Monthly Archive: abril 2017

NO EXERCÍCIO DO SEU TRABALHO JORNALÍSTICO, A SIDY’S TV, CANAL 4, VEM POR MEIO DESTA NOTA, MANIFESTAR SEU REPÚDIO A MANEIRA COMO A DIREÇÃO DA CENTRAL DO CIDADÃO DE CURRAIS NOVOS PROCEDEU NA TENTATIVA DE IMPEDIR A EXIBIÇÃO DE MATÉRIA REALIZADA POR ESTE VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO.

NA ÚLTIMA QUARTA FEIRA, 26 DE ABRIL, NOSSA EQUIPE ESTEVE NO REFERIDO ÓRGÃO PARA t UM PROJETO EDUCATIVO DE CIDADANIA, EM QUE UMA ESCOLA ESTAVA COM SEUS ALUNOS SOLICITANDO O DOCUMENTO DE IDENTIDADE. PORÉM, NOSSA EQUIPE FOI SURPREENDIDA COM A LIGAÇÃO DA GERÊNCIA LOCAL, AFIRMANDO QUE PARA FAZER QUALQUER REPORTAGEM NAQUELE ÓRGÃO SERIA NECESSÁRIO ENTRAR EM CONTATO (PEDIR AUTORIZAÇÃO) A MESMA.

OCORRE QUE, NO DIA 19 DE ABRIL DO CORRENTE ANO, NOSSA EQUIPE ESTEVE NAQUELE ÓRGÃO PARA AVERIGUAR UMA DENÚNCIA SOBRE A ESTRUTURA DO PRÉDIO ONDE FUNCIONA A CENTRAL DO CIDADÃO, EM QUE NARRAVA UM VAZAMENTO NA CAIXA D’ÁGUA. NOSSA EQUIPE DE REPORTAGEM ESTEVE NO LOCAL E CONFIRMOU A VERACIDADE DA DENÚNCIA. PROCURAMOS A DIREÇÃO PARA SE PRONUNCIAR SOBRE O FATO, A MESMA INFORMOU QUE NÃO ESTAVA DISPOSTA A FALAR E QUE NÃO AUTORIZAVA NENHUM FUNCIONÁRIO FALAR SOBRE O ASSUNTO, BEM COMO PROIBIA A NOSSA EQUIPE EXIBIR AS IMAGENS CAPTURADAS. A MESMA AFIRMOU AINDA QUE A EQUIPE PODERIA FAZER A MATÉRIA, DESDE QUE FOSSE FORA DO LOCAL.

PARA NOSSA SURPRESA, TAMBÉM FOMOS PROCURADOS PELA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DAQUELE ÓRGÃO, DE FORMA ARROGANTE E PREPOTENTE, AFIRMANDO QUE NOSSA EQUIPE ESTAVA IMPEDIDA DE FAZER QUALQUER MATÉRIA NO ÓRGÃO SEM QUE TIVESSE A AUTORIZAÇÃO DO MESMO. A JUSTIFICATIVA DA PROFISSIONAL ERA DE QUE NÓS NÃO PODERÍAMOS FAZER IMAGENS DAS PESSOAS SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DA DIREÇÃO.

A SIDY’S SEMPRE BUSCOU ATUAR CONFORME OS PRINCÍPIOS E NORMAS QUE GUARNECEM A IMPRENSA. SEMPRE BUSCAMOS AGIR COM ÉTICA E PROFISSIONALISMO, SABENDO QUE TEMOS DIREITOS E DEVERES A CUMPRIR. DIANTE DO EXPOSTO, CONCLUÍMOS QUE TAL DETERMINAÇÃO TEM COMO FIM IMPEDIR A VEICULAÇÃO DE MATÉRIAS QUE DEMONSTREM OS PROBLEMAS DAQUELE ÓRGÃO PÚBLICO, POIS OS FUNDAMENTOS APRESENTADOS PELA ASSESSORIA NÃO CONDIZEM COM A VERDADE, TENDO EM VISTA QUE HÁ TRÊS RESTRIÇÕES INERENTES À TUTELA PENAL DO DIREITO À IMAGEM, UMA DELAS DIZ RESPEITO À CAPTURA DE IMAGENS EM LOCAIS PÚBLICOS, ONDE NÃO SÃO ILÍCITAS AS IMAGENS CAPTADAS DE PESSOAS QUE SE ENCONTREM NESSES LUGARES OU EVENTOS PÚBLICOS. QUANDO A IMAGEM DA PESSOA ESTÁ ENQUADRADA NUM CENÁRIO PÚBLICO, NÃO SE DESTACANDO DELE, O ANONIMATO DA PESSOA FICA PRESERVADO. NÃO É A PESSOA O CENTRO DA IMAGEM, MAS O CENÁRIO.

