Conforme comunicado da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/RN), órgão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a emissão de carteiras de trabalho estará suspensa temporariamente a partir da próxima segunda-feira (02) em 13 estados, incluindo o Rio Grande do Norte.

Segundo o comunicado, em função da implantação na nova versão do Sistema CTPS (versão 3.0) em 13 estados, será necessário suspender a emissão de carteira de trabalho a partir da próxima semana com previsão de retorno em 16/05/16. Desta maneira, o serviço deverá ser suspenso tanto nas Centrais do Cidadão, quanto nas Prefeituras e Sindicatos que fazem o serviço.

starnet

o-ministro-luiz-fux-que-deu-o-voto-de-minerva-para-adiar-a-aplicacao-da-_1

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luiz Fux decidiu nesta quinta-feira aprovar com ressalvas as contas eleitorais do Diretório Nacional do PT referentes à campanha de 2010. Apesar da aprovação, o ministro determinou que o partido devolva aos cofres públicos 7 milhões de reais por irregularidades.

Entre os problemas encontrados pela equipe técnica do TSE, está o pagamento de uma dívida de 1,3 milhão de reais com o extinto Banco Rural utilizando recursos do Fundo Partidário. Os empréstimos envolvendo o banco foram considerados fictícios no julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2012.

Fux citou uma decisão do ministro Gilmar Mendes em outro processo de prestação de contas para concluir que seria impossível não levar em conta a decisão do STF. “Desconsiderar o que afirmado pelo STF faria do processo de prestação de contas uma espécie de ação rescisória indireta da decisão do Órgão Supremo, porque seria o mesmo que assentar a licitude de um negócio jurídico já julgado como ilícito, sendo, inclusive, fundamento para condenações penais”, afirmou. A defesa do PT vai recorrer da decisão.

Sertão Seridó

A Diretora-Presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Rio Grande do Norte – ARSEP, a engenheira Kátia Pinto recebeu para uma reunião, o prefeito do município de Lagoa Nova, João Maria Assunção. O objetivo do encontro foi apresentar a Agência ao gestor e discutir a assinatura de um convênio de cooperação entre a prefeitura e esta Agência.

Desde 2015, a ARSEP trabalha com o intuito de firmar parcerias com os municípios para fiscalizar e regular a prestação dos serviços de saneamento básico no estado, essa demanda é atendida atualmente, em sua maioria, pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN, e pelos órgãos de Serviços Autônomos de Fornecimento de Água e Esgoto – (SAAEs), que são, gerenciados pelos próprios municípios.

Para garantir, que a relação entre prestadores e consumidores ocorra de maneira harmônica, a Lei Federal N° 11.445, de 2007, estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento e também determina que seja delegado a um órgão independente, a mediação dessa relação de consumo.

Durante a reunião, a Diretora – Presidente da ARSEP explicou os benefícios da fiscalização e todos os investimentos feitos pela instituição para realizar junto aos municípios esse trabalho. A gestora lembrou ainda, sobre a equipe técnica disponível na ARSEP para auxiliar as prefeituras. Segundo o prefeito de Lagoa Nova, os municípios vivem um período difícil, em razão da estiagem e do baixo nível dos reservatórios, o que torna a necessidade de fiscalização e regulação necessária e urgente. O gestor comentou ainda, sobre as dificuldades em resolver questões simples, como o valor da tarifa sem a existência de um órgão fiscalizador.

Ao final da reunião foi entregue ao prefeito uma minuta do convênio entre a ARSEP e a prefeitura municipal de Lagoa Nova. A análise do documento deverá acontecer nos próximos dias e ser discutida em uma nova reunião, ainda não definida pelos dois gestores.

PIANO-PEÇAS-E-SERVIÇOS1

O governador Robinson Faria definiu os nomes da médica Eulália de Albuquerque Alves e da professora Cláudia Santa Rosa para as secretarias da Saúde Pública (Sesap) e da Educação e da Cultura (Seec), respectivamente. A solenidade de posse das novas titulares acontecerá na terça-feira (3), às 10h, na Governadoria.

“A nova secretária de Saúde, Dra. Eulália, chega ao governo com a experiência de 21 anos de dedicação à rede estadual de Saúde, é uma pessoa determinada no que faz e estou confiante em seu perfil e no trabalho que realizará para o cumprimento das metas do nosso governo na Saúde. A professora Cláudia, doutora em Educação, é uma educadora respeitada, de credibilidade, que vem se dedicando à construção de uma nova educação pública. Estou certo de que vão somar ao nosso governo, com  foco no cumprimento dos nossos projetos para as duas áreas essenciais”, declarou o governador.

