Ufersa amplia vagas em Medicina

Posted on set 17, 2014 in Educação

José de Arimatea, reitor da Ufersa -foto Gildo Bento

O número de vagas para o curso de Medicina na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) será ampliado no Campus de Mossoró. A princípio, o Ministério da Educação (MEC) havia autorizada a criação do Centro de Saúde com oferta de 60 vagas para o ingresso em 2016. No entanto, depois de uma articulação do reitor José de Arimatea de Matos, a Universidade foi autorizada a abrir mais 20 vagas para o ingresso de novos graduandos já em 2017.
A decisão por ampliar para 80 o número de vagas em Mossoró foi tomada na última quarta-feira, 10 de setembro, durante a reunião de Pactuação de Implantação do Curso de Medicina nos Campus de Mossoró e Assú que reuniu, em Brasília, a Diretora de Desenvolvimento da Rede de IFES (Institutos Federais de Ensino Superior), Adriana Weska; o Diretor de Desenvolvimento da Educação em Saúde, Vinícius da Rocha; a Coordenadora-geral de RH da Secretaria de Educação Superior do MEC, Dulce Maria Tristão; o Coordenador-geral de Expansão e Gestão da Educação em Saúde, Otoniel Gomes e o reitor José de Arimatea.

Com a conquista de mais vagas, também será ampliado o número de novos servidores para atender a demanda do Centro de Saúde da Ufersa Mossoró. Entre os anos de 2015 a 2017, serão realizados concursos para a efetivação de 80 professores (antes eram 60) e 40 técnicos-administrativos (antes eram 30). “A Pactuação é um ato que afirma o compromisso do Governo Federal com a Universidade”, detalha o reitor.

Agora, a Ufersa passará a contar com 140 vagas de Medicina distribuídas entre dois Centros de Saúde. Além do Campus Central com as 80 vagas – sendo 60 para o ingresso imediato em 2016 e mais 20 para 2017 -, também serão ofertadas outras 60 vagas no novo campus da instituição autorizado para a cidade de Assú, já em 2016.

Infraestrutura
A chegada do curso de Medicina na Ufersa é um sonho cada vez mais real. No começo do mês de agosto, a Universidade concluiu o projeto arquitetônico e paisagístico do Centro de Saúde que será construído em Mossoró e Assú.

Assinado pelos profissionais da Superintendência de Infraestrutura (SIN) da Ufersa, o projeto já prevê a ampliação no número de vagas. E mais: “a estrutura foi planejada para receber não apenas o curso de Medicina, mas também outras graduações na área da Saúde”, antecipa o reitor José de Arimatea.

A médica Andrea Taborda Ribas da Cunha integra a comissão de implantação do curso de Medicina e explica que a estrutura física e pedagógica montada pela Ufersa terá como missão formar profissionais generalistas, mas sobretudo articulados com a rede local de saúde.

PIANO

Evento nacional discutirá direitos de aposentados, pensionistas e idosos

Posted on set 17, 2014 in Acontecimentos

paulo_paim - foto divulgação

A Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Cobap) e a Federação das Associações e Sindicatos dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do RN (Feapi-RN) realizarão o I Encontro Nacional de Federações e Entidades de Base, em Natal, de 18 a 22 deste mês, no Hotel Serhs. O evento, inédito no Estado, debaterá os direitos do idoso, melhorias nas políticas públicas para a categoria e os avanços e lutas do movimento dos aposentados. A abertura oficial do Encontro será sexta-feira (19), às 8h30, no Salão Bossa Nova-Serhs, e contará com a presença do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves (PMDB/RN), do senador Paulo Paim (PT/RS), autor do Projeto de Lei do Senado 91/2010 que institui a desaposentadoria, do vereador George Câmara (PCdoB/RN), entre outras autoridades.

Abrangência

Segundo o presidente do Sindicato dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do RN (Sindap-RN), Silberto Silva, o encontro vai contar com cerca de 600 participantes de todo o Brasil e será uma oportunidade para tratar de temas importantes para os aposentados e pensionistas, além de mobilizar a categoria em prol das lutas.

“O objetivo principal do evento é disponibilizar um espaço para as federações, associações e sindicatos apresentarem as atividades vivenciadas nas suas regiões, mostrando os pontos positivos e negativos, e buscando assim melhorias para os idosos, aposentados e pensionistas”, explica.

Aposentados unidos pela votação do PL 4434/08 e da PEC 555

Na programação do evento estão palestras, oficinas, debates e ainda um ato público que íntegra uma agenda de mobilizações nacionais promovidas pelo Movimento Unificado dos Idosos, Aposentados e Pensionistas do Serviço Público e INSS (Una-se). A manifestação em Natal acontece sexta-feira (19), às 16h, na Av. Salgado Filho com a Rua Prof. Almeida Barreto, em Lagoa Nova.

Os aposentados e pensionistas de todo o Brasil, presentes no evento, vão realizar uma caminhada pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 555/2006 que acaba com a cobrança de contribuição previdenciária sobre os proventos dos servidores públicos aposentados, e do Projeto de Lei 4434/08, que trata sobre a atualização dos valores dos benefícios dos aposentados do setor privado.

Ainda de acordo com o presidente do Sindap-RN, Silberto Silva, a dificuldade nas votações da PEC 555 e do PL 4434 fez com que segurados do Regime Geral da Previdência Social e do funcionalismo público unificassem suas bandeiras de lutas e realizassem mobilizações unificadas por todo o País.

O objetivo é informar e conscientizar a sociedade sobre a necessidade da aprovação das propostas, que beneficiaria os aposentados e também os funcionários da ativa, que também irão se aposentar um dia. Iniciado em Brasília no mês de agosto, o Una-se já realizou manifesto no Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo.

nobrega

 

”Homem bomba” presta depoimento na CPMI da Petrobras nesta quarta

Posted on set 17, 2014 in Acontecimentos

Os deputados e senadores que compõem a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras trabalham com a possibilidade de que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa preste depoimento hoje (17) em sessão fechada. Os parlamentares querem propiciar a Costa a oportunidade de contar à CPMI tudo o que disse ao Ministério Público no acordo de delação premiada que fez com a Justiça.

Se a reunião for aberta e o ex-diretor da Petrobras decidir contar o que sabe sobre os desvios de recursos da companhia, ele pode perder os benefícios da delação, que corre em segredo de Justiça. “Como ele já prestou informações na delação premiada e, ao que me consta, a delação corre em sigilo de Justiça, queremos dar a oportunidade de ele falar na reunião, que deverá ser fechada”, disse hoje o relator da comissão, deputado Marco Maia (PT-RS).

Ainda de acordo com o relator, os assessores da CPMI estão trabalhando no cruzamento dos dados que já estão em posse dos parlamentares para formular as perguntas que serão feitas a Costa. Segundo Marco Maia, a estimativa, até o momento, é que R$ 70 milhões tenham circulado pelas contas do ex-diretor da Petrobras. A maior parte do dinheiro ficou com ele, não sendo repassada a terceiros, o que leva a desacreditar, na opinião do relator, que as pessoas acusadas por ele de fato tenham sido beneficiadas pelo esquema.

“Se analisarmos os dados que estão de posse da CPI, hoje nós podemos afirmar que boa parte dos recursos que circularam pela conta de Paulo Roberto Costa ficou sob seu poder. Grande parte foi desviada para o exterior e permanece sob seu poder”, disse o deputado.

A ideia de fazer uma sessão fechada para incentivar o ex-diretor da Petrobras a detalhar essas transações à CPMI também foi defendida pela oposição. O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PB), disse que a estratégia nem precisa ser votada pelo plenário da CPMI e pode ser tomada de ofício pelo presidente da comissão. “Não podemos criar justificativa para o Paulo Roberto de que não vai falar porque ele poderia ser prejudicado, tendo em vista o processo da delação premiada”, explicou Mendonça.