DESTA FORMA, LAMENTAMOS ESTA INTERFERÊNCIA E ESPERAMOS NÃO MAIS SOFRER A TENTATIVA DE IMPEDIMENTO DO NOSSO TRABALHO EM DIFUNDIR A INFORMAÇÃO QUE GERA ACIMA DE TUDO, INTERESSE PÚBLICO.

DIREÇÃO DA SIDY’S TV

COMENTÁRIO

Eu me sinto envergonhado em saber que em nossa cidade existem pessoas tão despreparadas, arrogantes e desinformadas. O episódio acontecido na Central do Cidadão é um ato que não podemos admitir. No Brasil a imprensa é livre, os seus profissionais trabalham em todos os órgãos públicos e é fundamental para uma democracia. Tentar saciar liberdade é um ato de abuso que todos nós da imprensa precisamos repudiar com força e determinação para que pessoas autoritárias e ignorante, não continuem a dizer o podemos ou não fazer. Quem a colocou lá, deveria emitir uma nota se desculpando com a imprensa de Currais Novos, pois o fato aconteceu com a Sidy’s, mais atingiu toda imprensa

R. Alves – Jornal A Notícia

A construção da estrada, de aproximadamente 5 quilômetros, ligando as comunidades costeiras de Caraúbas e Maracajaú, no município de Maxaranguape, no litoral ao Norte de Natal, foi o teor de um requerimento do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) encaminhado ao Governador Robinson Faria (PSD) e ao diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Jorge Ernesto Fraxe, solicitando esse benefício.

“Esse trecho é uma estrada carroçável em péssimas condições de tráfego. O benefício que estamos solicitando é de extrema importância, tendo em vista que, o melhor acesso representa um avanço no desenvolvimento e na economia do município que tem na pesca e no turismo as suas principais fontes de renda”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira.

O parlamentar registra ainda em seu requerimento que a construção da estrada vai beneficiar não só o município de Maxaranguape, que conta com uma população superior a 12 mil habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2016), mas toda aquela região do litoral Norte.

Outra ação do deputado Ezequiel tem por objetivo beneficiar a área rural do município Barcelona, na região do Potengi, com a ampliação da rede de abastecimento de água e seus respectivos ramais, na comunidade cotovelo que foram solicitados ao diretor-presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), Marcelo Toscano.

“Durante muitos anos, os investimentos em adutoras se voltaram apenas para as sedes dos municípios, deixando as zonas rurais sem água. A CAERN tem corrigido essa distorção, garantindo que a água, que é um bem essencial, chegue a todos. A ampliação que solicitamos vai beneficiar famílias que necessitam de água de boa qualidade”, justifica o deputado.

Os 11 vereadores do município de Poço Branco, que fica a 60 quilômetros de Natal, só trabalharão 29 dias este ano. De acordo com o regimento interno, aprovado há 25 anos, são 5 meses de férias. É que, a cada dois meses trabalhados, eles têm um mês de descanso. É o que mostra matéria exibida na manhã desta quinta-feira (27) no Bom Dia Brasil

As sessões em Poço Branco, uma por semana, duram em média duas horas. Para isso, cada vereador tem salário de R$ 4.500 – o dobro do que ganha um professor da rede municipal que trabalha 30 horas semanais.

No total, os vereadores do município trabalham sete meses por ano e descansam cinco, já que têm quatro meses de férias mais o recesso de dezembro. Ou seja, levando em consideração que a cada semana só há um dia de trabalho, os vereadores acumularão, ao final do ano, 29 dias de serviço em prol da população.

Agora, o vereador Rodrigo Lucas, do PSB, propõe aumentar o número de sessões na Casa. “Como ocorre no Senado Federal e na Câmara Federal. Então o recesso seria somente em janeiro e julho”, explicou.

Como os parlamentares estão de folga, a votação só vai acontecer no dia 2 de maio.

“Eu sou a favor da moralização. Todos os vereadores têm que dar expediente como qualquer pessoa”, comentou o vereador Alan Diego Nascimento (SDD), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Poço Branco.

Michelle Rincon, Inter TV Cabugi

Trabalhadores dos Correios fazem ato no Centro de Maceió (Foto: Hagata Chrystie/G1)

Os trabalhadores dos Correios decidiram entrar em greve, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect). A paralisação, iniciada às partir das 22h de quarta-feira (26segundo a entidade, é por tempo indeterminado, caso as negociações não avancem.

A greve é contra a privatização, demissões e retiradas de direitos, além do fechamento de mais de 200 agências no país, segundo a Fentect. De acordo com a federação, dos 36 sindicatos filiados à entidade, 33 aderiram. Somente três estados não participam: Sergipe, Amapá e Roraima.

Os funcionários das agências franqueadas, que são terceirizados, não participam da greve. A empresa possui atualmente cerca de 6.500 agências próprias, além de mais de 1 mil franqueadas.