Cláudia Santa Rosa é doutora em Educação e coordena ações desenvolvidas junto a escolas públicas estaduais e municipais, especialmente de Natal e de Parnamirim, por meio da organização não governamental Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE). A educadora, pós-graduada em piscopedagogia, ainda coordena o projeto “Observatório da Educação do Rio Grande do Norte”.

A especialista em Ortopedia e Traumatologia Eulália Alves tem larga experiência na Saúde Pública. Atualmente exercia o cargo de diretora técnica do Hospital Deoclécio Marques. Antes disso, foi chefe do setor de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, por 14 anos, e da Promater, durante 10 anos.

CURRÍCULOS:

Cláudia Santa Rosa

Cláudia Sueli Rodrigues Santa Rosa, 45 anos, ingressou no magistério da rede estadual do Rio Grande do Norte, em 1990. É pós-graduada em Psicopedagogia pela UFRN (1999), possui mestrado em Educação pela mesma Universidade (2004) e conquistou o título de Doutora em Educação, em 2008, também pela UFRN, com estágio na Universidade do Porto (Portugal) e pesquisa na revolucionária Escola da Ponte.

Cláudia Santa Rosa é diretora executiva do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), organização não governamental fundada por ela e outros educadores potiguares. Por meio do IDE, desde 2004, coordena ações desenvolvidas junto a escolas públicas. Ela também coordena o projeto “Observatório da Educação do Rio Grande do Norte”, atualmente é assessora técnica da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Natal, é associada fundadora da organização responsável pelo “Movimento por um Brasil Literário” e é membro do Conselho Diretivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL).

Eulália de Albuquerque Alves

Dra. Eulália de Albuquerque Alves, 49 anos, formou-se em medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte em 1991, com especialização em Ortopedia e Traumatologia. Fez residência no Itorn, e tem especialidade em membro inferior, pé e tornozelo, pelo HC de São Paulo. Compôs o corpo de professores da residência em Ortopedia do Itorn. É médica perita, prestando serviços ao Judiciário. Foi chefe do setor de ortopedia e traumatologia do Hospital Walfredo Gurgel, maior unidade hospitalar do Estado, durante 14 anos e também fundou e dirigiu por 10 anos o serviço de ortopedia e traumatologia do Hospital Promater. É membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia, da Sociedade Cirúrgica Brasileira de Pé e Tornozelo e do Comitê Internacional de Pé e Tornozelo. Atualmente, exercia o cargo de diretora técnica no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim.

Em virtude da precarização dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) potiguar, membros da diretoria e equipe técnica do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN) participaram nesta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa (AL), de encontro com o presidente da comissão de saúde da Casa, o deputado Álvaro Dias (PMDB).

A comitiva formada pela presidente, Debora Costa; pela vice-presidente, Maria Eliza Garcia; pelo secretário geral, Jalmir Simões; pelo diretor financeiro, Kleber Lomonte; pelo secretário de Parnamirim, Henrique Costa; pelas assessoras técnicas, Solane Costa e Terezinha Rego; e pelo secretário executivo, Sueldo Queiroz; apresentou ao deputado alguns dados referentes ao subfinanciamento do SUS no RN, e como esta questão afeta diretamente à população, em virtude da piora da prestação de serviços em estruturas importantes como: SAMU, Hospitais Regionais, Hospitais de Pequeno Porte (HPP) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), dentre outros.

Outra demanda apresentada pelo Cosems a Álvaro Dias foi quanto à convocação de uma audiência pública para tratar sobre o desenvolvimento de ações, sobretudo, no que tange as responsabilidades inerentes ao Governo do Estado para com o cofinanciamento do SUS nos municípios do RN.

De acordo com a presidente Debora Costa, desde o ano passado que o Cosems-RN tenta, sem sucesso, marcar audiência com o governador Robinson Faria e “que o atual governo foi o único na história recente que não se dispôs em receber o Conselho de Secretarias”. Diante desta afirmativa, o deputado Álvaro Dias firmou o compromisso de logo após realizar a audiência pública com a presença de diversos atores que formam o SUS no Estado, tentará viabilizar uma agenda do Cosems junto ao governador Robinson.

KALANGO JORNAL MAIO 

O Diário Oficial do Estado (DOE) publicou na edição desta quarta-feira (27) a alteração da Lei Complementar Estadual nº 308 que concede aposentadoria por invalidez com proventos integrais para pessoas com doenças graves, incuráveis ou contagiosas.

