Prêmio Pronatec 02A Prefeitura de Currais Novos participou na última sexta-feira (03) em Natal da “I Mostra de Experiências Exitosas do PRONATEC/Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN”, onde 115 municípios potiguares atendidos pelo programa no Estado apresentaram ações inovadoras nas categorias: parcerias, acompanhamento pedagógico, prática profissional e ações empreendedoras. O coordenador do ASSESUAS em Currais Novos, Gérson Jr, participou do encontro que também contou com a presença da professora do curso de Recursos Humanos do Pronatec, Geysa Pereira, do supervisor dos cursos, Douglas Nascimento, e de Kainara Farias, supervisora da Escola Agrícola de Jundiaí. Currais Novos venceu na categoria “Prática Profissional” com o projeto “Construindo um futuro para todos”, realizado com os alunos do curso de pedreiro. “Este prêmio reconhece o esforço e trabalho da Prefeitura de Currais Novos em oferecer a população cursos de qualificação e capacitação que os insira no mercado de trabalho e fortaleçam a nossa economia”, disse Gérson Jr.

campanha pela paz

 

Currais Novos participará pelo terceiro ano consecutivo da programação nacional do “Dia C do Cooperativismo”, ação realizada no Estado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Rio Grande do Norte - SESCOOP RN e que tem como objetivomobilizar a população em ações voluntárias, e que em Currais Novos terá como meta ajudar ONG’s do município que estimulam o voluntariado e contribuem com a melhoria da vida de muitas pessoas. O “Dia C” em Currais Novos tem início às 19h desta segunda-feira (06) com a palestra “A magia de se doar e o elo de amor!”, que acontecerá no auditório da CDL com a presença da superintendente da SESCOOP RN, Sônia Rocha, e do professor palestrante Whalter Dorighelo. Na terça, 07, a coordenação do “Dia C” se mobilizará entre 08h e 11h para arrecadar alimentos para a “Casa do Pobre”, material de limpeza para o “Abrigo dos Idosos – Monsenhor Paulo Herôncio”, e jogos educativos para a “APAE”, e a partir das 16h30 acontecerão diversas atividades de saúde e beleza na sede do ASSESUAS (vizinho ao Tungstênio Hotel). Em 2014 o “Dia C” no Rio Grande do Norte mobilizou 985 voluntários, beneficiou 11.886 pessoas, e contou com a participação de 20 cooperativas.

adoção

aldo-rebelo-ministro - divulgaçãoA Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática recebe, na próxima terça-feira (7), o ministro da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, para discutir as iniciativas de desenvolvimento científico e tecnológico no Nordeste. Além do ministro, foram convidados secretários de Ciência e Tecnologia dos estados nordestinos. Um dos parlamentares que sugeriram o debate, o deputado JHC (SD-AL) diz que a ideia é mapear programas existentes na região para direcionar o trabalho da subcomissão especial voltada para o desenvolvimento do Nordeste. “Existe uma defasagem de inclusão digital em relação às outras regiões no nosso País. E, dentro de um pacto federativo, de igualdade de chances e oportunidades para todo o País, com dimensões continentais, é preciso tratar os desiguais como desiguais. E nós temos pessoas altamente gabaritadas e capacitadas no Nordeste e nós precisamos mostrar nosso potencial ao Brasil.”

A audiência está marcada para as 14h30, no plenário 7.

Noéli Nobre

Star

 

pira_olimpica - divulgaçãoA partir de maio do próximo ano, o fogo olímpico vai percorrer os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, passando por cerca de 300 cidades. Seis municípios potiguares fazem parte da Rota do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016: Natal, Parnamirim, Lajes, Angicos, Assu e Mossoró. O anúncio das cidades que receberão a tocha olímpica foi feito pela presidenta Dilma Rousseff, na última sexta-feira, em Brasília. O roteiro inclui paradas para pernoite em 83 cidades, entre elas, Natal e Mossoró, onde ocorrem eventos especiais. ”A tocha vai ser empunhada por brasileiros e brasileiras, vai ser sentida por todo o país, milhares de pessoas vão participar, milhões vão assistir. Cada um de nós vai se sentir participante desse processo”, disse a presidenta na solenidade.

Para o ministro do Turismo, Henrique Alves, o revezamento será uma oportunidade para revelar parte dos destinos turísticos do país. “Os Jogos Olímpicos são uma oportunidade de ouro não só para o Rio de Janeiro, mas para o Brasil, de se promover como destino turístico para os brasileiros e no mercado internacional”, afirmou.

O ministro lembrou que, durante a Copa do Mundo, o país recebeu mais de um milhão de turistas estrangeiros. Além das cidades-sede, outros 479 municípios foram visitados. Mais de 95% dos estrangeiros revelaram a intenção de voltar ao Brasil em pesquisa realizada pelo MTur, sendo a Olimpíada apontada como principal motivo de retorno para 65% dos entrevistados.