Em comunicado divulgado na tarde desta quinta-feira (27), os Correios disseram que o atendimento à população não está sendo afetado. “Somente os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje) estão suspensos”, informou a estatal.

Segundo a empresa, a paralisação concentra-se principalmente, na área operacional, sendo que 86,31% do efetivo total no Brasil está presente e trabalhando.

O que dizem a federação e os Correios

“Além do fim das agências próprias dos Correios, com fortalecimento das franqueadas, o que esvazia os negócios da empresa para a iniciativa privada, a ECT implantou a entrega alternada em vários locais do país. Assim, aprofunda a má qualidade na entrega de correspondências, que deixa de ser diária, retirando, dessa maneira, o direito do cliente de receber regularmente as encomendas”, diz a federação.

Em nota, os Correios disseram que “uma paralisação dos empregados neste momento delicado pelo qual passa a empresa é um ato de irresponsabilidade, uma vez que a direção está e sempre esteve aberta ao diálogo com as representações dos trabalhadores. No entanto, os Correios irão adotar todas as medidas necessárias para garantir a continuidade de todos os serviços”. A estatal enviará mais tarde posição sobre a adesão em todo o país.

Crise nos Correios

Os Correios enfrentam uma severa crise econômica e medidas para reduzir gastos e melhorar a lucratividade da estatal estão em pauta. O presidente dos Correios, Guilherme Campos, afirmou que a estatal teve um prejuízo estimado de R$ 400 milhões no primeiro trimestre, após ter tido prejuízo anual de cerca de R$ 2 bilhões em 2015 e em 2016. Ele disse ainda que a empresa não tem condições de arcar com sua folha de pagamentos e que demissões de servidores concursados estão em pauta.

A estatal não tem contatações há vários anos – o último concurso foi realizado em 2011.

Em 2016, os Correios anunciaram um Programa de Demissão Incentivada (PDI) e pretendia atingir a meta de 8 mil servidores, mas apenas 5,5 mil aderiram ao programa. “A economia com esses 5,5 mil é de R$ 700 milhões anuais e essa marca alcançada com o PDI fica aquém da necessidade da empresa. Precisamos ter outras ações para enxugamento da máquina da empresa”, afirmou Campos no dia 20 de abril.

Os Correios planejam também fechar cerca de 200 agências neste ano, além de uma série de medidas de redução de custos e de reestruturação da folha de pagamentos. Segundo os Correios, o fechamento dessas agências acontecerá sobretudo nos grandes centros urbanos.

Para Campos, outro ponto fundamental para reestruturar o orçamento dos Correios é encontrar um novo formato para o plano de saúde dos funcionários dos Correios, o Postal Saúde. Segundo ele, esse custeio é o responsável pela maior parte do déficit registrado nos últimos anos.

Pelo modelo, a estatal arca com 93% dos custos dos planos de saúde e os funcionários com 7%. “Estamos negociando com os trabalhadores, com os sindicatos, buscando uma alternativa. Nos moldes que está é impossível de ser mantido”, diz.

G1

As contas do governo federal registraram rombo recorde no mês de março e no primeiro trimestre deste ano, segundo números divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta quinta-feira (27).

Somente em março, as despesas do governo superaram as receitas com impostos em R$ 11,06 bilhões – o pior resultado para o mês desde o início da série histórica, em 1997. De janeiro a março, o chamado déficit primário totalizou R$ 18,29 bilhões, também o pior para o período em 21 anos.

Essas contas não levam em consideração os gastos do governo federal com o pagamento dos juros das dívida pública.

O fraco resultado das contas públicas acontece em um ambiente ainda de baixo nível de atividade, que tem resultado em queda da arrecadação.

Embora apareçam alguns sinais de melhora do ritmo da economia, como alta da confiança e da produção industrial, o desemprego ainda segue alto, o que impõe uma velocidade menor ao ritmo de recuperação.

Receitas e despesas

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, as receitas totais recuaram 3,2% em termos reais (após o abatimento da inflação) no primeiro trimestre, na comparação com igual período de 2016, para R$ 334,43 bilhões.

Por outro lado, as despesas totais recuaram de forma mais intensa nesta comparação: somaram R$ 293,76 bilhões no primeiro trimestre de 2017, com queda de 4,9% em termos reais quando comparadas ao mesmo período de 2016.

Rombo da Previdência Social

A Secretaria do Tesouro Nacional informou que o rombo da Previdência Social (sistema público que atende aos trabalhadores do setor privado) avançou de R$ 28,98 bilhões, no primeiro trimestre de 2016, para R$ 40 bilhões nos três primeiros meses deste ano, um aumento de 38,1%.

Para 2017, a expectativa do governo é de que o INSS registre novo resultado negativo, de R$ 188,8 bilhões.