O presidente da CPMI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), no entanto, já avisou que a sessão começará aberta. De acordo com o senador, se for requisitado por algum parlamentar ou pelo próprio depoente que a sessão ocorra somente com a presença dos membros da comissão, ele colocará a proposta em votação.

Vital admite, entretanto, que Paulo Roberto Costa terá o direito de permanecer calado em qualquer das duas situações. “É um direito que assiste a ele. Nós vamos tentar ao máximo que ele colabore. Nós, inclusive, estaremos com todas as condições necessárias para que ele possa colaborar com a CPMI como está fazendo com a Justiça”, disse o senador, que levantou outras possibilidades, como a de que o ex-diretor aceite falar de detalhes que não prejudiquem seus benefícios na delação premiada.

Vital do Rêgo anunciou ainda que irá solicitar a prorrogação dos trabalhos por mais um mês, tendo em vista que as apurações foram atrasadas por causa do calendário eleitoral.

* Agência Brasil

MIDIA KALANGO AGOSTO

Segundo a Revista Veja Henrique Alves aparece como beneficiário de uma doação de R$ 150 mil

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pré-candidato do PMDB a governador do Rio Grande do Norte, tem negado veementemente que tenha recebido dinheiro de fornecedores da Petrobras.

Segundo reportagem publicada no site da Revista Veja intitulada “Fornecedores da Petrobras sob suspeita financiaram campanha de 121 parlamentares em atividade”, mostra Henrique como beneficiário de uma doação de R$ 150 mil. A empresa seria investigada na operação Lava-Jato, da Polícia Federal

De acordo com a publicação, dos deputados e senadores da atual legislatura, pelo menos 121 receberam dinheiro oficialmente como doação de campanha de empresas investigadas. O levantamento da revista foi feito junto aos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A revista revela que 96 dos parlamentares da Câmara e 25 do Senado estão na lista de beneficiados por repasses feitos por fornecedores da Petrobras sob suspeita. Henrique teria recebido R$ 150 mil durante a última campanha de uma das empresas. O nome dele aparece na lista de beneficiados publicada junto à reportagem.

Os beneficiados pelos grupos suspeitos formam uma bancada multipartidária. E, para especialistas, isso cria riscos para o sucesso de investigações de qualquer CPI no Congresso que pretenda investigar irregularidades na Petrobras.

Starnet

Revista Época revela o elo entre os escândalos do mensalão e da Petrobras

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

época

HUDSON CORREA E RAPHAEL GOMIDE

Os dois períodos de Lula na Presidência foram marcados por crescimento econômico, disseminação de programas sociais – e também por dois grandes escândalos de corrupção. No primeiro mandato, reinou o mensalão. Ele acabou na prisão de seus principais operadores e articuladores, depois de julgados e condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). No segundo mandato – soube-se nos últimos meses, por meio de investigações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) –, floresceu um esquema de pagamento de propina em troca de contratos bilionários com a Petrobras (leia detalhes na reportagem da página 36), esquema que continuou durante o governo de Dilma Rousseff. Neste momento, as autoridades investigam a conexão entre os dois escândalos. Já se sabia que parte da estrutura financeira do mensalão fora usada no esquema da Petrobras. As últimas investigações vão além da questão financeira e se debruçam sobre os personagens comuns aos dois enredos. O ex-deputado federal José Janene (que morreu em 2010), o doleiro Alberto Youssef e o executivo Paulo Roberto Costa aparecem no mensalão e no esquema da Petrobras. Um depoimento dado no dia 22 de julho deste ano – revelado por ÉPOCA em primeira mão e disponível em vídeo em epoca.com.br –, ajuda a detalhar o papel dos atores que participaram dos dois esquemas. O autor do depoimento é o empresário Hermes Freitas Magnus, de 43 anos. Ele reafirma a participação do mensaleiro Janene – deputado do PP que, em troca de apoio político, embolsou R$ 4,1 milhões do mensalão petista – como figura central que liga os dois escândalos. Magnus foi sócio de Janene – e, segundo diz no depoimento, frequentava sua casa e ouvia confidências dele. Segundo Magnus, o esquema da Petrobras “era a extensão do mensalão, um cala-boca para que (Janene) permanecesse quieto”. Janene sempre dizia, segundo o depoimento de Magnus, que poderia “derrubar Lula”, porque sabia do esquema do PT tanto quanto o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado por corrupção (assista ao trecho no vídeo abaixo).

Segundo Magnus, na hierarquia dos dois esquemas, Janene estava acima do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. De acordo com o depoimento de Carlos Alberto Pereira da Costa, advogado de Youssef – revelado com exclusividade na última terça-feira por epoca.com.br –, foi Janene quem apresentou Youssef a Paulo Roberto. O trio operou junto em dois momentos. Youssef ajudou Janene a lavar o dinheiro do mensalão. Ainda no primeiro mandato de Lula, Janene indicou Paulo Roberto à Diretoria de Abastecimento da Petrobras. No segundo mandato de Lula, os três operaram juntos no esquema da Petrobras. Investigações da Operação Lava Jato revelam que Youssef intermediava pagamento de propina na estatal. Por meio de empresas de fachada, Youssef recebia dinheiro de empreiteiras interessadas em assinar contratos com a Petrobras. Usando um emaranhado de depósitos bancários feitos por laranjas, fazia o suborno chegar a Paulo Roberto, o homem que tinha a caneta para fazer as contratações – e, agora preso, começa a entregar os participantes do esquema. Enquanto isso, Janene, por ser guardião dos segredos do PT, ganhava espaço na Petrobras. Ele continuou como deputado apenas no início do segundo governo Lula. Por causa de uma doença no coração, Janene arrancou em 2007 uma aposentadoria por invalidez na Câmara dos Deputados, embora já respondesse à acusação de receber dinheiro do mensalão. Continuou ativo na política, agindo nos bastidores.

O relato que Magnus fez à Justiça Federal revela o grau de influência dele na Petrobras. “Lá, mando eu”, costumava dizer Janene, conforme o relato de Magnus – embora houvesse outros partidos e esquemas na Petrobras. “Alguns deputados federais queriam falar com diretores da Petrobras sem a intervenção de José Janene, e não conseguiam. Então, entravam em contato com Janene pelo telefone”, afirmou Magnus. Ele disse ainda que presenciou uma performance debochada de Janene ao telefone. Ele ironizava um parlamentar que tentara contato sem sua ajuda. “E aí, a espera tá grande?” Segundo Magnus, Janene tinha “acesso livre” e intermediava negócios entre a Petrobras e empresas de grande porte, como as construtoras Camargo Corrêa e Queiroz Galvão. Ele não deu  detalhes que possam identificar que tipos de contrato seriam ou se houve algum tipo de ilegalidade. Procurada, a construtora Queiroz Galvão afirmou que não há “irregularidades nem ilegalidades” em seus contratos, que são negociados “dentro das regras estabelecidas pela legislação e sem a intermediação de terceiros”. A Camargo Corrêa disse que só presta serviços à Petrobras por meio de licitações públicas.

Magnus começou a contar o que sabia à Polícia Federal ainda em 2009, quando o escândalo de corrupção na Petrobras ainda era desconhecido. Concluiu a história com riqueza de detalhes no depoimento de julho passado. Ele parece ter credenciais para falar. A Operação Lava Jato teve início justamente a partir da investigação sobre um negócio de Magnus com Janene. De acordo com o MPF, Janene lavou dinheiro do mensalão ao investir parte da quantia recebida na Dunel Indústria e Comércio, fabricante de componentes eletrônicos que pertencia a Magnus. Janene usou a empresa de fachada CSA Project Finance, uma sociedade mantida pelo doleiro Youssef, para aplicar R$ 1,16 milhão dos R$ 4,1 milhões que ganhara no mensalão na Dunel. Isso ocorreu em julho de 2008.