Tocha será acesa em maio de 2016 em Olympia, na Grécia

A tocha olímpica será acesa em maio de 2016 em Olympia, na Grécia, dando continuidade a uma história de 2.900 anos e chegará ao Maracanã, no Rio de Janeiro, em 5 de agosto. Os Jogos Olímpicos de Amsterdã 1928 foram os primeiros a terem a tocha olímpica na Era Moderna. O revezamento do fogo teve início em 1936 na edição de Berlim da competição.

No Brasil, a chama visitará locais de destaque no contexto nacional, geográfico, histórico e cultural. Ao todo, a tocha percorre mais de 20 mil quilômetros e voa cerca de 10 mil milhas. Ela será levada por cerca de 12 mil condutores, entre atletas, celebridades e pessoas comuns.

PIANO

 

maju - foto divulgaçãoA Maria Júlia recebeu, dia (3), uma demonstração de carinho do tamanho do Brasil. No dia 3 de julho foi o dia nacional de combate à discriminação racial e uns 50 criminosos publicaram comentários racistas, de maneira coordenada, contra ela, na página do Jornal Nacional no Facebook. Só que o que aconteceu depois, de uma forma absolutamente espontânea e avassaladora, foi que milhares e milhares e milhares de pessoas manifestaram a indignação e o repúdio aos criminosos. Na internet, a expressão “Somos Todos Maju” ganhou todas as redes sociais. E isso também acabou provocando a reação das autoridades. No estado do Rio, por exemplo, o Ministério Público pediu à Promotoria de Investigação Penal que acompanhe o caso, com rigor, na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática. E, em São Paulo, o promotor criminal Cristiano Jorge dos Santos instaurou inquérito para apurar os crimes de racismo e injúria qualificada. A Globo espera que essas ações cheguem a bom termo e que os criminosos sejam punidos. E, além disso, a própria Globo também está estudando as medidas judiciais cabíveis.

Bonner: Maria Júlia, me deixa pedir um favor pra você. Divide com o público do Jornal Nacional aquela mensagem linda que você mandou pra gente por e-mail hoje à tarde, porque estava todo mundo preocupado com você. Você mandou uma mensagem maravilhosa. Divide aqui com todo mundo.

Maju: Estava todo mundo preocupado. Muita gente imaginou que eu estaria chorando pelos corredores, mas na verdade é o seguinte, gente: eu já lido com essa questão do preconceito desde que eu me entendo por gente. Claro que eu fico muito indignada, fico triste com isso, mas eu não esmoreço, não perco o ânimo, que eu acho que é isso que é o mais importante. Eu cresci numa família muito consciente, de pais militantes, que sempre me orientaram. Eu sei dos meus direitos. Acho importante, claro, essas medidas legais serem tomadas, até para evitar novos ataques a mim e a outras pessoas. Eu acredito que isso é muito importante. E agora eu quero manifestar a felicidade que eu fiquei, porque é uma minoria que fez isso. Eu fiquei muito feliz com a manifestação de carinho mesmo, como vocês disseram. Eu recebi milhares de e-mails, de mensagens. Acho que isso que é o mais importante. E a militância que eu faço, gente, é com o meu trabalho, é fazendo o meu trabalho sempre bem feito, sempre com muito carinho, com muita dedicação, com muita competência, que eu acho que é o mais importante. E, pra finalizar, Bonner e Renata, é o seguinte: os preconceituosos ladram, mas a caravana passa. É isso.

Bonner: É isso. A Majuzinha passa, como você gosta de dizer. Os cães ladram.

Maju: Os preconceituosos ladram, mas a Majuzinha passa.

Bonner: Eu e a Renata falamos em nome de todos os colegas da Globo. É claro que todos aqui dentro repudiaram essas agressões absurdas. Somos todos Maju, né Renata?

Renata: Somos todos Maju. Hoje e sempre.

Maju: Obrigada, gente!

Propaganda Jodinaldo e Filha

 

IMG-20150704-WA0011O Grupo Tático Operacional Rodoviário da Polícia Militar (GTOR) intensificou o patrulhamento ostensivo tático móvel e com barreiras na RN 088, na noite desta sexta-feira (3), entre os municípios de Parelhas e Jardim do Seridó. Na ocasião, a Polícia Militar apreendeu mais de 7 quilos de Morganita, uma pedra considerada preciosa e usada em joalherias. Como não havia documentos que comprovassem a propriedade do material, três pessoas foram conduzidas à delegacia de plantão sob a acusação de estarem contrabandeando o material. “Estamos atuando diariamente nos horários e locais onde geralmente os delitos acontecem. A Polícia Militar está nas ruas de Caicó e empenhada no combate a criminalidade. Quanto a prisão dos suspeitos de contrabando, as investigações continuam a fim de apurar melhor este fato”, disse o Major Silva Neto, comandante do 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (3º DPRE). Além dessa apreensão, o GTOR de Caicó também realizou dezenas de abordagens a veículos e revistas pessoais, resultando na notificação de 26 veículos e recolhimento de seis motos ao pátio da Companhia de Polícia de Jardim do Seridó para fins de regularização. Uma carteira de habilitação também foi apreendida por estar irregular.