O Congresso discute proposta do governo Michel Temer para reforma da Previdência. De acordo com o governo, o objetivo da medida é frear o crescimento do déficit do INSS.

A proposta original previa idade mínima de aposentadoria de 65 anos, para homens e mulheres, entre outras mudanças. Entretanto, o relator do reforma na Câmara, deputador Arthur Maia (PPS-BA), apresentou um novo texto, com regras menos rígidas.

O objetivo do governo é tentar manter a sustentabilidade das contas públicas, diante de um déficit crescente do sistema previdenciário brasileiro.

Concessões e investimentos

Nos três primeiros meses deste ano, ainda de acordo com os dados oficiais, as receitas de concessões registraram forte queda, para R$ 560 milhões, contra R$ 11,63 bilhões no mesmo período do ano passado.

Por outro lado, houve um pequeno aumento no recebimento de dividendos, que totalizaram R$ 1,77 bilhão nos três primeiros meses deste ano, em comparação com R$ 392 milhões no mesmo período de 2016.

Os dados oficiais mostram que o governo também diminuiu fortemente o pagamento de investimentos de janeiro a março deste ano, para R$ 5,75 bilhões. No mesmo período de 2016, os gastos com investimentos somaram R$ 14,14 bilhões.

Meta fiscal e medidas de ajuste

Para este ano, o objetivo foi fixado em um déficit primário (despesas maiores do que receitas, sem contar os juros da dívida pública) de até R$ 139 bilhões para as contas do governo.

No mês passado, a equipe econômica anunciou uma série de medidas para tentar atingir a meta fiscal deste ano. São elas:

  • Bloqueio de R$ 42,1 bilhões em gastos públicos
  • Receita extra com o aumento da tributação sobre a folha de pagamento: R$ 4,8 bilhões
  • Receitas extras com relicitação de 4 hidrelétricas: R$ 10,1 bilhões
  • Receita extra com a equiparação da alíquota de IOF de cooperativas de crédito, com a cobrada de bancos: R$ 1,2 bilhão

No ano passado, o rombo fiscal somou R$ 154,2 bilhões, o maior em 20 anos. Em 2015, o déficit fiscal totalizou R$ 115 bilhões. A consequência de as contas públicas registrarem déficits fiscais seguidos é a piora da dívida pública e mais pressões inflacionárias.

Os analistas das instituições financeiras, porém, preveem que a meta fiscal não será cumprida em 2017. Estimativa do mercado feita em janeiro, e divulgada recentemente, aponta para um rombo de R$ 147 bilhões nas contas do governo neste ano, acima da meta fiscal.

Alexandro Martello, G1, Brasília

Os três maiores partidos do país – PT, PSDB e PMDB – terão que devolver aos cofres públicos cerca de R$ 10,3 milhões por supostas irregularidades em despesas realizadas em 2011, decidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na sessão desta quinta, o PT teve suas contas de 2011 desaprovadas: terá de devolver R$ 5,6 milhões e ainda ficará sem receber R$ 7,8 milhões do Fundo Partidário.

O PSDB também teve suas contas de 2011 desaprovadas, terá de devolver R$ 3,9 milhões e deixará de receber R$ 6,6 milhões do Fundo Partidário.

Já o PMDB teve as contas de 2011 aprovadas com ressalvas, e terá de devolver cerca de R$ 762 mil aos cofres públicas, sem suspensão de novos recebimentos do Fundo Partidário.

Ao analisarem as contas, os ministros do TSE verificaram diversos problemas na prestação de contas anual de 2011, referente à aplicação de dinheiro público transferido via Fundo Partidário naquele ano. A análise não leva em conta despesas com campanha nem receitas obtidas de doações privadas.

Em todas as decisões, os partidos terão que devolver os valores com recursos próprios.

PT

No caso do PT, a Corte julgou que o partido gastou parte dos recursos com serviços não autorizados pela lei, como pagamento de empréstimos junto ao Banco Rural e ao BMG – negócios considerados simulados no julgamento do mensalão.

Além disso, o partido teria transferido recursos para diretórios regionais impedidos de receber a verba e pagado servidoras públicas por serviços não comprovados.

No processo, a defesa do partido argumentou que essas despesas não eram consideradas irregulares à época.

PSDB

As contas do PSDB, por sua vez, foram desaprovadas de forma monocrática no último dia 11, pelo ministro Henrique Neves, que já deixou a Corte.

Ele considerou irregulares, por exemplo, despesas com passagens aéreas sem comprovantes dos bilhetes emitidos, despesas com diretórios estaduais sem vinculação com atividade partidária, não comprovação de gastos com hospedagem.

Em sua defesa, o partido apresentou diversos documentos que comprovariam a regularidade das despesas.

PMDB

O PMDB teve as contas aprovadas com ressalvas pelo fato de que as irregularidades somaram valor menor que 10% do que foi recebido em 2011.