Era mais um golpe aparentemente perfeito idealizado por Janene. Magnus tinha as características de vítima ideal para operadores experientes do mercado negro. Sua firma de eletrônicos automotores precisava de dinheiro para crescer, e ele buscava um investidor. Janene e Youssef estavam atrás de uma oportunidade para esquentar dinheiro frio de corrupção. O primeiro encontro com Magnus foi em junho de 2008, na sede da CSA, em bairro nobre de São Paulo. Acompanhado de Youssef, o afável Janene – já ex-deputado – chegou abraçando afetuosamente o futuro sócio, ou melhor, a futura vítima. O doleiro e o mensaleiro traziam soluções rápidas e práticas, quase um sonho para quem precisava de uma injeção de capital.  “Olha, podemos viabilizar seu negócio: se quiser dinheiro do Estado do Espírito Santo para cima, tenho a opção do Banco do Nordeste. Se não quiser se meter com banco, temos uma solução mais tranquila, um recurso nosso. Se quiserem, coloco 1 milhão de início”, disse Janene.

As imagens do depoimento obtidas por ÉPOCA mostram que, no momento em que Magnus conta essa história, Youssef senta-se ao lado do advogado dele e, apontando para Magnus, reclama: “Ele está mentindo, ele é mentiroso”. O juiz Sérgio Moro, que ouvia Magnus, interrompe Youssef. Ele só se cala quando é ameaçado por Moro de ser retirado da sala. Em pouco tempo, Magnus foi alijado da Dunel e virou, como ele mesmo se definiu, uma espécie de zumbi na firma. Os equipamentos encomendados não chegavam, e a produção emperrava. Ao consultar um advogado, Magnus descobriu que estava  no meio de uma trama de lavagem de dinheiro. Resolveu procurar a PF para contar o que sabia. Afirma que Janene o ameaçou de morte e que, na época, um incêndio misterioso destruiu uma casa dele.

Youssef, mais uma vez, se deu bem. Lavou o dinheiro para Janene e, ainda naquele ano de 2008, estreitou relações com Paulo Roberto, o executivo dos grandes contratos da Petrobras. Mal se livrara de uma condenação a sete anos de reclusão graças a uma delação premiada, Youssef reincidia em sua especialidade, a lavagem de dinheiro. Tinha o amigo e sócio Janene como cliente. Juntos, tinham um hotel, uma agência de viagens em Londrina e uma locadora de automóveis. A proximidade da dupla ia além dos negócios. Os dois se visitavam e se tratavam pelos títulos de compadre e padrinho. “Youssef chegava à casa de Janene e era padrinho pra cá, padrinho pra lá… Compadre pra cá, compadre pra lá. E era muito íntimo na lida das coisas”, afirmou Magnus à Justiça Federal. Numa dessas reuniões, Janene prometeu pagar o que chamou de “lua de mel” na Europa para Youssef e a mulher. Em seguida, explicou a ele o motivo da generosidade: “Ela só não pode pensar que você vai fazer aqueles câmbios para mim na França. Não deixe ela sonhar que você está fazendo isso”.
Os desvios de dinheiro por meio de contratos superfaturados na Petrobras identificados até agora ocorreram de 2009 a 2014. A morte de Janene por infarto, na fila do transplante de coração, em 2010, não interrompeu a afinada e conveniente parceria entre Youssef e Paulo Roberto. Ao contrário, os laços ficaram ainda mais estreitos. Durante a Operação Lava Jato, a PF interceptou e-mails recebidos por Youssef. Uma das mensagens veio de um ressentido João Claudio Genu, ex-chefe de gabinete de Janene e um dos condenados do mensalão. Genu expressava seu “inconformismo” com a aproximação de Youssef e Paulo Roberto. Aparentemente, àquela altura, o doleiro e o diretor da Petrobras tinham estabelecido uma linha direta, sem intermediários, e Genu perdera seu quinhão no esquema. Paulo Roberto se tornara milionário. A Justiça descobriu que ele mantinha R$ 51,3 milhões em 12 contas secretas na Suíça.

O depoimento de Magnus reitera uma conclusão: o mensalão e o escândalo da Petrobras são dois esquemas distintos, mas com métodos, causas e consequências semelhantes. A causa é o fisiologismo: garantir apoio no Congresso usando cargos que deveriam ser preenchidos por critérios estritamente técnicos. O método: desvio de dinheiro público para financiar campanhas ou enriquecer os políticos envolvidos. A consequência: corrupção. Com a descoberta do mensalão, em 2005, quando o primeiro mandato de Lula se aproximava do fim, foi preciso assegurar a fidelidade dos mesmos partidos – e dos mesmos políticos – ao governo do PT. Com a reeleição de Lula, o governo continuaria a precisar de apoio no Congresso. E o Congresso não mudara. As regras de Brasília também não. Lula e o PT acomodaram-se às práticas políticas de sempre. E distribuíram aos partidos da base os cargos que os políticos tanto queriam. São aqueles que servem tão somente para gerar favores e dinheiro, seja para campanhas, seja para o bolso de quem está no esquema. Nenhum cargo era tão desejado pelos políticos quanto uma diretoria na Petrobras, a mais rica e poderosa empresa do país. No segundo mandato de Lula, a Petrobras, mais que qualquer outra estatal, ocupou o vácuo deixado pelo mensalão.

Janene está morto, não pode mais ameaçar nem delatar ninguém. Parentes seus são réus com Youssef na ação penal sobre a lavagem de dinheiro do mensalão. Um deles é Meheidin Jenani, primo de Janene. Magnus, o ex-sócio de Janene, afirma que Meheidin é especialista em assar carneiros e ia constantemente do Paraná a Brasília para preparar carneiros para a então ministra da Casa Civil, e hoje presidente Dilma Rousseff. Procurado por ÉPOCA, Meheidin desconversou. Procurada por ÉPOCA, a assessoria do Planalto disse que Dilma Rousseff não conhece Meheidin, muito menos era fã de carneiros preparados por ele.

MPF

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Radio Nova Era 2014

II Mostra Cultural da Educação Infantil Municipal acontecerá no próximo dia 25

Posted on set 16, 2014 in Educação

Mostra Infantil 2013 02

A Prefeitura de Currais Novos através da Secretaria Municipal de Educação realizará no próximo dia 25 de setembro no Largo do Tungstênio Hotel a “II Mostra Cultural da Educação Infantil”, evento que em 2013 contou com grande participação dos alunos das creches municipais que apresentaram projetos educacionais importantes para o aprendizado dos alunos. O evento acontecerá a partir das 17h e contará com a exposição de dezenas de projetos desenvolvidos pelos professores e alunos das 11 creches municipais, e tem como objetivo principal despertar o interesse por atividades favoráveis à construção de um saber significativo, e favorecer o crescimento dos índices educacionais do município.

Mostra Infantil 2013 01

Esta importante iniciativa da Prefeitura de Currais Novos/Secretaria Municipal de Educação, visa a troca de conhecimento entre as crianças e a valorização das opiniões e ideias dos alunos para a construção de uma educação de excelência. Em 2013, destacaram-se projetos de preservação do meio ambiente, consumo racional da água, alimentação saudável e energias renováveis.