Dentre as doenças estão turberculose ativa, alienação mental, esclerose múltipla, neoplasia maligna, cegueira posterior ao ingresso no serviço público, hanseníase, cardiopatia grave, doença de Parkinson, paralisia irreversível e incapacitante, espondiloartrose anquilosante, nefropatia grave, hepatopatia grave, estados avançados do mal de Paget (osteíte deformante), Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS) e contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada.

Para o governador Robinson Faria a sanção do projeto representa muito não apenas para os servidores que se enquadram na lei como também para as famílias. “Essas doenças trazem grande desconforto a todos que acompanham o sofrimento dos pacientes. A alteração da lei tem como objetivo amenizar o sofrimento e proporcionar mais qualidade de vida”, disse o chefe do Executivo Estadual.

 1 – FERREIRINHA E JOSÉ DANTAS (CRECHE PROFº SALU)

RUA: DO PETRÓLEO S/N

BAIRRO: JOSE BEZERRA

PRÓXIMO A CESTINHA

 

2 – MANOEL SALUSTINO 1 E 2:

RUA: ALCINDO GOMES, N°1196

BAIRRO: MANOEL SALUSTINO

NO PRÉDIO DO ANTIGO CIVE

 

3 – SANTA MARIA GORETE:

RUA: CANDIDO MENDES, N°502

SANTA MARIA GORETE

EM FRENTE AO IVP

 

4 – EXPEDITO ARAÚJO:

RUA: MARIA RUFINO DE ARAÚJO, S/N

BAIRRO: PAIZINHO MARIA

PRÓXIMO AO GINÁSIO

 

5 – JOANINHA PARTEIRA:

RUA: TOMAZ DE ARAÚJO, S/N

BAIRRO: GILBERTO PINHEIRO

PRÓXIMO AO MERCADINHO DE GENIVAL

 

6 – MARIA DAS DORES:

RUA: SEGUNDO LOPES, S/N

SANTA MARIA GORETE

PRÓXIMO A RODOVIÁRIA

7 – JOSÉ VILANI

RUA MARIANO GUIMARÃES, 300

BAIRRO: PARQUE DOURADO

PRÓXIMO A UM SALÃO DE BELEZA

 

8 – JK 1 E 2

RUA DO TOPÁZIO, S/N

BAIRRO JK

PRÓXIMO AO CSU

 

9 – SILVIO BEZERRA DE MELO

R PROF M. TARGINO DE AGRIPINO S/N

BAIRRO SILVIO BEZERRA

PRÓXIMO AO CRAS

 

10 – PARTEIRA CHIQUINHA DE BIU

RUA VER. TOMAZ PINHEIRO, 204

BAIRRO ANTONIO RAFAEL

 

 

11 – RADIR PEREIRA

RUA BEATRIZ DE MELO LULA, 174

BAIRRO RADIR PEREIRA

 

12 – PRONTO ATENDIMENTO (POLICLÍNICA)

ANTIGA UNIMED

KALANGO MARÇO

assembleia 2

O Governo do Estado vai poder transpor, remanejar ou transferir dotações orçamentárias de uma categoria para outra, de um órgão para outro num percentual de 6%, de acordo com o Projeto de Lei 025/2016 aprovado na reunião desta quarta-feira (27) pela Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF). A mensagem governamental solicitava autorização para um percentual de 10%.
“No nosso relatório reduzimos o percentual solicitado pelo governo para 7% mas na votação o percentual aprovado foi o de 6%, na votação consensual do nosso plenário. Sabemos que o Governo enfrenta uma crise financeira com frustações na arrecadação. O governo tem recursos, mas não podia pagar muitas coisas pela falta de autorização para o remanejamento”, disse o relator da matéria deputado Tomba Farias (PSB).
O deputado George Soares (PR) ia pedir vista do processo para uma melhor análise da matéria, pois não concordou com o percentual dos 7% colocado pelo relator, o que ia atrasar mais ainda a tramitação da matéria.
O líder do Governo, deputado Dison Lisboa (PSD) e os demais deputados integrantes da Comissão decidiram reduzir o percentual para os 6% aprovado, que havia sido acordado em uma reunião administrativa.
Participaram da reunião os deputados José Dias (PSDB), Tomba Farias, Dison Lisboa, Ricardo Motta (PSB) e George Soares.

assembleia

Com o objetivo de atender aos anseios da população de Tangará, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), apresentou uma série de requerimentos que podem ser revertidos em melhorias nas áreas de segurança, infraestrutura e saúde do município localizado na região Trairi.

O deputado solicitou ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, a disponibilidade de uma nova viatura policial e o aumento do efetivo policial, aliado a melhores condições de trabalho para a categoria.