Mesmo assim, foi punido por fretar aviões para viagens sem relação com a atividade partidária, não comprovar gastos com passagens aéreas e contratação de advogado para defender um filiado preso.

A defesa do partido disse que vai recorrer, sob o argumento de que as despesas não eram consideradas irregulares à época.

Renan Ramalho, G1, Brasília

A Prefeitura Municipal de Currais Novos realizará no dia 04 de maio a partir das 7h30 no auditório da Escola Municipal “Professor Humberto Gama”, a primeira audiência pública para a elaboração do “Plano Municipal de Saneamento Básico”, documento que deverá ser elaborado com as metas e estratégias para a política municipal de saneamento e que será enviada à FUNASA até dezembro com o intuito de obtenção de recursos para obras neste setor.

A colaboração e participação da população curraisnovense na elaboração do “Plano Municipal de Saneamento Básico” é de extrema importância para o município, pois os cidadãos terão a oportunidade de colaborarem com ideias para a melhoria no saneamento, saúde e meio ambiente.

O Governo do RN inicia o pagamento da folha de abril nesta sexta-feira (28), quando deposita os vencimentos dos 23.554 servidores ativos da Educação e da administração Indireta que possuem recursos próprios, soma equivalente a R$ 51,4 milhões.  

O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos. 

Conforme determinação do Gabinete Civil do Governo do RN, o expediente nas Centrais do Cidadão ocorrerá normalmente nesta sexta-feira (28), a exemplo das demais repartições públicas da Administração Direta e Indireta do Estado.

A senadora Fátima Bezerra defendeu, nesta quinta-feira, 27, na audiência pública da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), que debateu a situação das rádios comunitárias no Brasil, a democratização dos meios de comunicação. “ Infelizmente, a mídia monopolizada mostra apenas um lado do fato. Isto é um crime! A Constituição garante que a mídia tem que zelar pelo princípio da pluralidade, mas não temos isto. É inaceitável você ver o controle da mídia nas mãos de 4 a 5 famílias. Espero que possamos trazer a democracia de volta e com ela possamos agilizar a democratização dos meios de comunicação”, afirmou a senadora.

Fátima afirmou ainda que as rádios comunitárias têm um papel estratégico no país. “A rádio comunitária dar voz às pessoas e àpopulação. Sobretudo, num país onde temos uma mídia monopolizada a serviço do grande capital. Elas garantem o acesso à informação com seriedade, pluralidade e responsabilidade”, defendeu.

A parlamentar também destacou as reivindicações das rádios comunitárias. Entre elas, estão a liberação de um canal de radiodifusão comunitária por município, o aumento da potência das rádios, a agilidade nos processos de renovação de outorgas e o acesso a verbas publicitárias governamentais.

A Prefeitura Municipal de Currais Novos paga nesta sexta-feira (28) a partir das 13h, o salário dos servidores municipais referentes ao mês de abril, totalizando R$ 2.713.701,04 (Dois milhões, setecentos e treze mil, setecentos e um reais, e quatro centavos). O valor total da folha teve um aumento real em relação à março devido o pagamento do reajuste de 5% no salário dos professores.

STIGMA

IMG_2608 foto AssecomSape

A 20ª ExpoPotengi, encerrada no último domingo (23) em São Paulo do Potengi, movimentou quase R$ 2 milhões no município e região. Só em financiamentos para comercialização de animais foi registrado R$ 1,2 milhão, oferecidos pela Agência de Fomento do RN (AGN). Em torno de 20 mil pessoas passaram pelo Centro de Eventos Agropecuários nos três dias de exposição.

Mais de 1.550 bovinos, caprinos e ovinos participaram do evento, que contou com criadores do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Ceará e Piauí. “O evento foi um grande sucesso e marcou a abertura do Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias, que irá passar por nove cidades este ano. É uma maneira muito eficiente de fomentar a economia do interior do Estado e gerar renda nesses municípios participantes e no entorno”, destacou o secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha.

Somente a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) financiou R$ 1,2 milhão em 70 projetos para aquisição de animais. Banco do Nordeste e Banco do Brasil ainda estão contabilizando sua participação, o que pode deixar a movimentação de financiamentos em mais de R$ 1,5 milhão nos três dias de evento. O comércio direto de animais, venda de produtos e artesanato, máquinas agrícolas, ingressos para os shows, alimentos e bebidas também contribuíram para incrementar a renda do evento.

Copa Boer

A 1ª Copa Nacional Boer foi um dos pontos altos da ExpoPotengi e reuniu cerca de 300 animais participantes, vindos dos melhores criadores do país. O pecuarista de Caicó Inácio Josival dos Santos, criador de caprinos Boer desde 2002, foi um dos que concorreram na Copa. Dono de animais que já foram campeões nacional, nordestino e reservado, o plantel composto por 30 caprinos concorreu com outros exemplares de várias partes do país.