Projeto Divulgação Jornal

Segunda dose da vacina contra o HPV está disponível nas UBS e Policlínica Municipal

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

vacinação hpv

         A segunda dose da vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) já está disponível na rede pública de saúde de todo país desde o último dia 01 de setembro, e tem como objetivo imunizar meninas de 11 a 13 anos contra o vírus causador do câncer do colo do útero. Em Currais Novos as adolescentes podem tomar a segunda dose da vacina nas Unidades Básicas de Saúde (Postos) ou na Policlínica Municipal “Monsenhor Ausônio Araújo”. Iniciada em março deste ano, a vacinação teve como meta atingir 80% das 5,2 milhões de adolescentes na faixa de 11 a 13 anos, e de acordo com o Ministério da Saúde, cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção, sendo a segunda seis meses depois da primeira, e a terceira, cinco anos após a primeira dose. Em Currais Novos, a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu atingir 85,69% da meta, ou seja, 946 adolescentes foram imunizadas em ações realizadas nas escolas municipais, estaduais e privadas do município.

SAIBA MAIS

O que significa HPV?

É a sigla em inglês para Papiloma vírus Humano, vírus responsável pela doença sexualmente transmitida mais comum no mundo, causando tumores benignos e malignos. Existem mais de 100 tipos de HPV, sendo que 16 têm potencial para causar câncer.

Qual a incidência?


Estima-se que mais de 70% das mulheres entrarão em contato com o HPV ao longo da vida.

Quem tem HPV terá câncer?

A maioria não. A infecção pelo HPV é muito frequente, mas costuma ser transitória. Entre 60% e 70% dos casos das pessoas contaminadas eliminam o vírus espontaneamente.

A VACINA

A vacina protege contra todos os tipos de HPV?

Não. Protege contra quatro tipos, dois capazes de provocar câncer e dois relacionados ao aparecimento de verrugas. Os tipos 16 e 18, cobertos pela vacina, estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero.

Como a vacina é administrada?

Por injeção intramuscular — injeção de apenas 0,5 mL em cada dose.

Quem faz a vacina pode deixar de fazer o Papanicolau?

Não. A vacinação é uma ferramenta de prevenção primária e não substitui o rastreamento do câncer de colo do útero em mulheres na faixa etária entre 25 e 64 anos. É importante manter a realização do exame preventivo (Papanicolau), pois as vacinas protegem apenas contra dois tipos de HPV que provocam câncer, responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero.

Mesmo vacinada, será necessário utilizar preservativo durante a relação sexual?

Sim, pois é imprescindível manter a prevenção contra outras doenças transmitidas por via sexual, como HIV, sífilis, hepatite B, etc.

A camisinha é suficiente para proteger contra o HPV?

Nem sempre, porque o HPV pode estar alojado em regiões em que a camisinha não alcança, como o saco escrotal e a região anal.

A vacina contra HPV pode ser administrada ao mesmo tempo com outra vacina?

A vacina HPV pode ser administrada simultaneamente com outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, sem interferências na resposta de anticorpos a qualquer uma das vacinas. Quando a vacinação simultânea for necessária, devem ser utilizadas agulhas, seringas e regiões anatômicas distintas.

PIANO

NASF realizará ações de saúde no “Dia do Cooperar”

Posted on set 16, 2014 in Cidade

Dia C

Currais Novos participará na próxima quinta-feira (18) do dia de mobilização do cooperativismo, o “Dia C”, evento que será realizado em diversas cidades do estado com o objetivo de promover e estimular a integração das ações voluntárias de cooperativas, entidades e órgãos públicos. Pelo segundo ano consecutivo, o município promoverá ações educativas, sociais, culturais e de saúde que fazem parte da programação do evento. Na saúde, a Prefeitura Municipal através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) realizará durante toda a manhã da quinta-feira (18) a partir das 8h no Ginásio Agenorzão, uma série de atividades esportivas e nutricionais com a população, com a participação de fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, educador físico e enfermeiro.        Ações educativas e mobilizações pela cultura de paz estão sendo realizadas em escolas municipais e privadas do município como parte da programação que antecede o “Dia C”.

nobrega

Ex-prefeito de Currais Novos, Geraldo Gomes é condenado a ressarcir os cofres públicos em mais de R$ 500 mil

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

PREFEITO-GERALDO-GOMES-C.NOVOS - talesvale.blogspot.com_

A Primeira Câmara de Contas do TCE, presidida pela conselheira Adélia Sales, considerou irregular a prestação de contas do FUNDEF da Prefeitura Municipal de Currais Novos referente ao exercício de 2003, sob a gestão de Geraldo Gomes de Oliveira, então Prefeito e ordenador das despesas, condenando a restituição de R$ 531.201,20. A análise técnica empreendida nos autos constatou as seguintes impropriedades de ordem formal e material na prestação de contas tais como: omissão do dever de prestar contas; ausência de documentação comprobatória de despesas; ausência de destinação específica; fracionamento de despesas; ausência de guia de tombamento; despesas alheias ao Fundef. Diante do exposto, as contas foram consideradas irregularidades com restituição da importância de R$ 531.201,20, sendo R$ 457.926,37 correspondente às despesas cujos documentos não foram entregues a esta Corte, R$ 68.655, referente a ausência de documentação comprobatória de despesa e R$ 4.619,04, devido a ausência de destinação específica, sem prejuízo da aplicação de multa no percentual de 10% sobre o valor do débito atualizado, como sanção às irregularidades materiais incorridas.

 

O ex-gestor também sofreu multa no valor total de R$ 2.500,00, sendo R$ 1.000,00, elo pagamento de despesas alheias ao ensino fundamental com recursos do FUNDEF; R$ 1.000,00 devido ao fracionamento de despesa; e R$ 500,00 ante a ausência de guia de tombamento.

annaruth

MIDIA KALANGO AGOSTO

 

 

Justiça condena ex-secretário de Saúde de Natal por corrupção

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

Thiago Trindade - fotyo Júnior Santos

O juiz da 7ª Vara Criminal de Natal, José Armando Ponte Dias Junior, condenou três pessoas envolvidas na Operação Assepsia deflagrada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) em junho de 2012, em esquema de contratos fraudulentos montado no âmbito na Prefeitura do Natal para gerir as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Ambulatórios Médicos Especializados (AMEs), durante a gestão da ex-prefeita Micarla de Sousa. Foram considerados culpados o ex-secretário de Saúde do de Natal Thiago Trindade e os empresários Tufi Soares Meres e Rosimar Gomes Bravo e Oliveria. Cabe recurso à decisão e os três réus podem responder em liberdade.
O ex-secretário Thiago Trindade foi condenado por crime de corrupção passiva. Segundo denúncia do Ministério Público acatada pela Justiça, Trindade teria recebido vantagens indevidas em razão da função que exercia, como passagens aéreas para Barcelona (Espanha) com acompanhante e ingressos para o camarote da Escola de Samba Grande Rio, durante o Carnaval carioca de 2011.

Pelo cometimento de cada um dos crimes de corrupção passiva, o ex-secretário foi condenado a três anos e seis meses de reclusão e 140 dias-multa. O dia-multa foi fixado no valor de 1/10 do salário mínimo vigente em fevereiro de 2011. O magistrado levou em consideração o fato de o réu não ser reincidente e, por isso, substituiu a pena privativa de liberdade por duas penas restritivas de direitos: prestação de serviços à comunidade (uma hora de serviço por dia de condenação) e multa no valor de R$ 20 mil.

Por ter ofertado as vantagens a Thiago Barbosa Trindade (as passagens em 1º de fevereiro de 2011 e as entradas para o Carnaval do Rio, em 03 e 06 de março do mesmo ano), Tufi Soares Meres e Rosimar Gomes Bravo e Oliveira, por sua vez, foram condenados por crimes de corrupção ativa, previso no artigo 333, do Código Penal.