“As estatísticas revelam um aumento significativo de vítimas de todas as práticas criminosas. Chama atenção a zona rural onde o fluxo de drogas é associado a outros crimes de preocupante extensão regional. Esses pleitos são as expectativas e anseios da população em relação à segurança pública. Portanto, com o objetivo de conter a criminalidade que solicito ao Governo do Estado que atenda a essas reivindicações para o município de Tangará”, justificou.

Ezequiel Ferreira ainda apresentou requerimento solicitando reforma geral da rodoviária da cidade. O equipamento é utilizado por uma população de 15.529 mil habitantes (IBGE 2015) e há anos não passa por nenhuma reforma.

“A falta de manutenção na estrutura do prédio mostra rachaduras e aparecimento dos esqueletos das vigas de sustentação onde os ônibus intermunicipais ficam estacionados. Os usuários vem constantemente reclamando da situação que se encontra o prédio”, destacou.

O presidente do Legislativo ainda solicitou uma ambulância para Tangará. O objetivo é oferecer para a população um veículo apropriado para transportar seus enfermos ou acidentados até um hospital ou outro centro com melhores condições hospitalares a saúde fica comprometida.

Clinica dr jodinaldo lucena

Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra - foto defato

O ex-diretor administrativo do Instituto de Desenvolvimento do Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA), Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra, foi condenado a 17 anos e um mês de prisão pelos crimes cometidos contra o patrimônio público. Ele é apontado como líder do esquema criminoso que desviou pelo menos R$ 19 milhões dos cofres do Idema, descoberto pela operação Candeeiro, detonada no final de 2015 pelo Ministério Público Estadual (MPRN).

A sentença é assinada pelo juiz Guilherme Newton do Monte Pinto, titular da 6ª Vara Criminal de Natal. Outros 11 réus da operação Candeeiro também foram condenados.

Além dos mais de 17 anos de prisão, em regime fechado, o ex-diretor do Idema terá que devolver os cores públicos com R$ 13,7 milhões.

O ex-diretor financeiro da autarquia estadual, Clebson José Bezerril, também foi condenado à prisão. Ele pegou nove anos e cinco meses, em regime fechado. Porém, como está em liberdade, ele poderá recorrer da decisão de primeiro grau. Outros 11 réus igualmente condenados à prisão, também poderão recorrer em liberdade.

Gutson Johnson também pode recorrer ao Tribunal de Justiça (TJRN), porém, ele continuará preso.

DAMA DE ESPADAS

Gutson é filho da ex-procuradora geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte Rita das Mercês, que foi presa em outra operação do Ministério Público Estadual.

A operação Dama de Espadas desmantelou esquema criminoso na ALRN comandada por Ritinha, como é mais conhecida. Ela, porém, passou poucos dias na prisão, sendo liberada por habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça do Estado.

Esse caso envolve autoridades de alto escalão, por isso, já chegou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, porém, as investigações foram emperradas.

starnet

Cláudia Queiroz_defensora pública_Erick Dias_Ascom_DPE

Com base na Lei 13.271, publicada pela Presidência da República no último dia 15, a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN) editou Recomendação à Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc) que determine a proibição da realização de revistas íntimas em todas as unidades prisionais do Estado.

De acordo com a legislação federal, as empresas privadas, os órgãos e entidades da administração pública, direta e indireta, estão proibidos de adotar qualquer prática de revista íntima de suas funcionárias e de clientes do sexo feminino, estabelecendo multa de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) por cada descumprimento. Ainda dentro da Lei 13.271, seu artigo 3º, que autorizava a aplicação de revista íntima em presídios, acabou sendo vetado, mantendo a proibição desse tipo de atividade.

A defensora pública Cláudia Carvalho Queiroz, do Núcleo de Tutelas Coletivas da DPE-RN, que editou a Recomendação, destacou ainda que além da norma federal, uma Lei Estadual – Lei 8.370 de 2003 – também proíbe a realização desse tipo revista em familiares de presos nas unidades prisionais do Rio Grande do Norte. Ela salientou que a eficácia desse tipo de ação é amplamente questionável, como aponta uma pesquisa da Rede Justiça Criminal, que mostrou que, em São Paulo, a cada 10 mil revistas, em apenas três são apreendidos objetos proibidos.

Essa é a segunda vez que a Defensoria Pública intervém junto ao Estado para tentar, de forma extrajudicial, acabar com as visitas íntimas nas penitenciárias do Sistema Prisional. Em junho de 2015, um Procedimento para Apuração de Dano Coletivo (Padac) foi instaurado. Na ocasião, a Secretaria de Justiça informou que aguardava um processo licitatório do Departamento Penitenciário Nacional (DPEN) para a aquisição de scanners corporais, que seriam doados pelo Governo Federal ao Estado.