Os Boer criados por Inácio tiveram seus embriões importados da Austrália e cruzados com outros embriões sul-africanos. Segundo o pecuarista, o investimento é alto para criar esse tipo de caprino. “Cada animal desse custou R$ 18 mil de investimento só para chegar na minha fazenda. Hoje para vender, eles valem em torno de R$ 20 mil”, conta.

IMG_2564 foto AssecomSape

Para Dorgival Júnior, pecuarista de Ouro Branco/RN e criador de Boer há 18 anos, o RN mostrou sua força e potencial da raça, levando seus animais a serem considerados os maiores da raça em todo o Brasil nos dois últimos anos. Isso o credenciou a sediar a 1ª Copa Nacional Boer. “São animais com dupla aptidão, para o corte e para o leite. Além de uma alta capacidade de digestibilidade”, destaca.

Edital

O Governo Cidadão/Banco Mundial participou da ExpoPotengi com toda infraestrutura que possibilitou a comercialização dos produtos da agricultura familiar da região. Na ocasião, foi divulgado o Edital de Leites e Derivados, aberto até 31 de maio, e que tem como objetivo a estruturação desta cadeia produtiva através do fortalecimento da produção primária, melhoria do processo de beneficiamento e comercialização dos produtos. Os recursos disponíveis são de R$ 23 milhões para beneficiar em torno de 20 associações.

starconect

assemblleia convocados“O trabalho do legislativo será perpetuado pelos concursados”, essa foi a primeira declaração do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), após cumprir o compromisso de concluir a convocação de todos os aprovados no primeiro concurso público da história da Assembleia, até este mês de abril. O ato, aprovado pela Mesa Diretora, foi publicado no Boletim Legislativo desta quarta-feira (26) e torna oficial a totalização do chamamento dos 85 novos servidores que serão incorporados a todos os setores da instituição. A posse, de cada candidato, ocorre até 30 dias após a consolidação dos atos formais.

“No início do ano, nós anunciamos que convocaríamos até o mês de abril todos os aprovados no concurso público promovido pela Assembleia. Com esse ato, estamos cumprindo a nossa palavra, que só foi possível através das medidas de economicidade, controle de gastos, deixando o parlamento estadual abaixo do Limite Prudencial”, afirma Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa.

Os últimos convocados são de diversas áreas, analistas legislativos, técnicos legislativos, técnico de hardware, psicólogos, bibliotecário, jornalista e engenheiro civil. “A partir de agora, todos os setores da Assembleia tem servidores concursados. Esse é mais um legado que esta gestão irá deixar para a história do Poder Legislativo do Rio Grande do Norte”, disse Augusto Carlos Viveiros, secretário geral da Assembleia Legislativa.

A lista com os nomes dos convocados, assim como as demais informações sobre os atos de posse estão disponíveis no Boletim Legislativo de nº 73, de 26/04/2017, nohttp://www.al.rn.gov.br .

Concurso
O concurso foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Mais de 28 mil pessoas concorreram a uma vaga no primeiro certame público da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. As provas foram aplicadas em 22 instituições de ensino, distribuídas pelas quatro regiões da capital do Estado.

Os candidatos disputaram 85 vagas distribuídas em 15 cargos. São eles: o de analista legislativo, arquitetura, analista de sistema, biblioteconomia, enfermagem, engenharia civil, jornalismo, medicina e psicologia. Além do cargo de técnico legislativo, os outros cargos de nível médio são operador de som, programador, taquigrafia e técnico em hardware. O cargo mais concorrido foi o de técnico do controle interno.

assembleia

fatima

Durante o encontro da bancada do PT com os povos indígenas, a senadora Fátima Bezerra reforçou, nesta quarta-feira, 26, que é preciso muita luta para barrar as propostas que tragam retrocessos para os brasileiros, a exemplo do que acontece com os povos indígenas. Entre as propostas destacadas pela parlamentar estão a PEC 215 (demarcação das terras indígenas), a reforma trabalhista e a reforma da previdência.

“Nós temos consciência da importância dos povos indígenas e estamos juntos para barrar os retrocessos e zelar pela cidadania das comunidades. Os povos indígenas precisam de mais assistência, saúde, educação e sustentabilidade dos territórios”, afirmou. “Este Congresso não tem autoridade moral e nem política para aprovar leis que ferem a cidadania do povo brasileiro”, completou.

A senadora ainda criticou o decreto que extinguiu unidades da Fundação Nacional do Índio (Funai) no país. “No meu estado as comunidades indígenas repudiaram essa medida autoritária do governo, que numa canetada fechou várias unidades da Funai. O meu estado tinha apenas uma única unidade e agora, depois de muita pressão, o governo disse está revendo a decisão”, lembrou.