A Rosimar Gomes Bravo e Oliveira foi imposta condenação de quatro anos e um mês de reclusão em regime semiaberto e 175 dias-multa. O valor da dia-multa foi fixado em metade do salário mínimo vingente em fevereiro de 2011.

Já Tufi Soares Meres foi condenado a quatro anos e oito meses de reclusão, inicialmente em regime semiaberto e 210 dias-multa (sendo o valor de cada dia-multa em dois salários mínimos, em valor vingente em fevereiro de 2011).

Memória

A Operação Assepsia, que motivou a denúncia, foi deflagrada em junho de 2012. Na ocasião, foram presas seis pessoas no Rio Grande do Norte e no Rio de Janeiro, além de apreender documentos e computadores em prédios públicos e sedes de empresas nos dois Estados. O MPE suspeitava da existência de uma quadrilha que supostamente fraudou licitações, contratos e desviou dinheiro publico. As possíveis fraudes envolveram, segundo a investigação do MPE, uma fraude na contratação das seguintes organizações sociais: Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde, Associação Marca e o Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social (ITCI).

Na Justiça potiguar, já haviam sido condenados o procurador do município Alexandre Magno Alves de Souza e os empresários Antônio Carlos de Oliveira Júnior, o Maninho, e Rosimar Gomes Bravo, representantes da Associação Marca.

O caso também é investigado na Justiça Federal e, entre os réus, está a ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa.

Starnet

Futebol: Globo finaliza venda das cotas de televisão para 2015

Posted on set 16, 2014 in Esporte

A Rede Globo de Televisão, detentora dos direitos oficiais de transmissão dos campeonatos de futebol no país, finalizou, ontem, 15, a venda dos pacotes de patrocínio para 2015. Cada uma das seis cotas nacionais foram vendidas por R$ 225 milhões. Dessa forma, a empresa irá arrecadar R$ 1,350 bilhão com publicidade.

No pacote para 2015 estão inclusos os principais torneios nacionais disputados e campeonatos internacionais, como a Taça Libertadores. Além disso, nas cotas também entram a Copa América e amistosos da Seleção Brasileira. Os patrocínios foram comprados por Ambev, Itaú, Johnson & Johnson, Vivo, Volkswagen e Magazine Luíza.

Valores sofreram aumentos

O custo de cada cota sofreu um acréscimo de 21% em relação a esta temporada, onde foi cobrado R$ 185,5 milhões por pacote. Neste ano, a Globo arrecadou R$ 1,113 bilhão em publicidade. Se comparado a 2013 (R$ 192,5 milhões cada), os valores em 2014 recuaram. O motivo foi a Copa do Mundo, que enxugou o calendário de outras competições.

Já a comparação entre 2010 e 2015 surpreende. Nos últimos cinco anos os valores cobrados pela emissora subiram de R$ 113 milhões, por cota, para os R$ 225 milhões acordados nessa segunda-feira, 15.

Projeto Divulgação Jornal

Ibope aponta possibilidade de segundo turno no RN

Posted on set 16, 2014 in Política

A InterTV Cabugi divulgou ontem mais uma rodada da pesquisa Ibope que levantou a possibilidade de as eleições para o Governo do Rio Grande do Norte serem definidas apenas no segundo turno.
Segundo a sondagem, Henrique Alves (PMDB) segue com 40% das intenções de voto. Robinson Faria (PSD) diminuiu a diferença de 12% para 9%, saltando dentro da margem de erro de 28% para 31%.
A soma de todos os candidatos totaliza 36%, como a margem de erro é de 3% para mais ou para menos a possibilidade de vitória de Henrique no primeiro turno está no limite, conforme o Ibope.
Robério Paulino (PSOL) está em terceiro com 3% e Simone Dutra (PSTU) e Araken Faria (PSL) ficaram com 1%.
Com isso foi simulada a possibilidade de segundo turno que colocou Henrique Alves com 40% das intenções de voto e Robinson absorvendo todas intenções de votos dos outros três candidatos chegando a 36%.
No item rejeição, Henrique também aparece à frente com 28%, seguido por Araken Farias (23%), Robinson Faria (21%), Simone Dutra (20%) e Robério (14%).
A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 14 deste mês. Foram entrevistados 812 eleitores em 40 cidades. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), sob o nº 00027/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº 00643/2014.

Fátima ultrapassa Wilma em disputa pelo Senado

Para o Senado a pesquisa Ibope registra virada da deputada federal Fátima Bezerra (PT) sobre a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB).
Na sondagem de 28 de agosto, a petista tinha 32% e saltou para 36%. A socialista que tinha 34% caiu para 32%. Com isso, além de virar a disputa Fátima se aproxima de colocar a vantagem fora da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.
Os professores Ana Célia (PSTU) e Lailson (PSOL) estão com 2%. Em último está Roberto Ronconi (PSL) com 1%.

PRESIDÊNCIA
Na disputa presidencial, Dilma Rousseff (PT) é a preferida entre os potiguares com 51% das intenções de voto, seguida por Marina Silva (PSB) com 22%, e Aécio Neves (PSDB) com 6%. Pastor Everaldo (PSC) tem 2%. Luciana Genro (PSOL) aparece com 1%. Brancos e nulos somam 9%, e outros 8% não responderam. Os candidatos Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) somam, juntos, 1%.

ROSALBA
Para 69% dos potiguares, Rosalba Ciarlini (DEM) faz um governo que merece avaliação negativa. Essa é a soma de ruim e péssimo na pesquisa Ibope. Ótimo e bom somaram apenas 7% e regular 19%.
Para 82% dos potiguares o governo é desaprovado, 10% aprovam e 8% não souberam responder.

Intenção de voto para Governo

Henrique Eduardo Alves (PMDB) – 40%
Robinson Faria (PSD) – 31%
Professor Robério Paulino (PSOL) – 3%
Simone Dutra (PSTU) – 1%
Araken Farias (PSL) – 1%
Brancos e Nulos – 14%
Não sabem – 10%

Intenção de voto para Senado

Fátima (PT) – 38% das intenções de voto
Vilma Maria de Faria (PSB) – 32%
Ana Célia (PSTU) – 2%
Professor Lailson (PSOL) – 2%
Roberto Ronconi (PSL) – 1%
Brancos e nulos – 13%
Não sabe ou não respondeu – 12%

Intenção de voto para presidente no RN

Dilma (PT) – 51% das intenções de voto
Marina Silva (PSB) – 22%
Aécio Neves (PSDB) – 6%
Pastor Everaldo (PSC) – 2%
Luciana Genro (PSOL) – 1%
Outros com menos de 1% – 1%
Brancos e nulos – 9%
Não sabe ou não respondeu – 8%

Avaliação do Governo Rosalba

- Ótimo: 2%
- Bom: 5%
- Regular: 19%
- Ruim: 12%
- Péssimo: 57%
- Não sabe/não respondeu: 5%

PIANO

Edital da adutora de engate rápido de Currais Novos é lançado e obra custará R$ 35 milhões

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

Lançamento Edital Adutora 04

Trinta e cinco milhões de reais e nove meses de execução. Este é o orçamento e prazo máximo para a construção da adutora de engate rápido que abastecerá Currais Novos e Acari de forma emergencial devido o colapso nos sistemas adutores dos açudes Dourado e Gargalheiras (com capacidade abaixo dos 10%). A obra teve o edital lançado na manhã desta segunda-feira (15) no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Currais Novos e contou com a participação dos prefeitos Vilton Cunha (Currais Novos), Izaías Cabral (Acari), do presidente da CAERN, Yuri Tasso, e do diretor geral do DNOCS, Walter Gomes. O encontro também contou com a participação do ex-prefeito Zé Lins, empresários, representantes de entidades, OAB, vereadores, imprensa e da população. Para o prefeito Vilton Cunha o momento é de extrema alegria e de esperança. “A união de todos os currais-novenses foi de extrema importância para a concretização deste sonho que hoje se torna real”, disse Vilton, que aproveitou a oportunidade para destacar a atuação política e apartidária da luta pela adutora, e algumas ações realizadas pela Prefeitura em prol do abastecimento da cidade, como a Operação Pipa na zona rural, e o abastecimento de residências na zona de expansão dos bairros periféricos.