No entanto, de acordo com denúncias feitas por parentes de presos, até o momento o procedimento da revista íntima continua a ser aplicado nos presídios do RN. De acordo com a defensora Cláudia Queiroz, caso a Sejuc continue com a prática nas unidades prisionais, uma ação deverá ser ajuizada para obrigar a Secretaria a adquirir e instalar os equipamentos necessários para o efetivo fim das revistas íntimas no RN.

assembleia - foto Eduardo Maia

Corte de 930 cargos comissionados e funções gratificadas, continuidade de medidas de correção de rumos na gestão por meio de Planejamento Estratégico e ações de economicidade na Assembleia Legislativa pautaram o encontro do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), acompanhado de diretores, com uma comissão do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), nesta segunda (25).

O coordenador do MARCCO, Augusto Lima, esteve acompanhado do promotor Eudo Leite e do servidor público aposentado, Carlos José Cavalcanti, integrantes do movimento. “É notório o reordenamento administrativo que o poder legislativo estadual tem tomado na atual legislatura”, destacou Augusto Lima, salientando que os avanços têm que ser constantes e com o acompanhamento da sociedade civil.

“O apoio, acompanhamento e o reconhecimento de instituições da sociedade civil do trabalho da atual Mesa Diretora para fazer surgir uma nova Assembleia, com austeridade nos gastos, redução de despesas e mais transparência, é de fundamental importância”, destacou Ezequiel Ferreira que durante o encontro esteve acompanhado dos auxiliares: Augusto Carlos Viveiros, secretário geral, Dulcinéa Brandão, secretária administrativa e Mário Sérgio Gurgel, secretário de informática.

O MARCCO pontuou a necessidade de ser oficiado sobre o corte de 930 cargos comissionados e funções gratificadas, lotação dos servidores, contratação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a formulação da reforma administrativa na Assembleia e sobre a normatização das estruturas de apoio legislativo no interior do Estado para apoio aos deputados. O MARCCO também solicitou a implementação do relatório de atividades acompanhado da frequência dos servidores dos gabinetes.

Durante o encontro os integrantes do MARCCO também dirimiram dúvidas oriundas de redes sociais e site apócrifo sobre exoneração e contratação de comissionados. “Detalhamos as informações, agora oficiais, sobre o que vem sendo feito na Assembleia e se constata uma mudança de rumos na gestão e dentro do colegiado do MARCCO vamos ter condições de acompanhamento das ações”, destacou o promotor Eudo Leite.

Sertão Seridó

Asiáticos chegam para investir no setor imobiliário em Currais Novos - foto R. Alves

Aproximadamente sessenta investidores de Taiwan, Cingapura, Malásia e Indonésia participaram no final da manhã desta quarta-feira (20), no salão nobre da prefeitura de Currais Novos, do pré-lançamento do projeto imobiliário da Ritz-G5. 

Inicialmente, o prefeito Vilton Cunha deu as boas vindas aos visitantes, e fez uma exposição sobre Currais Novos, que polariza uma região composta por vinte municípios. Ele destacou as potencialidades econômicas, como a agricultura, a pecuária, e principalmente a mineração.

Ressaltou também, agradecendo a doação, pela família Toscano, de parte da área onde será edificado o Centro Cultural, da Pedra do Cruzeiro, que fica próximo ao empreendimento imobiliário.

O empreendimento

O diretor comercial da Ritz-G5, Miller Reis fez uma ampla exposição sobre o empreendimento de 83 hectares, onde serão construídos condomínios fechados, casas, apartamentos, e no futuro edificações comerciais. Terá 1.360 lotes, mas começará com 361 lotes.

A interiorização dos empreendimentos da Ritz-G5 está começando por Currais Novos, e o lançamento oficial está previsto para 15 de outubro, data em que se comemora o aniversário da cidade.  

Além do vice-prefeito João Gustavo e secretários municipais, prestigiaram o evento, a presidente da câmara, Zefinha Moura, o vereador Eugênio Lins e as vereadoras Celinha Medeiros e Maria Aparecida (Dadá). Também, o presidente do sindicato comércio varejista de Currais Novos, Hélder Araújo, e os gerentes do Banco do Brasil, Luiz Gustavo e do Bradesco, Luciano Saraiva. 