midia radio

 

Reunião CIOSP 01O prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, se reuniu durante a manhã desta sexta-feira (03) no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) em Natal, para discutir com os comandantes da segurança estadual e da força nacional um plano operacional para as grandes festividades deste mês de julho na cidade, a vaquejada e Festa de Sant’Ana. O encontro contou com a presença do secretário do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, Walter Antero, do comandante da PM de Currais Novos, Capitão Moacir Galdino, além do secretário adjunto da segurança, Caio Bezerra, e representantes do ITEP, DETRAN, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria Estadual de Segurança Pública e Força Nacional.

No CIOSP, o prefeito Vilton Cunha pediu reforço na segurança do município e solicitou uma grande estrutura para garantir a tranquilidade dos eventos e do bem estar da população. “Queremos manter a tranquilidade nas festividades maiores da nossa cidade, e aproveitamos para solicitar esse reforço e mais ações de segurança para nosso município, pois temos o compromisso com o bem estar do nosso povo”, disse Vilton. De acordo com o secretário do GGIM, “toda a operação será apresentada na abertura da Vaquejada quando estará pronto o Centro de Integrado de Operações da Segurança Pública”, centro este que será montado na Rua Lula Gomes, próximo à COSERN. Cada órgão de segurança irá montar uma estrutura no município, como uma delegacia de plantão, corpo de bombeiros com duas viaturas, e estrutura de plataformas de observação na Vaquejada, Feirinha de Sant’Ana e Pavilhão.

adoção

*Bene Barbosa

Madrugada na pequena cidade de Katy, no Texas, em um rancho das proximidades uma família dorme tranquilamente até que Bob é despertado por um barulho. Leva apenas alguns segundos para saber que o som vem da frente de sua casa acompanhado do ronco de um motor de um carro parado na estrada próxima. Cautelosamente pega sua espingarda, abre a janela do segundo andar e confirma que estão tentando roubar sua caminhonete. Dispara um tiro então no gramado. Os criminosos, óbvio, saem em carreira sem mesmo verificarem de onde veio o disparo.

Bob então liga 911 e aguarda a chegada do Xerife, que alguns minutos depois encosta sua viatura no local. Esclarecido o fato o Xerife com o seu forte sotaque texano sentencia: se não houver um corpo não precisa me chamar. Não, esse não é um caso fictício e sim de um amigo meu, brasileiro, que mora há muitos anos nos EUA, também não se trata de um caso isolado como demostrarei abaixo, mas é sim um dos milhões de casos onde uma reação armada não vai parar nas estatísticas oficiais.

E é por conta desse tipo de casos – onde ninguém morre, repito! – que circulou na imprensa americana e repercutiu na imprensa brasileira a seguinte manchete:  “Armas raramente são usadas para auto-defesa (SIC) nos EUA” que em seu texto traz a informação que: “Em uma análise de dados do FBI e outros números do governo federal, a organização sem fins lucrativos Violence Policy Center disse que os americanos são muito mais propensos a se machucar ou machucar outras pessoas ao manusear uma arma letal. Em 2012, informou o grupo, apenas 259 “homicídios justificáveis” envolvendo civis foram relatados, comparado a 8.342 homicídios criminosos cometidos com arma de fogo”.

Pois bem, vamos aos fatos. Inicialmente, é necessário esclarecer que a Violence Policy Center é uma ONG americana que tem em seu objetivo proibir a posse e o porte de armas nos EUA. Portanto, devemos sempre olhar com cuidado tais análises. Segundo, – aí está a desonestidade do texto! – eles usam apenas as mortes de criminosos por cidadãos armados agindo em legítima defesa e propositadamente deixam de lado todos os casos onde não houve o evento morte. E em terceiro, e não menos importante, é que falsamente eles pressupõem que as pessoas legalmente armadas, que agem em legítima defesa são as mesmas que possuem armas ilegais e cometem assassinatos e não há maior mentira que essa!

Uma das únicas pesquisas comprovadamente sérias a este respeito foi realizada pela equipe do Dr. Gary Kleck, criminologista da Universidade Estadual da Flórida, que descobriu que armas são usadas em legitima defesa aproximadamente 2,5 milhões de vezes por ano nos EUA. Essa e outras conclusões estão no livro “Armed Resistance to Crime: The Prevalence and Nature of Self-Defense with a Gun”.

Realmente, é difícil entender o pensamento desse pessoal que acha ruim que quase 150 milhões de americanos legalmente armados se defendam, quando necessário, tão pouco, enquanto criminosos matam milhares de pessoas usando armas ilegais e outros instrumentos.