Lançamento Edital Adutora 06

Segundo o diretor geral do Departamento Nacional de Obras contra a Seca, o projeto da adutora de engate rápido para as duas cidades demandou tempo e esforço da equipe do órgão, além da CAERN. “Há 15 dias recebemos a confirmação dos recursos do Governo Federal para a realização desta obra tão importante”, disse Walter, lembrado que nesta terça-feira (16) o edital será publicado no Diário Oficial da União, e é esperado até a primeira semana de novembro que seja realizada a licitação, e ordem de serviço até o final de novembro. No total, 80 mil metros cúbicos de canos serão utilizados na obra que custará R$ 35 milhões de reais, e terá a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves como o manancial de captação da água que abastecerá Currais Novos e Acari. O diretor da CAERN afirmou que mesmo com a obra da adutora de engate rápido, o governo estadual está elaborando o projeto da adutora definitiva para as duas cidades que terá a Barragem de Oiticica (em obras) como fonte do abastecimento. “Queremos contar com o apoio da população para racionar água e utilizá-la de forma correta e consciente”, disse Yuri.

nobrega

Novo Ibope: Henrique está com 40%; Robinson com 31

Posted on set 16, 2014 in Política

A nova rodada de pesquisa Ibope/InterTV Cabugi, divulgada ontem, mantem a liderança do candidato do PMDB nas eleições para o Governo do Estado e mostra uma virada na disputa pela única vaga do Rio Grande do Norte no Senado Federal que será renovada este ano. O deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo (PMDB) tem 40% das intenções de votos para o Governo, mesmo percentual registrado na primeira pesquisa Ibope/InterTV Cabugi em 28 de agosto, contra 31% das intenções de votos para o vice-governador Robinson Faria (PSD), que cresceu 3 pontos percentuais em relação ao resultado anterior. Os demais candidatos  ao governo somam  5% e, com esses resultados, o candidato peemedebista seria eleito no primeiro turno. Brancos e nulos somaram 14% e 10% responderam que ainda não sabem em quem votar.

O Ibope também simulou um segundo turno, apesar da vantagem atual de quatro pontos percentuais de Henrique Eduardo sobre a soma de todos os demais candidatos. Na disputa entre ele e Robinson Faria, os resultados seriam: Henrique 40% e Robinson 36%. Brancos e nulos somariam 14% e não sabe 11%

Na disputa para a vaga no Senado a nova pesquisa Ibope/InterTV Cabugi mostrou um quadro diferente daquele registrado no final de agosto. A deputada federal Fátima Bezerra (PT) abriu seis pontos percentuais de vantagem e está com 38%, enquanto a vice prefeita de Natal, Wilma de Faria, perdeu três pontos percentuais e tem 32%. Na pesquisa de 29/08, a disputa entre as duas era de “empate técnico”, com 35% para a vice prefeita de Natal e 34% para a deputada petista). Brancos e nulos para o Senado somam 13%, hoje, (contra 17% em 29 de agosto) e 12% dos entrevistados disseram não saber ainda em quem votar (esse percentual era de 9%). Ana Célia (PSTU), Roberto Ronconi (PSOL) e Prof. Lailson (PSL) pontuaram entre 1% e 2% (veja gráfico nesta página).

Para a presidência da República, o Ibope mostra que o eleitor potiguar mantem a liderança da presidenta Dilma Rousseff (PT), com  51% das intenções de votos (era 46% no dia 28/08), 29 pontos percentuais a mais que Marina Silva (PSB), que tem hoje 22% e registrou queda de quatro pontos (eram 26% na pesquisa anterior). Aécio Neves (PSDB) caiu de 9% em agosto para 6%. Luciana Genro tem 1% e o Pastor Everaldo 2%. Brancos e nulos para presidente somam 9% e não sabem 8%.

Expectativa de vitória
O Ibope também auferiu a expectativa do eleitorado potiguar em relação a quem será eleito para o Governo do Estado, independente do voto que será dado pelo entrevistado. 49% acreditam que o deputado federal Henrique Eduardo (PMDB) será o próximo governador do Estado, contra 23% que acreditam na vitória do vice-governador Robinson Faria (PSD).

Na pergunta sobre em quem os entrevistados não votariam de forma nenhuma, os resultados foram: Henrique Eduardo, 28%; Araken Farias, 23%; Robinson Faria 21%; Simone Dutra, 20% e Robério Paulino, 14%. Nesta questão, o Ibope permitiu que o entrevistado pudesse citar mais de um candidato. Todos os candidatos citados tiveram redução na rejeição pelo eleitor.

Ainda sobre rejeição, a pesquisa mostrou que os índices de desaprovação ao governo Rosalba se mantem em 69% (ruim e péssimo) para os entrevistados, enquanto 19% avaliam como regular e 7% como bom/ótimo. A pesquisa mostra que 82% desaprovam a forma como a governadora conduz a administração e 10% aprovam. O índice de desconfiança em relação a governadora é de 83%, contra 11% que disseram confiar em Rosalba.

Para o governo da presidenta Dilma Rousseff, os resultados são positivos. 45% consideram a administração dela como ótima/boa; 38% como regular e 15% como ruim/péssima. 66% aprovam a forma como ela está governando o país e 28% desaprovam. A segunda pesquisa Ibope/InterTV Cabugi foi aplicada entre os dias 12 e 14 deste mês, ouvindo 812 eleitores em 40 municípios e registrada no TRE/RN sob o numero RN/00028/2014 e no TSE com o numero 00643/2014. O grau de confiabilidade da pesquisa é de 95% e a margem de erro de três pontos para mais ou para menos.

pesquisa

MIDIA KALANGO AGOSTO

Prefeito Vilton Cunha participa das solenidades de despedida ao ex-governador Iberê

Posted on set 16, 2014 in Acontecimentos

Sepultamento Iberê

O prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, participou na tarde desta segunda-feira (15) em Natal, das solenidades de despedida ao ex-governador do Rio Grande do Norte, Iberê Ferreira de Souza, que morreu na noite do sábado (13) em São Paulo. O corpo do ex-governador foi sepultado no fim da tarde desta segunda no cemitério Morada da Paz, na capital. Sobre Iberê, o prefeito Vilton Cunha lembrou da sua trajetória política e de seu trabalho em prol do estado. “Perdemos um grande político que se destacou em seu trabalho em benefício do nosso povo e desenvolvimento do estado”, disse.

Starnet

Ex-governador Iberê Ferreira morre aos 70 anos em São Paulo

Posted on set 14, 2014 in Acontecimentos

iberê - imagem www.marcondesgurgel.com

O ex-governador Iberê Ferreira de Souza faleceu na noite deste sábado (13) no Hospital Sírio Libanês em São Paulo onde estava internado há cerca de dois meses. Ex-deputado federal e ex-governador do Rio Grande do Norte, ele lutava contra um câncer desde 2010. Naquele ano, no dia 18 de março, antes de assumir a titularidade do Executivo, ele se submeteu à  cirurgia para retirada de um nódulo no pulmão.
Dez meses depois, no início de 2011, passou por nova cirurgia para retirada de um tumor na próstata. Ainda em 2011, Iberê  foi submetido a uma nova cirurgia para retirada de um tumor no cérebro. Em abril de 2012 um novo tumor foi diagnosticado também no cérebro do ex-governador.