SERTÃO SERIDÓ

nelter - joão gilbertoOs constantes assaltos e assassinatos no município de Caicó têm preocupado o deputado Nélter Queiroz (PMDB). O parlamentar fez um apelo no plenário da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (26) para que o policiamento seja reforçado e sugeriu medidas para melhorias na Segurança Pública do Rio Grande do Norte.

“Caicó, uma cidade pacata e de gente de bem, não merece estar passando por isso. Só ontem foram três assaltos a residências, a droga está tomando conta da cidade. O governador tem atendido como pode, a secretária de segurança, o comandante geral também, mas temos que vencer essa guerra. O povo está com medo, tem prejudicado até a economia”, conta o deputado.

O parlamentar apontou sugestões que podem combater a criminalidade, como a contratação de vigilantes armados, utilização de militares do Exército e destacou a necessidade urgente da realização de concurso público. “Essa situação se deve, principalmente, a falta de pessoal. O RN precisa de pelo menos mais 1.200 homens”, defendeu o deputado, que ainda responsabilizou o governo passado por não ter contratado nenhum policial militar, nem ter realizado concurso.

Outro ponto abordado por Nélter Queiroz foi sobre a ausência de penalidades jurídicas dos criminosos. “Tem bandido que é preso, logo depois é solto e preso de novo. A Justiça precisa ser mais rígida com quem comete um crime”, afirmou. O parlamentar defendeu a união da sociedade civil, igreja, políticos, na luta contra a insegurança.

Radio Nova Era

O Secretário de Estado da Saúde Pública, George Antunes, tomou posse, nesta terça-feira (25), em Brasília, como titular da Comissão Fiscal da gestão 2017/2018 do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS).

A nova diretoria foi eleita no dia 29 de março, quando o secretário de saúde do Paraná, Michele Caputo Neto, foi escolhido presidente do Conselho.

Compõem a Comissão Fiscal, juntamente com o secretário George Antunes, os secretários do Ceará, Henrique Jorge Javi de Sousa e da Paraíba, Claudia Luciana de Sousa Mascenas Veras.

O CONASS foi criado em 3 de fevereiro de 1982 e tem sede em Brasília, Distrito Federal. Sua missão é promover a articulação e a representação política da gestão estadual do SUS, proporcionando apoio técnico às Secretarias Estaduais de Saúde, coletiva e individualmente, de acordo com as suas necessidades, por meio da disseminação de informações, produção e difusão de conhecimento, inovação e incentivo à troca de experiências e de boas práticas.

Veja a composição completa da diretoria eleita.

Diretoria CONASS – Gestão 2017/2018

Presidente

Michele Caputo Neto – SES/PR

Vice-presidentes       

Região Norte: Vitor Manoel Jesus Mateus – SES/PA

Região Nordeste: José Iran Costa Júnior – SES/PE

Região Sudeste: Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior – SES/RJ

Região Sul: João Gabbardo dos Reis – SES/RS

Região Centro Oeste: Humberto Lucena Pereira Fonseca – SES/DF

Comissão Fiscal – Titulares

Claudia Luciana de Sousa Mascenas Veras – SES/PB

Henrique Jorge Javi de Sousa – SES/CE

George Antunes de Oliveira – SES/RN

Comissão Fiscal – Suplentes

Marcus Esner Musafir – SES/TO

Christian Reis Teixeira – SES/AL

Carlos Eduardo de Oliveira Lula – SES/MA

Representante do CONASS na HEMOBRAS

Henrique Jorge Javi de Sousa – SES/CE

 Representante do CONASS na Agência Nacional de Saúde Suplementar

Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior – SES/RJ

René Santos – CONASS (suplente)

Representantes do CONASS no Conselho Consultivo da ANVISA

Humberto Lucena Pereira Fonseca – SES/DF

Viviane Rocha de Luiz – CONASS (suplente)

Secretário Executivo

Jurandi Frutuoso

Piano novo

Os novos membros do Conselho Municipal de Cultura de Currais Novos foram empossados na manhã desta quarta-feira (26) em solenidade no Salão Nobre do “Palácio Raul Macedo”, cerimônia que contou com a presença do Prefeito Odon Jr; do Presidente da Fundação Cultural “José Bezerra Gomes”, Ronaldo Gomes; vereadores Tércia Leda e Ezequiel; secretários municipais, e representantes dos movimentos e grupos culturais do município.

