou atendimento aos pleitos da deputada e anunciou a implantação de uma OPM no município, apresentando também dados sobre a violência doméstica no RN. “As OPMs são os órgãos municipais que irão gerir e efetivar todas as políticas públicas em favor da mulher. Por isso estamos percorrendo os 167 municípios potiguares com o objetivo de sensibilizar os gestores para a importância da criação dessas unidades”, declarou Flávia Lisboa.

Representando a Defensoria Pública do Estado, a coordenadora do Núcleo da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, Anna Lúcia Raymundo, defendeu a necessidade de uma mudança de cultura da sociedade para que se possa combater e exterminar a violência doméstica. “A violência contra a mulher é uma grave violação aos Direitos Humanos que ocorre principalmente no interior do lar”, explicou a defensora pública.

Responsável pela Frente Parlamentar Municipal em Defesa da Mulher, instalada durante o evento, a vereadora Delkiza Cavalcante (PSDC) reforçou o papel do fórum criado. “Que seja um espaço para deliberações e ações concretas em defesa da mulher assuense”, observou. A vice-prefeita de Assu, Sandra Regina (PMDB), declarou o apoio da Prefeitura em favor das ações voltadas às mulheres da cidade. “Estamos à disposição para sermos um grande parceiro”, comentou.

A audiência pública contou com a presença de vereadores, gestores e profissionais das áreas jurídicas, de saúde, educação, assistência social e segurança pública, além de estudantes e sociedade civil. Seguindo a agenda prevista pela Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa, uma nova audiência pública acontece na tarde desta segunda-feira, às 14h30, na Câmara Municipal de Macau.

Leia o Jornal Impresso