Ainda presentes, a Sra. Nadja Guimarães e os filhos João Abner, Patrícia e Camilo, além do neto, Leonardo Toscano. A Ritz-G5 adquiriu da família, a área onde será edificado o empreendimento imobiliário.

PREFEITURA

2014RNcarros401_Doni

A 18ª edição do Rally RN 1500 começa nesta quinta-feira, feriado de 21de abril. Pilotos e navegadores terão pela frente o trecho entre Natal e Gumaré, com um total de 312 quilômetros, sendo 138 de Especial (trecho cronometrado). A largada está marcada para 7h, no Hotel Vila do Mar, na Via Costeira, com chegada na Orla de Guamaré.  Serão cerca de mil quilômetros em quarto etapas, por estradas e trilhas do Rio Grande do Norte, num dos mais queridos eventos off-road do gênero no país.

São 115 participantes entre os principais nomes da modalidade no evento, que é válido pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country  2016 para carros, motos, quadriciclos e UTVs. O 18º Rally RN 1500 é organizado pela KTC Produções, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Com destaque para sua variedade de terrenos, o 18º Rally RN 1500 terá, em sua primeira etapa, muita areia e exigirá bastante atenção na navegação. Após a largada em Natal, serão 123 km de deslocamento inicial até o começo do trecho especial de 138 km, na divisa dos municípios de São Miguel do Gostoso e Pedra Grande. A chegada será próximo do município de Jandaíra, vindo depois mais 51 km de deslocamento final até a Orla de Guamaré.

Alguns dos principais nomes da modalidade confirmaram presença nesta edição. São eles Jean Azevedo, campeão da última edição nas motos, Zé Hélio, que volta à categoria Motos, Ramon Sacilotti e Moara Sacilotti;  Bruno Sperancini, Riamburgo Ximenes, Deco Muniz; Reinaldo Varela, Gustvo Gugelmin, Marcos Moraes, Fabio Pedroso, Marcos Baumgart, Kleber Cincea, Luiz Facco, Humberto Ribeiro, Fabricio Bianchini, Caio Ribeiro, entre outros.

A história do Rally RN 1500 começou em 1994. De lá para cá, o evento se tornou uma das referências no segmento, exigindo habilidade de pilotos e navegadores para superar os desafios propostos pela variedade de terrenos ao longo do percurso. Areia, sertão, pedras, dunas, praias e serras fazem parte de uma dos mais competitivos roteiros do calendário. A cada dia, os participantes são colocados à prova, em especiais dignas das grandes competições internacionais.

Programação

20/04 (quarta-feira)
9h30 às 17h – Vistorias técnicas e administrativas
19h – Briefing
20h – Largada promocional

21/04 (quinta-feira)
7h – 1ª etapa Natal – Guamaré – 138 km de especial
19h – Briefing

22/04 (sexta-feira)
8h – 2ª etapa Guamaré – Currais Novos – 164 km especial
19h – Briefing

23/04 (sábado)
11h – 3ª etapa Currais Novos – Currais Novos  – 111 km de especial
19h – Briefing

24/04 (domingo)
7h – 4ª etapa Currais Novos – Natal – 105 km de especial
14h30 – evento de chegada
16h30 – Divulgação de resultados
17h00 – Entrega de prêmios e encerramento

Resultado da 17ª edição (acumulado após quatro etapas):

Geral
1) Jean Azevedo (SPD/SP), 6h21min59seg
2) Ike Klaumann (SPD/SC), 6h22min34seg
3) Ricardo Martins (PDA/SC), 6h29min53seg
4) Julio Zavatti “Bissinho”(PDA/SP), 6h35min14seg
5) Nielsen Bueno (SPD/MG), 6h35min31seg
6) Álvaro Almeida (PDA/GO), 6h46min24seg
7) Guto Klaumann (PDA/SC), 6h48min30seg
8) Fabricio Bianchini (PDA/SP), 6h50min34seg
9)  Marcelo Medeiros (QDA/MA), 6h50min37seg
10) José de Deus Barbosa Neto (PDA/RN), 7h04min21seg

Super Production
1) Jean Azevedo (SP), 6h21min59seg
2) Ike Klaumann (SC), 6h22min34seg
3) Nielsen Bueno (MG), 6h35min31seg

Production
1) Ricardo Martins (SC), 6h29min53seg
2) Julio Zavatti “Bissinho”(SP), 6h35min14seg
3) Álvaro Almeida (GO), 6h46min24seg