De autoria do Prefeito Odon Jr quando exerceu o mandato de vereador, a Lei Municipal 2.034 de 24 de abril de 2012 criou o “Conselho Municipal de Cultura”, que é um órgão deliberativo, consultivo e fiscalizador das ações culturais do município e é vinculado à Fundação Cultural “José Bezerra Gomes”. Para o Presidente da FCJBG, o conselho é muito importante para o fortalecimento e democratização da cultura curraisnovense. “Com o Conselho e nosso trabalho à frente da Fundação, iremos nos esforçar para cada vez mais democratizar a cultura e os bens culturais em nosso município”, disse Ronaldo. De acordo com o Prefeito Odon Jr, sua gestão tem uma perspectiva ampla de valorização da cultura. “Temos que ter uma política cultural que fortaleça a cultura de base valorizando nossos artistas e eventos, assim como criarmos um Sistema Municipal de Cultura que fortaleça estas ações”, comentou Odon Jr.

Os membros titulares do Conselho Municipal de Cultura são: Tércia Lêda (Representante da Câmara Municipal), Edineide Pinheiro (Representante da instituição de Ensino Superior Público), Max Rosan (Representante da instituição de Ensino Superior Privado), Adriano Nunes (Representante do Teatro), João Antônio (Representante das Artes Visuais), Luciana Carvalho (Representante da Literatura), Francinaldo Moura (Representante da Música), Silérgia Cristina Rodrigues (Representante da Dança), Leonor Assunção (Representante da Cultura Popular), Maria das Vitórias Freire (Representante dos Artistas Locais Informais), Ronaldo Gomes (Representante da Fundação Cultural José Bezerra Gomes), Dilson Gonçalves (Representante da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo), Andréia Silva (Representante da Secretaria Municipal de Educação), e Lourdes Silva (Representante da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento). Após a posse os conselheiros elegeram a diretoria, que terá como Presidente a Professora Edineide Pinheiro, Vice-Presidente Leonor Guimarães, e Ronaldo Gomes como secretário.

maré mansa

SONY DSC

Após a instalação de postes de iluminação no trecho que dá acesso ao bairro Walfredo Galvão (IPE) e ao Ceres Currais Novos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, a Prefeitura Municipal de Currais Novos em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) concluiu no início desta semana a instalação de nova iluminação no trecho entre o Parque de Exposições e o Instituto, melhorando a visibilidade para veículos e população que trafega pelo local. O Prefeito Odon Jr, o Secretário Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SEMOSU), Lucas Galvão, e o secretário do Gabinete Municipal, Francisco Medeiros, estiveram no local na noite desta terça-feira (25) e avaliaram o serviço como de grande importância para os que transitam por aquela localidade.

De acordo com o Secretário Lucas Galvão foram instaladas 16 novas lâmpadas de 400 watts, ou “luz branca”. “Além das luzes instaladas em parceria com o IFRN, também colocamos ‘gelo-baiano’ para inibir a passagem de veículos em um trecho onde os alunos e população caminham, atendendo assim uma reinvindicação do Instituto”, disse o secretário da SEMOSU.

Kalanago abril

asssmbleiaO presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), se reuniu nesta quarta-feira (26) com os dirigentes do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), Gilberto Jales e Tarcísio Costa, presidente e vice do órgão, respectivamente. A agenda dos conselheiros na Casa foi pautada pela entrega do Relatório Trimestral de Atividades do TCE/RN ao Legislativo Estadual e a assinatura de convênio de cooperação com a Fundação Djalma Marinho.

De posse do Relatório de Atividades, o presidente Ezequiel Ferreira enalteceu a entrega do documento e se comprometeu em repassar cópias aos demais parlamentares da Assembleia. “Trata-se de um importante documento que condensa os resultados das ações de controle realizadas pelo Tribunal de Contas”, disse Ezequiel Ferreira.

O presidente do TCE reforçou o cumprimento de dispositivo constitucional que estabelece o envio do Relatório de Atividades à Assembleia Legislativa. “O Relatório congrega os números da atuação do Tribunal para o período de janeiro à março de 2017 e cumpre com o que determina a legislação”, explicou Gilberto Jales.

Durante a reunião também foi firmado um convênio de cooperação entre a Fundação Djalma Marinho, instituição ligada ao Legislativo Estadual, e o Tribunal de Contas do Estado visando a exibição do programa ‘Com a palavra TCE’ na grade da TV Assembleia.

Na oportunidade, o presidente da Casa reforçou a importância da colaboração entre os órgãos. “É uma parceria que visa informar cada vez mais a população do Rio Grande do Norte”, declarou Ezequiel.

Presente na reunião, o diretor-geral da Fundação Djalma Marinho, Júlio César Queiroz, declarou que as parcerias entre a Assembleia Legislativa e demais instituições, “fazem parte da política de fortalecimento e aprimoramento da programação da TV Assembleia”. O dirigente disse ainda que o Legislativo vem trabalhando para ampliar o sinal da emissora. “A meta é atingir mais de 80% da população potiguar”, concluiu Júlio Queiroz.

O encontro contou ainda com as presenças do deputado Vivaldo Costa (PROS) e do secretário geral da Assembleia Legislativa, Augusto Carlos Viveiros.

assembleia

Leia o Jornal Impresso