A radiocirurgia realizada em 2012 foi responsável por formação de uma necrose,  que levou a um novo procedimento em 2013. E já este ano, Iberê Ferreira se submeteu a uma nova cirurgia no cérebro. Todos os procedimentos foram feitos no Hospital Sírio Libanês.

 

Iberê Ferreira de Souza era filiado ao PSB. Sua última disputa eleitoral ocorreu em 2010, quando disputou a eleição estadual com Rosalba Ciarlini (atual governadora). Veja cronologia:

- Filho de Odorico Ferreira de Souza e Hermengarda O’Grady de Paiva Ferreira de Souza, Iberê Paiva Ferreira de Souza, tinha 70 anos, completados no dia 27 de fevereiro.
- Advogado com Bacharelado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte com especialização em advocacia empresarial pela Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro.

- Filiou-se ao MDB em 1969 elegendo-se deputado estadual em 1970 e 1974 chegando a líder da bancada e integrou o diretório regional. Deixou o partido para integrar a equipe do governador Lavoisier Maia (1979-1983) a quem serviu como chefe da Casa Civil e Secretário de Governo. Nesse período ingressou no PDS e em 1982 foi eleito suplente de deputado federal sendo efetivado posteriormente.

- No governo José Agripino Maia (1983-1986) foi superintendente regional da Legião Brasileira de Assistência e retornou à Secretaria de Governo. Filiou-se ao PFL e foi reeleito deputado federal pelo partido em 1986, 1990 e 1994.

- Mudou sua legenda partidária ao migrar para o PPB ao aceitar o convite do governador Garibaldi Alves Filho para ocupar a Secretaria do Trabalho e Ação Social em 1997, cargo ao qual renunciou para disputar e conseguir um novo mandato de deputado federal em 1998 conquistando um novo mandato pelo PTB em 2002.

- No primeiro governo Wilma de Faria foi Secretário de Agricultura. Em 2006 foi eleito vice-governador do estado pelo PSB, na chapa que tinha como governadora Wilma de Faria.

- Em 2010, com a renúncia da então governadora, que deixou o cargo para entrar na disputa do Senado, Iberê Ferreira assumiu o comando do governo do estado em 31 de março de 2010.

- Em 2010, o então governadora Iberê disputou a reeleição, mas foi derrotado pela hoje governadora Rosalba Ciarlini.

Radio Nova Era 2014

Polícia cumpre 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Acari e Cruzeta

Posted on set 13, 2014 in Policial

ivanildo-pereira - foto divulgação

Dando continuidade à “Operação Brasil Integrado”, as equipes das polícias civil e militar cumpriram 12 mandados de busca e apreensão, sendo sete na cidade de Acari e cinco no município de Cruzeta.
Segundo a Degepol (Delegacia Geral da Polícia Civil), a operação resultou na apreensão de dois adolescentes e na prisão em flagrante de Ivanildo Pereira de Meneses, 43. Ivanildo foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de munição.
Além disso, foram apreendidos crack, cocaína, munições de calibre 38 e 32, mais de R$ 3 mil, cadernos de anotação, celulares, balanças de precisão, punhais, canivete, relógio, bastão e uma placa veicular de Currais Novos (NNZ 3851).

Brasil Integrado
Deflagrada entre os dias 2 e 4 deste mês, a “Operação Brasil Integrado” é uma iniciativa do Ministério da Justiça para o enfrentamento, de maneira articulada, aos mais diversos crimes em todos os nove estados do Nordeste.
Durante 72 horas, equipes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Itep, Centro de Inteligência da Sesed, além da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e do Exército Brasileiro realizaram barreiras policiais cumprindo mandados de prisão e de busca e apreensão, fiscalização de produtos controlados e contra crimes ambientais, abordagens a pessoas, a veículos e a estabelecimentos, além de blitze da Lei Seca.
A operação resultou em dezenas de prisões, apreensões de armas, munição, drogas e veículos roubados, e recaptura de fugitivos do sistema prisional.

Projeto Divulgação Jornal

Relatório da ONU condena racismo estrutural no Brasil

Posted on set 13, 2014 in Acontecimentos

ARANHA

O racismo no Brasil é “estrutural e institucionalizado” e “permeia todas as áreas da vida”. A conclusão é da Organização das Nações Unidas (ONU), que publicou ontem seu informe sobre a situação da discriminação racial no País. No documento, os peritos concluem que o “mito da democracia racial” ainda existe na sociedade brasileira e que parte substancial dela ainda “nega a existência do racismo”. A publicação do informe coincide com a volta do debate sobre o racismo no Brasil por causa da expulsão do Grêmio da Copa do Brasil por atos de sua torcida contra o goleiro ne
Mas as constatações dos peritos da ONU, que visitaram o Brasil entre os dias 4 e 14 de dezembro de 2013, são claras: os negros no País são os que mais são assassinados, são os que têm menor escolaridade, menores salários, maior taxa de desemprego, menor acesso à saúde, são os que morrem mais cedo e têm a menor participação no Produto Interno Bruto (PIB). No entanto, são os que mais lotam as prisões e os que menos ocupam postos nos governos.

Para a entidade, um dos maiores obstáculos para lidar com o problema é que “muitos acadêmicos nacionais e internacionais e atores ainda subscrevem ao mito da democracia racial”. Para a ONU, isso é “frequentemente usado por políticos conservadores para descreditar ações afirmativas”.

“O Brasil não pode mais ser chamado de uma democracia racial e alguns órgãos do Estado são caracterizados por um racismo institucional, nos quais as hierarquias raciais são culturalmente aceitas como normais”, destacou a ONU.

A entidade sugere que se “desconstrua a ideologia do branqueamento que continua a afetar as mentalidades de uma porção significativa da sociedade”. Mas falta dinheiro, segundo a ONU, para que o sistema educativo reforce aulas de história da população afro-brasileira, um dos mecanismos mais eficientes para combater o “mito da democracia racial”.

Para a ONU, essa situação ainda afeta a capacidade da população negra em ter acesso à Justiça. “A negação da sociedade da existência do racismo ainda continua sendo uma barreira à Justiça”, declarou, apontando que mesmo nos casos que chegam aos tribunais, a condenação por atos racistas é dificultada “pelo mito da democracia racial”.

Para chegar à conclusão, a ONU apresentou dados sobre a situação dos negros no País. Apesar de fazer parte de mais de 50% da população, os afro-brasileiros representam apenas 20% do PIB. O desemprego é 50% superior ao restante da sociedade, e a renda é metade da população branca.

A expectativa de vida para os afro-brasileiros seria de apenas 66 anos, contra mais de 72 anos para o restante da população. Mesmo no campo da cultura, a participação desse grupo é apenas “superficial”, e as taxas de analfabetismo são duas vezes superiores ao restante da população. A violência policial contra os negros também chama a atenção da ONU, que apela à polícia para que deixe de fazer seu perfil de suspeitos baseado em cor da pele. Em 2010, 76,6% dos homicídios no país envolveram afro-brasileiros.

“Uma das grandes preocupações é a violência da polícia contra jovens afro-brasileiros”, indicou. “A polícia é a responsável por manter a segurança pública. Mas o racismo institucional, discriminação e uma cultura da violência levam a práticas de um perfil racial, tortura, chantagem, extorsão e humilhação em especial contra afro-brasileiros”, disse.  “O uso da força e da violência para o controle do crime passou a ser aceito pela sociedade como um todo porque é perpetuada contra uma setor da sociedade cujas vidas não são consideradas como tão valiosas”, criticou a ONU.