Marathon
1) Décio Moura Neto (PB), 7h27min18seg

2) Danilo Gomes (PE), 7h46min48seg

3) Aroldo Pulze (RN), 7h47min49seg

Over 40
1) Marcones Daniel Cunha (RN), 7h41min10seg
2) Marcos Moares (SP), 8h02min36seg
3) Edson da Silva (RN), 8h23min27seg

Quadriciclos
1) Marcelo Medeiros (MA), 6h50min37seg
2) Francinei Costa (CE), 7h12min47seg
3) Rafael Mota (RN), 7h21min06seg

UTVs
1) Luiz Facco/Humberto Ribeiro (SP), 7h16min31seg
2) Bruno Sperancini(MG)/Lourival Roldan (SP), 7h28min06seg
3) Rodrigo  Varela/João Arena (SP), 7h32min38seg

Carros
1) Marcelo Chaves/Dalmo Bergantin (PE), 6h58min41seg
2) Cleber Rosa/Ricardo Chaves (CE), 7h19min43seg
3) Bartolomeu Nunes/José da Costa (PE), 7h22min07seg,

O 18º Rally RN 1500 é uma realização da KTC Produções e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA); Federação Potiguar de Automobilismo (FPA) e Federação de Motociclismo do RN (Femorn). O apoio é do Governo do Rio Grande do Norte, Cam – am, Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte, Prefeitura de Currais Novos, Prefeitura de Guamaré, Sebrae, Prefeitura do Natal, Ale e Ecocil. As parcerias especiais são com a Gestus Soluções em Gestão, Armação Propaganda, Escola Escritório, CHB Crédito, Revista Moto, DirtAction e Webventure.

PIANO-PEÇAS-E-SERVIÇOS1

IMG_20160419_104944706_HDR

O Conselho Municipal de Saúde de Currais Novos se reuniu com o prefeito municipal de Currais Novos, secretária de saúde e residentes, para discutir sobre a falta de insumos para realização de vários procedimentos como, por exemplo, procedimentos odontológicos e ginecológicos. Representantes dos residentes na área de Assistência Social, Odontologia e Enfermagem explanaram acerca de suas angustias por não poderem estar realizando os procedimentos acima citados deixando a população sem cobertura e ainda que a falta de trabalho em suas áreas pode acarretar em mudança de município de todos os residentes. Em resposta, o Prefeito e a Secretária de Saúde falaram sobre a dificuldade que enfrenta na compra destes insumos, citou que tem dinheiro em caixa, mas que as últimas licitações foram desertas e ainda que a burocracia impede a celeridade de todo este processo. O Presidente do Conselho Municipal de Saúde o senhor Francisco Lins requereu um empenho nesta causa tanto do prefeito como também da secretária de saúde do município de Currais Novos para que não perca este apoio dos profissionais residentes. Na continuação da pauta o Senhor Francisco Lins de Oliveira apresentou resolução do Conselho Municipal de saúde que fala da gestão plena, onde a secretária de saúde seria o ordenador de despesas da saúde, baseado na Lei complementar nº 141/2012 e Lei Orgânica da saúde Nº 8.080/1990. Estes documentos foram entregues ao prefeito o senhor José Vilton da Cunha para que tome as medidas cabíveis, onde o mesmo se comprometeu em resolver a questão em pauta.

KALANGO MARÇO

Nesta quarta-feira, 20 de abril, os municípios recebem o segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Mais uma vez, o recurso sofre redução e agrava a crise das cidades. Em termos nominais, sem considerar a inflação do período, a queda do valor desta segunda cota foi de 19,28% em comparação com o mesmo período do ano passado. Se considerada a inflação, a diminuição é ainda maior, e chega a 29,55%.

A queda do repasse agrava a situação financeira dos municípios, que têm cada vez mais dificuldades em realizar obras e até mesmo honrar compromissos. O índice previsto para o repasse também sofreu queda. Neste caso, a redução foi 23,45% – o montante previsto era de R$ 20.046.536,53, mas o valor realizado foi R$ 15.344.945,55.

Além da queda no repasse, 21 municípios do Rio Grande do Norte tiveram o FPM zerado neste segundo decêndio.