Tentam eles, de todas as formas, negar algo que até a ONU já aceitou em seu Relatório Global de Homicídios, versão 2011, página 44, que afirma: “Adicionalmente, sob uma perspectiva global, a enorme diferença entre as estimativas de proprietários de armas de fogo (centenas de milhões, de acordo com estimativas da Small Arms Survey, 2007) e o número anual de homicídios (centenas de milhares) indica que a maioria das armas dos cidadãos não é desviada e é possuída para propósitos legítimos”.

A verdade continua a mesma seja no Brasil, seja nos Estados Unidos ou na Cochinchina: Desarmar o cidadão não é a solução.

*Bene Barbosa é especialista em Segurança Pública, presidente da ONG Movimento Viva Brasil e autor do livro “Mentiram para mim sobre o desarmamento”.

jornal

José Dirceu pediu garantias de que não seria preso por uma nova fase da Operação Lava Jato - André DusekO desembargador Nivaldo Brunoni, do Tribunal Regional Federal da 4ª região, mantém jurisdição inclusive em Curitiba (PR), base da Operação Lava Jato, indeferiu ontem o pedido de habeas corpus preventivo para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (governo Lula). Na quinta-feira, 2, Dirceu havia ingressado com o pedido. “No mérito, entendo que não merece trânsito o remédio constitucional. A defesa sustenta seu pedido principalmente em razão do conteúdo da delação premiada firmada por Milton Pascowitch. Isso, por si só, não é suficiente para demonstrar que o paciente (José Dirceu) possa ser segregado cautelarmente e que tal ato judicial representaria coação ilegal”, afirmou Brunoni. A medida, subscrita por seis criminalistas defensores do ex-ministro, buscava evitar que Dirceu fosse alvo de uma ordem de prisão no âmbito das investigações sobre esquema de propinas e corrupção na Petrobrás. A defesa do ex-ministro avaliou que ele estava “na iminência de sofrer constrangimento ilegal” – referindo-se a uma eventual ordem de prisão pela Justiça Federal no Paraná.

A Lava Jato suspeita que o ex-ministro tenha recebido propinas em forma de consultorias de sua empresa, a JD Assessoria. Também é alvo da investigação suposta lavagem de dinheiro por parte de Dirceu.

“As considerações tecidas pela defesa acerca dos pressupostos da prisão preventiva assumem natureza eminentemente teórica, sendo inviável antecipar eventuais fundamentos invocados pelo magistrado de origem para a decretação da segregação cautelar – se isso de fato ocorrer. Não se tem notícia, por exemplo, de promoção ministerial postulando a prisão preventiva do paciente”, apontou Brunoni. “Por fim, mas não menos importante, há que se destacar que sequer há pedido de liminar, o que desnatura, por óbvio, o próprio fundamento da impetração preventiva, que seria a iminência de o paciente sofrer constrangimento ilegal.”

Na última segunda-feira, 29, o lobista Milton Pascowitch firmou acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato e apontou supostos repasses de propinas para o ex-ministro. Brunoni destaca que no âmbito da Operação Lava Jato “há investigados presos preventivamente e outros foram soltos mediante a fixação de condições” pelo juiz federal Sérgio Moro. “Além destes, muitos foram conduzidos para prestar depoimento, mas sequer chegaram a ser presos. Nessa linha, o fato de o paciente ser investigado e apontado no depoimento de Milton Pascowitch não resultará necessariamente na prisão processual”, afirmou.

O desembargador sustenta ainda que “as prisões determinadas no âmbito da ‘Lava Jato’ estão guarnecidas por outros elementos comprobatórios do que foi afirmado por terceiros”. Na decisão, dada um dia depois do pedido de habeas corpus preventivo, o desembargador destacou também a falta de “pedido de liminar” de Dirceu, no habeas corpus. “O que desnatura, por óbvio, o próprio fundamento da impetração preventiva, que seria a iminência de o paciente sofrer constrangimento ilegal.”

Delegados criticam tentativa de anulação
A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota ontem em defesa do Superintendente da Polícia Federal no Paraná Rosalvo Ferreira Franco e dos delegados da Operação Lava Jato Igor Romário de Paula e Márcio Adriano Anselmo. Na nota, a entidade aponta ” a ação de representantes dos poderes econômico e político, agindo para desqualificar os investigadores, com objetivo claro de desviar o foco das investigações da operação Lava Jato”.

A medida ocorre um dia depois de o agente da PF Dalmey Fernando Werlang afirmar à CPI da Petrobrás na Câmara ter implantado escutas na cela onde o doleiro Alberto Youssef ficou preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba a mando dos delegados. Para a ADPF, o desenrolar da operação tem provocado a atuação de “grupos que praticam tráfico de influência e agem nas sombras para tentar gerar nulidades na operação, em benefício de pessoas investigadas.”

“A ADPF não vai admitir ataques de qualquer tipo, principalmente declarações genéricas que possam colocar em dúvida a lisura e independência dos dedicados e sérios profissionais que apuram os desvios de recursos públicos e lutam pelo fim da impunidade de corruptos e corruptores”, segue o texto.