Os peritos apontam que avaliam esse fenômeno como “a fabricação de um inimigo interno que justifica táticas militares para o controle de comportamentos criminosos”.”O direito à vida sem violência não está sendo garantido pelo Estado para os afro-brasileiros”, insistiu o informe.

Avanços
Para a ONU, houve um avanço nos últimos anos no esforço do governo para lidar com o problema. Mas alerta que muitos dos organismos criados não contam com financiamento suficiente e nem recursos humanos para realizar seus trabalhos. “Muitos ainda têm baixa visibilidade em termos de presença física e posição dentro dos governos dos Estados e dos municípios.”

A ONU também denuncia a resistência de grupos políticos diante de projetos de leis que tentam lidar com a desigualdade racial. Os peritos declararam estar “preocupados que o progresso feito até agora corra o risco de sofrer uma regressão diante das ameaças de grupos de extrema-direita”.

Mesmo dentro da estrutura do Estado, os afro-brasileiros são “sub-representados”. Eles ocupam raramente uma posição de chefia e, em Salvador, a única secretaria municipal comandada por um negro é a da Ação Afirmativa. O município conta com doze secretarias.

Jamil Chade

PIANO

Governo libera Barragem Armando Ribeiro para criação de peixes

Posted on set 13, 2014 in Acontecimentos

barragem armando ribeiro - foto divulgação

O Governo Federal liberou 54 hectares da lâmina de água da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, com paredão no município de Itajá para criação de tilápia, Tambaqui, Tucanaré, Pacu, Carpa e Pirarucu.

Os 54 hectares serão divididos em quatro sítios aquáticos. A Barragem Armando Ribeiro chega acumular 2,4 bilhões de metros cúbicos de água. Tem 62 quilômetros de extensão e no seu ponto mais largo, chega a medir 15 km.

Em toda sua extensão, o potencial hídrico é pouco utilizado. Apenas no município de São Rafael tem poucas gaiolas de criação de tilápia. O pedido ao Governo Federal para reverter esta situação em prol dos moradores da região era antiga.

Vinha da época de construção da barragem no final dos anos oitenta, principalmente quando o reservatório sangrou pela primeira vez em 1985.

A liberação dos parques aquícolas na Barragem aconteceu esta semana pela Agência Nacional de Águas (ANA), que é do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA). Caberá agora a Secretaria de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura (SEPOA/MPA), dá andamento ao processo.

O licenciamento das áreas, após a entrega oficial da área para criação de peixes em cativeiro por parte da Secretaria do Patrimônio da União, será feito pelos órgãos estaduais.

Utilidade publica

A Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves é responsável pelo abastecimento através de sistemas adutores de mais ou menos 40 cidades das regiões Centrais, Vale do Açu, Seridó, Médio Oeste e Mossoró. Também é responsável, através da perenização do Rio Piranhas/açu, de uma área irrigada que se aproxima de 30 mil hectares.

Alderi Dantas

nobrega

TSE inocenta prefeito e cancela eleição suplementar de Ipanguaçu

Posted on set 13, 2014 in Política

Prefeito e vice de Ipanguaçu - foto Aluizio França

O Tribunal Superior Eleitoral cancelou as eleições suplementares realizadas no início de agosto passado no município de Ipanguaçu, na região do Vale do Açu.

A decisão do ministro João Noronha, do TSE, inocenta o ex-prefeito Luciano Oliveira, o vice-prefeito Josimar Lopes e a vereadora Luzineide Cavalcante.

Os três haviam sido afastados em processos movidos pelo Ministério Público Eleitoral por compra de votos e abuso de poder econômico de diversas formas nas eleições de 2012.

Veja as razões destacadas pela Justiça Eleitoral:

O Ministério Público Eleitoral ajuizou a Representação Eleitoral em desfavor de Leonardo da Silva Oliveira, Josimar Lopes e Maria Luzineide Cavalcante, cujo processo foi tombado sob o nº 924-40.2012.6.20.0029, alegando a realização de captação ilícita de sufrágio pelos demandados, relatando, em suma, que:

I – chegou ao conhecimento do Ministério Público Eleitoral a ocorrência de possível compra de votas nas últimas eleições municipais em Ipanguaçu, que foi promovida e patrocionada pelo então prefeito municipal, candidato à reeleição, Leonardo da Silva Oliveira;

II – durante a instrução do procedimento administrativo, foram ouvidos na Promotoria eleitoral as pessoas de Manoel Silva de Lima e Maria Neuza Rodrigues da Silva, residentes no Distrito Nova Descoberta em Ipanguaçu, que relataram que o candidato a prefeito representado, ofereceu aos depoentes um pedaço de chão e mais dois milheiros de tijolos, em troca de seus votos para prefeito e para Luzineide, candidata ao cargo de Vereador;

III – foi ouvida, ainda, Raquel Andrade de Miranda que afirmou ter recebido a visita do prefeito e candidato a reeleição Leonardo e da candidata ao cargo de vereador Lzineide, e na oportunidade lhe foi oferecido o valor de R$ 400,00 para que a depoente e seu esposo votassem no Prefeito Leonardo e na Candidata a Vereadora Luzineide, valor que seria destinado ao pagamento do IPVA atrasado da moto da depoente;

IV – Thiago Lemos Martins e Doralice de fátima da Silva, casados e residentes no sítio Arapuá, afirmaram ter sido abordados pelo prefeito Leonardo, oportunidade em que foi oferecida promessa em troca do voto, consistente numa cirurgia de hérnia em benefício de Thiago. Aduziu que apesar do prometido e acertado em relação à realização do procedimento cirúrgico, foi procurado no outro dia por Mário Silvério da Costa e foi indagado se não teria interesse em substituir a cirurgia por dinheiro para votar em Leonardo, não tendo aceitado a proposta;

V – Ana Maria dos Santos também prestou depoimento e, relatou fato atinente à compra de voto realizado pelo candidato Leonardo e pela candidata Luzineide, ao afirmar ter recebido a visita de uma comitiva do prefeito, acompanhado da então candidata a vereadora Luzineide, Valfrido e de Mário de Donso; que foi indagada pelo prefeito em que este poderia ajudá-la e, na oportunidade Valfrido informou ao candidato Leonardo que a eleitora estava precisando de R$ 600,00 para quitar contas de energia em atraso;

VI – o prefeito autorizou a entrega das contas de energia a Valfrido. Narra que no dia seguinte, Valfrido e Luzineide compareceram na sua casa para pegar as contas, sendo que passados vários dias, as contas não foram pagas, oportunidade em que a eleitora procuou Valfrido e este escreveu um bilhete de próprio punho dirigido ao Chefe de Gabinete da Prefeitura de Ipanguaçu, estando narrado o pedido de pagamento em favor da Sra. Ana Maria dos Santos;

VII – Além dos depoimentos dos eleitores, constam nos autos várias fotografias de várias localidades do Municipio de Ipanguaçu-RN, que aparecem casas com bandeiras vermelhas, tendo em frente ou próximo a elas, matérias de construção de várias naturezas, como tijolos, areia, cimento etc, que provavelmente foram  distribuídos pelo candidato Leonardo em troca de votos.

Diante das denúncias, o desembargador Virgílio Macêdo determinou o afastamento de Leonardo Oliveira, do vice-prefeito Josimar Lopes, e também da vereadora Luzineide.

Na eleição suplementar, o vereador Geraldo Paulino foi eleito. Enquanto isto, o ex-prefeito Leonardo Oliveira recorreu ao TSE, da decisão do Tribunal Regional Eleitoral, em Natal.

Esta semana, o TSE inocentou das acusações, determinando seu retorno da Prefeitura de Ipanguaçu, assim como o vice-prefeito Josimar e a vereadora Luzineide.

MIDIA KALANGO AGOSTO