MUNICÍPIOS COM O FPM ZERADO NO SEGUNDO DECÊNDIO DE ABRIL/2016:

ALTO DO RODRIGUES

AREIA BRANCA

BARAÚNA

CARNAUBAIS

EXTREMOZ

FELIPE GUERRA

FLORÂNIA

GOV. DIX-SEPT ROSADO

JOÃO CÂMARA

MARTINS

MAXARANGUAPE

NOVA CRUZ

PARNAMIRIM

PAU DOS FERROS

PEDRO VELHO

PENDÊNCIAS

PUREZA

RIO DO FOGO

SÃO JOSÉ DE MIPIBÚ

SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE

TIBAU

Além dos municípios com saldo zerado, as cidades de Carnaúba dos Dantas e Umarizal tiveram saldo de R$ 1.979,31 e R$ 3.512,51, respectivamente, neste decêndio.

dengue

O Rio Grande do Norte ganhou mais um capítulo rumo ao desenvolvimento multissetorial. Na tarde desta terça-feira (19), o governador Robinson Faria anunciou na Governadoria, no Centro Administrativo, o lançamento do Parque Tecnológico. O evento contou as presenças do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, do diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), Manoel Lucas, e de representantes das empresas Alfa Micro e Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), consórcio empresarial que realizou as análises técnicas do projeto.

O Parque tem como objetivo principal promover o desenvolvimento social, científico, econômico, a pesquisa e a inovação tecnológica aplicadas às cadeias produtivas das energias renováveis, da mineração, da pesca oceânica e da aquicultura. Os estudos de viabilidade técnica foram iniciados na semana passada e os resultados desta etapa serão apresentados na primeira semana de maio. O projeto é de responsabilidade da Secretária de Estado do Planejamento e das Finanças e Sedec, com contrato de consultoria assinado em 25 de fevereiro deste ano.

O Parque Tecnológico se configura como um dos principais projetos para o pleno desenvolvimento do RN por meio da realização de pesquisas que gerem produtividade e competitividade às indústrias dos mais variados seguimentos. O investimento é da ordem de R$ 60 milhões.

Sobre a implantação da estrutura, o governador Robinson Faria falou: “O Parque Tecnológico é muito importante porque será parceiro de novas tecnologias para alavancar o setor fundamental  para a nossa economia. O RN nunca tratou ciência e tecnologia com a importância que devia, por isso nós estamos abraçando esse projeto que garantirá mais prosperidade para o nosso estado através da pesquisa também”, disse.

O titular da Sedec ressaltou a importância do Parque para o RN. “Com bons projetos conseguimos grandes interessados em investir no estado. Para isso vamos desenvolver a parte tecnológica para permitir que as empresas consigam ser competitivas no mercado.  Vamos criar um ambiente ideal para trabalhar efetivamente no desenvolvimento, pesquisa, inovação e grande avanço tecnológico”, disse Flávio Azevedo.

25638525063_89aa1ef16e_k

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) disse que a política deve ser um instrumento de defesa das causas de interesse coletivo. Segundo a parlamentar, o debate, no Senado, teve ser feito com racionalidade, equilíbrio, discernimento e, sobretudo, com respeito ao povo brasileiro.

“A política tem de ser, acima de tudo, a arte de realizar sonhos. A política tem de ser, acima de tudo, feita com dignidade, com honradez, pensando nos interesses da coletividade. O que se viu no domingo, na Câmara dos Deputados, foi exatamente o contrário. De repente, é pela família, é pelo meu avô, é pelo meu tio. Com todo respeito, mas, antes de mais nada, política não é instrumento de promoção do interesse pessoal. A política deve ser um instrumento de promoção do bem comum”, ressaltou.

Para a senadora, lutar em defesa da democracia, neste momento, é pedir respeito ao mandato da presidenta Dilma, é pedir o respeito à legalidade democrática. “Nós não vamos aceitar, de maneira nenhuma, governo que não passe pelo crivo das urnas. Eu quero ver aqueles que têm convicção e compromisso com a defesa da democracia provarem que, neste golpe travestido de pedido de impeachment, há fundamentação jurídica que configure crime de responsabilidade direta por parte da presidenta”, declarou.

Fátima ainda elogiou o pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, na tarde de ontem. De acordo com a senadora, aqueles que pensavam que a presidenta Dilma é uma mulher fraca, que renunciaria, pensaram errado. “Dilma está forte e disposta a continuar nesta batalha que, como ela bem lembrou, está apenas começando. Ela jamais abdicaria das suas convicções, da defesa da democracia, da defesa da liberdade. A própria vida dela ilustra muito bem isso que eu estou falando. Dilma foi testada na luta, na maior das adversidades que um ser humano poderia enfrentar, quando, corajosamente, lutou contra a ditadura militar. Foi torturada, e tudo isso pelo amor ao Brasil, tudo isso movida pela da defesa da democracia”, enfatizou a senadora.

Fátima destacou ainda a negativa reação da imprensa internacional, que chegou a taxar a aprovação de abertura de processo de impeachment na Câmara como “tragédia e escândalo”, como publicado pelo jornal inglês The Guardian.

divulgaçao

www.scriptsell.net