Em seu depoimento na CPI, Werlang afirmou que a escuta na cela do doleiro teria sido implantada por ordem do superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Franco, e dos delegados Igor Romário de Paula e Márcio Anselmo. A escuta no fumódromo teria sido pedida para uma delegada que é mulher de outro delegado e tinha o objetivo de monitorar os próprios agentes da PF.

Werlang também afirmou que colocou a escuta no segundo andar da Superintendência da PF no dia da prisão de Youssef, em março do ano passado. De acordo com o agente, os equipamentos fizeram gravações, que foram repassadas para Anselmo e para uma delegada.

Em reposta a fala do agente, a associação afirma que “não vai admitir ataques de qualquer tipo, principalmente declarações genéricas que possam colocar em dúvida a lisura e independência dos dedicados e sérios profissionais que apuram os desvios de recursos públicos e lutam pelo fim da impunidade de corruptos e corruptores.”

Em reposta a fala do agente, a associação afirma que “não vai admitir ataques de qualquer tipo, principalmente declarações genéricas que possam colocar em dúvida a lisura e independência dos dedicados e sérios profissionais que apuram os desvios de recursos públicos e lutam pelo fim da impunidade de corruptos e corruptores.”

campanha pela paz

 

Diariamente somos bombardeados pelas mídias e redes sociais sobre
comentários que agridem as minorias e assim que um assunto é debatido
à exaustão, encontram outra minoria ofendida para colocar em seu
lugar, dessa forma criam discussões inúteis e com a finalidade de
distrair o povo de questões realmente importantes. No dia que ninguém
se importar com comentários racistas, homofóbicos, sobre menores de
idade, sobre religião, politica, religiosa ou a preferência que for,
poderemos nos considerar uma sociedade livre. É perda de tempo tomar
partido de discussões inúteis e busca de direitos para um só grupo, ao
invés de lutar por um conjunto de direitos para a coletividade. Essa
disputa e divisão entre minorias só gera conflitos pequenos que
afastam as pessoas do bem comum e de uma grande consciência universal.
Enquanto perdemos tempo discutindo os direitos dessa ou daquela
minoria, grandes conglomerados preservam seus interesses e nos tornam
ainda mais escravos de suas ideologias e dos seus produtos. No século
XXI não cabe essa discussão inútil e mesquinha de se afirmar pertencer
a uma minoria, antes precisamos lutar em conjunto para prevalecer os
direitos básicos da coletividade.

Atenciosamente;
Daniel Marques – historiador

Star

A prefeitura Municipal de Cerro Corá no seu primeiro planejamento a respeito da 13ª edição do festival de inverno pensou na data de 07,08 e 09 de agosto de 2015.

Porém, surgiu a possibilidade de uma provável antecipação para os dias 31/07,01 e 02 de agosto de 2015, isso chegou-se até a ser divulgado, mas ao observar-se que, por já ter havido anteriormente a divulgação da data inicial, muitos empresários do ramo hoteleiro haviam já reservas em suas pousadas, por consenso permaneceu a data inicial, ficando por tanto oficialmente dias 07,08 e 09 de agosto de 2015.

Atenciosamente,

Aildo da SIlva Bernardo

Assessoria de Comunicação.

Propaganda Jodinaldo e Filha

Sesed discute segurança das festas de caicó (1)A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) reuniu o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) na manhã desta sexta-feira (3) para discutir o esquema de segurança que será aplicado durante as festividades da tradicional Festa de Sant’ana que acontece entre os dias 4 e 19 de julho, no Seridó do Rio Grande do Norte. A reunião contou com a presença do prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, além de representantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF), ITEP, e outros órgãos de segurança pública do Estado. Durante todo o período das festividades, a cidade contará com reforço de 50 homens da Polícia Militar, além dos policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) que atuarão em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Detran-RN nas fiscalizações a condutores de veículos que circularão pela cidade. A Polícia Civil também reforçará a equipe da Delegacia local com escrivãs, agentes e delegados.

Além do reforço policial, a cidade contará com uma viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), médico legista do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) e toda estrutura do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM), que consiste em um caminhão com 16 câmeras, sendo 12 destas fixas, com zoom frontal de alcance de até 600 metros e outras duas câmeras com sensibilidade térmica, que conseguem identificar pessoas pelo calor do corpo.

A Secretaria de Segurança Pública ainda vai disponibilizar outro caminhão de observação que funcionará como base operacional, com 16 computadores, internet e telefones. Ele possui sistema digital de controle dos rádios e câmeras da estação de observação, além de um gerador com autonomia de operação de 12 horas.

Para o secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública, Caio Marques, a ação integrada entre todas as forças concentradas no evento proporcionará a segurança de todos os presentes. “As ações já estão planejadas e distribuídas o que facilitará a prevenção de crimes durante todo o período do evento, garantindo assim, a segurança de todos”, disse.

O prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, saiu da reunião confiante de que este ano o evento terá a colaboração de todas as instituições de segurança. “A cada ano o público aumenta, e para a população local contar com todo esse reforço é fundamental para fazermos mais uma vez uma festa tranquila e grandiosa em nossa cidade”, afirma.

KALANGO

 

Cerca de metade dos trabalhadores com direito ao abono salarial de 2015 só receberão o benefício no próximo ano. O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou a extensão do calendário de pagamento. A mudança fará o governo economizar R$ 9 bilhões neste ano.

Em vez do cronograma tradicional de pagamento, de julho a outubro, o abono será pago em 12 meses, de julho deste ano até junho de 2016. Do total de R$ 19,1 bilhões previstos, R$ 10,1 bilhões serão desembolsados neste ano.

Neste ano, o governo tinha tentado restringir a concessão do abono salarial, destinado ao trabalhador com carteira assinada, que ganha até dois salários mínimos e que trabalhou pelo menos 30 dias. O Congresso chegou a aprovar a Medida Provisória 665, que previa a concessão do benefício a quem tinha trabalhado pelo menos 90 dias, mas a presidenta Dilma Rousseff vetou o dispositivo, após acordo com os senadores. Parte dos parlamentares alegava que a restrição era inconstitucional.

A extensão do calendário de pagamentos ajudará o governo a reduzir os gastos para cumprir a meta de superávit primário – economia para o pagamento dos juros da dívida pública – de R$ 66,3 bilhões em 2015 (1,1% do Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas no país).

Originalmente, o governo pretendia economizar R$ 16 bilhões com as novas regras do seguro-desemprego e do abono salarial. Com as mudanças no Congresso, a economia havia caído para R$ 5 bilhões.

Por enquanto, a ampliação do prazo de pagamento só vale para os benefícios de 2015. O calendário de pagamento do abono salarial de 2016 só será discutido pelo Codefat na reunião do próximo ano. O novo cronograma foi aprovado por 10 votos a 7. Os votos contrários vieram, na maior parte, dos representantes dos trabalhadores.

A decisão desagradou às centrais sindicais. Em nota, a Força Sindical criticou a extensão do calendário, classificando a mudança de retirada de direitos dos trabalhadores. “Não satisfeito com todas as dificuldades impostas à classe trabalhadora brasileira, como a redução de direitos trabalhistas e previdenciários, conquistados ao longo dos anos, o governo vem, agora, com outra pedalada para cima dos trabalhadores, penalizando, desta forma, milhares de trabalhadores de menor renda”, criticou a entidade.

Na reunião de hoje, o Codefat também aprovou o orçamento do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para 2016. No próximo ano, o fundo contará com R$ 76,4 bilhões, uma queda de 7,21% em relação ao orçamento de 2015 (R$ 82,4 bilhões). O valor leva em conta um aporte de cerca de R$ 4 bilhões do Tesouro Nacional ao fundo.

Formado por parte da arrecadação do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o FAT custeia o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial e financia cursos de qualificação profissional.

O Codefat elegeu ainda o novo presidente, Virgílio Carvalho, da Federação Nacional de Turismo, seguindo a política de alternar representantes dos trabalhadores e dos patrões. Ele substitui, no cargo, o sindicalista Quintino Servero.

Em nota, o Ministério do Trabalho informou que a mudança no calendário foi necessária para garantir a saúde financeira do FAT e proteger o patrimônio dos trabalhadores. “Mais pessoas, nos últimos 12 anos, ingressaram no mercado de trabalho, saltando de 23 milhões para 41 milhões de formais. Isso passou a exigir um aumento progressivo e concentrado do desembolso do FAT para atender ao benefício”, informou a pasta.

Agência Brasil

midia radio

crise de água no seridó do rn - foto divulgaçlão

Próximo sábado (04), a bancada federal do Rio Grande do Norte se reunirá com prefeitos, entidades e autoridades para debater soluções para a crise de abastecimento de água na região do Seridó. O encontro ocorrerá na Câmara Municipal de Caicó e será intercalado com visitas aos açudes Itans, em Caicó e Gargalheiras, em Acari. Na pauta do evento está a exposição dos problemas causados pela estiagem prolongada e a busca por alternativas para melhorar a distribuição de água. Para o coordenador da bancada, deputado federal Felipe Maia, esta é a oportunidade de apontar alternativas para minimizar o problema. “Precisamos nos unir para discutir a questão que é vital para a sobrevivência e economia do nosso estado. Vamos ouvir as ideias daqueles que podem contribuir para solucionar esta crise”, disse Maia.

Programação:

10h: Visita ao Açude Itans, em Caicó.

10h15 – 12h: Encontro da bancada do estado com prefeitos e entidades

Local: Câmara Municipal de Caicó

13h: Visita ao Açude Gargalheiras, em Acari

Encerramento

KALANGO

Na foto ao centro o agricultor Ismar da comunidade de St. de Dentro foto divulgaçãoA EMATER local e a Secretaria Municipal de Agricultura estiveram durante os últimos dias realizando a elaboração dos laudos para verificação de perdas da lavoura de toda área rural afetada com a estiagem no ano de 2015, esse processo é mais uma etapa do programa Garantia Safra 2014-2015. Ao todo foram escolhidos por sistema de amostragem um total 42 agricultores familiares, estes receberam a visita do Técnico da Emater Local Antonio Lisboa e do Coordenador Municipal de Agricultura Wallace Frade, para a realização do laudo é levantadas informações sobre período do plantio, expectativa de produção, a propriedade é Georreferenciada e também uma foto para comprovação do estado da lavoura. ”As culturas analisadas são de Milho e Feijão, se for comprovado indícios de perda média da safra igual ou superior a 50% (cinquenta por cento) os agricultores serão beneficiados com o pagamento programado para essa safra no valor de 850,00″. Afirma Wallace Frade.

jornal

Apesar de a Globo repetir em seu noticiário regular que “as empresas de mídia” não são suspeitas no escândalo internacional de corrupção do futebol mundial, contratos envolvendo a emissora e a CBF fazem parte do “pacote” de documentos que está sendo investigados por agentes da Polícia Federal.

A reportagem do UOL apurou que contratos assinados entre a TV e a entidade em anos passados serão submetidos ao escrutínio de especialistas da PF. Trata-se, inclusive, de parte da colaboração que o país vem fazendo com as investigações do FBI, que jogaram parte da cúpula do futebol mundial na cadeia.

Cabe lembrar que até o momento não recai sobre a Globo nenhuma suspeita, mas como sua relação com a CBF, especialmente a gestão Ricardo Teixeira, foi e ainda é atávica, ela entra no foco da investigação também.

A PF jamais comenta apurações em andamento.

Procurada pela coluna, a Globo afirmou desconhecer qualquer investigação e não quis comentar. Já a CBF afirmou que “a relação de quatro décadas do futebol brasileiro com a TV Globo é um ‘case’ de sucesso”. A entidade afirma ainda que está disponível para prestar quaisquer esclarecimentos às autoridades.

A investigação

A PF quer entender como funcionou a relação entre a gestão do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira e o Departamento de Esportes da Globo.

Na TV aberta, a Globo detém monopólio de transmissão dos principais torneios de futebol há quase 40 anos.

Em 2011, porém, a TV Record fez uma ofensiva para comprar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, cujo contrato anterior estava prestes a expirar.

Foi a primeira vez que a Globo viu o rentável setor esportivo ameaçado por outra emissora. Na ocasião, Teixeira já era, havia anos, um suspeito de corrupção.

A pedido da Record, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) passou a investigar os contratos do futebol e concluiu que havia uma ilegalidade: o órgão determinou ao hoje finado Clube dos 13 –que sucedeu a CBF na negociação de direitos de transmissão– que fizesse uma licitação para definir quem teria direito à transmissão de jogos do futebol brasileiro.

O Cade concluiu que o modelo usado até então só beneficiava a Globo. Diante da inédita decisão, e suspeitando que a Record poderia fazer uma oferta financeira superior à da Globo, a CBF de Teixeira e alguns times, como Corinthians e Flamengo, agiram nos bastidores e implodiram o Clube dos 13.

Agora sabe-se que quem apertou o detonador foi Andres Sanchez, como revelou a coluna de Monica Bergamo, da Folha, no último domingo.

Mas ele não agiu só. CBF, Globo e outros clubes se uniram para dar rasteira nas pretensões da emissora de Edir Macedo. Com os times mais populares fechando acordo diretamente com a Globo, o caso deixou a alçada do Cade. Em outras palavras, com a negociação ponto a ponto, eles driblaram a licitação.

Com isso, o futebol brasileiro continuou mais uma vez nas mãos exclusivas da Globo.

Rombo

A Globo não ficou ilesa, porém. Sofreu grande perda de dinheiro. A negociação time a time encareceu sobremaneira o preço do futebol. A tal ponto que, estima-se, a Globo teve de gastar quase R$ 1 bilhão a mais do que gastaria antes do “imbroglio” iniciado pela Record.

Teixeira acabou com a imagem ainda mais prejudicada. Na verdade essa foi uma das últimas pás de cal em seu reinado.

“Traição”

O apoio de quatro décadas da CBF à Globo, porém, não impediu a emissora de noticiar os escândalos envolvendo Teixeira e a Fifa, deflagrados ainda em 2011, poucos meses após a complicada manobra que manteve o monopólio do futebol com a TV da família Marinho.

Teixeira ficou revoltado com o noticiário, que considerou uma “traição”. Um ano antes havia se gabado à revista “Piauí” de ser praticamente inatacável pela Globo, e que só temeria qualquer denúncia  “no dia em que ela saísse no ‘JN’”.

Pois saiu, e o cartola ficou possesso. Teria ameaçado, inclusive, divulgar provas (supostas gravações) de como a Globo manipulava horários, datas de jogos de times e até da seleção brasileira –de forma a nunca prejudicar sua grade de programação..

Outro lado – CBF

Procurada pelo UOL, a CBF respondeu, por meio de sua Diretoria de Comunicação:

“A relação de quatro décadas do futebol brasileiro com a TV Globo, que envolve não apenas a seleção brasileira, mas também os grandes clubes do país, é um dos maiores cases de sucesso de parceria da história do futebol mundial.

campanha pela paz

cartão susA Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Currais Novos elaborou um calendário de atualização dos dados do cartão SUS, ação esta importante para que toda a população usuária do sistema único de saúde adquira o novo cartão que tem entre suas novas funcionalidades os dados sobre quando e onde o paciente foi atendido e os serviços e procedimentos que utilizaram. Deverão ser atualizados os cartões SUS com numeração iniciada em 0,1,2,3,4,5,6,8 e 9, excetuando-se os que tem o número “7”. Para atualizar o cartão SUS é necessária a apresentação do CPF, e a intenção da atualização é facilitar o acesso da população aos serviços de saúde. Todo cartão conta com um numero de identificação nacional, no qual o usuário poderá utilizá-lo em todo território brasileiro, sempre com os mesmos fins. Confira o cronograma de atualização de acordo com cada equipe das Unidades Básicas de Saúde:

UBS Sílvio Bezerra: Dias 02 e 03/07 (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h na Escola Municipal “Professora Trindade Campelo”

UBS Joaninha Parteira (Centro): De 02/07 à 06/07 (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h na Escola Estadual Capitão Mor Galvão)

UBS Dr. Ferreirinha (Bairros Dr. José Bezerra e José Dantas): Dias 13 e 14/07 (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h na Escola Municipal Gilson Firmino)

UBS Manoel Salustino I e II: Dias 15 e 16 de julho (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h na Escola Estadual Lions Clube)

UBS Expedito Araújo (Paizinho Maria): Dias 21 e 22 de julho (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h no Centro Municipal de Reabilitação)

UBS Santa Maria Gorete e JK (1): Dias 27 e 28 (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h no Instituto Vivaldo Pereira – IVP)

UBS José Vilani (Parque Dourado) e Radir Pereira: Dia 29 de julho (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h no Instituto Vivaldo Pereira – IVP)

UBS Maria das Dores: Dias 30 e 31 (Das 7h30 às 11h30, e das 13h às 17h na Escola Municipal Francisco Leônis)

UBS JK (2): Acontece na Secretaria Municipal de Saúde (Rua Abílio Chacon, 346) das 7h às 13h.

adoção

 

O ex-prefeito de Jardim de Piranhas Antônio Soares de Araújo foi condenado por desrespeitar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público Federal (MPF) em Caicó, no ano de 2009. Ao contrário do compromisso firmado no TAC, o ex-gestor não tomou providências para reduzir o impacto da poluição causada por um lixão e o abatedouro municipal, sobre o Rio Piranhas, cujas águas abastecem diversas cidades potiguares.

Tanto o lixão quanto o abatedouro estão localizados em área de preservação ambiental permanente (APP) e, mesmo após a liberação do prédio do abatedouro, que estava interditado pelo Ibama até a assinatura do TAC, não foram adotadas medidas para impedir o escoamento de efluentes para o rio, assim como não tiveram fim as queimadas e o depósito de lixo irregular a céu aberto.

A ação original do MPF que resultou na condenação é de autoria da procuradora da República Clarisier Azevedo e hoje está sob responsabilidade do procurador Bruno Lamenha. Antônio Soares assinou o Termo de Ajustamento de Conduta com o MPF, o Ibama e o Idema em setembro de 2009, obrigando-se a cumprir, dentre outras obrigações, a elaboração de diagnóstico da situação do abatedouro público, com implementação de medidas de mitigação ambiental.

No entanto, as irregularidades permaneceram, o que foi constatado em vistorias técnicas. Mais de dois anos após o TAC, quase nada foi feito e o MPF ajuizou uma ação específica requerendo da Justiça a demolição do antigo matadouro e de um prédio situado no terreno do lixão (000099-22.2011.4.05.8402). (MPF/RN)

Star

Vacinação contra a gripeRealizada desde o início de maio em todo o Brasil, a campanha nacional de vacinação contra a gripe tem como objetivo imunizar 80% do público-alvo contra as complicações da doença, meta que atingiu 76,40% em Currais Novos, ou seja, 7.295 pessoas vacinadas, tendo o grupo prioritário das crianças de seis meses a menores de cinco anos, o maior índice com 78,75% (1.946). A expectativa é alcançar o total de 9.548 pessoas imunizadas. A Secretaria Municipal de Saúde informa às pessoas que ainda não receberam a dose da vacina que procurem as Unidades Básicas de Saúde para serem vacinadas. Devem receber a vacina crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; e pessoas com doenças crônicas como as respiratórias, cardíacas, renais, hepáticas, neurológicas, diabetes, entre outros.

PIANO

 

Jornal Online

Turismo Religioso

www.scriptsell.net