Posts by: Jornal A Notícia

Jornalista Rodrigo Rafael

Voz de oposição na Câmara Municipal, o vereador Val Araújo (PSD) afirmou que a sucessão em Lagoa Nova pelo sistema oposicionista está sendo tratada por alguns com amadorismo e jogo de interesses. Val Araújo tem sido um dos mais atuantes na oposição ao prefeito Luciano Santos (MDB), mas alega que a velha prática da política antiga de escolher nomes dentro de quatro paredes e não consultando o povo, já rendeu muitas derrotas Brasil a fora e não será diferente em Lagoa Nova.

Segundo Val Araújo, algumas correntes internas do grupo da oposição integrado ainda pelo ex-prefeito Erivan Costa (PSD) e seu filho, Erivan Filho (PSD) forçam para que exista uma escolha de pré-candidaturas com “jogo de interesses”, onde a intenção de subir politicamente nomes que já se encontram desgastados ou reprovados pela população. “Não entrei na política para fazer o povo de marionete e nem aceito ser ator coadjuvante de acordinhos rasteiros”, afirmou Val Araújo.

“Temos seis vereadores na oposição e todos merecem serem ouvidos sobre o processo sucessório. Todos são soldados dignos e não somente um ou dois. Acima de projetos pessoais está a nossa gente, nossa cidade, a vontade e a opinião do povo e isso não abrirei mão de garantir”, destacou Val Araújo que é orientado estadualmente pelo deputado federal Rafael Mota, presidente do PSB do Rio Grande do Norte.

Indagado sobre o possível nome do ex-secretário Hélio Costa, como pré-candidato a prefeito do grupo da oposição, Val Araújo deixou claro que tem sua simpatia e admiração. “Porém Hélio sozinho ou mal acompanhando será muito pesada a corrida sucessória. Precisamos de alguém que some, que fortaleça a caminhada e não um companheiro de foto que apenas tem projetos pessoais ou familiares. Não precisamos necessariamente um nome rico cheio de dinheiro, apenas para servir de quadro de parede, mas sim um nome do povo, da opinião popular”, declarou Val Araújo, que é pré-candidato a prefeito de Lagoa Nova e vem construindo seu nome ouvindo as bases.

O Presidente da Câmara, vereador Galo (PSDB), pré-candidato a prefeito, vem se dedicando a uma rotina de preparação e visitas as secretárias da Prefeitura de Florânia. Apresentou um requerimento hoje na Câmara de Florânia que foi aprovado por unanimidade, sugerindo um planejamento financeiro para Gestão Municipal sair do abismo financeiro.

Segundo informações repassadas, os sinais da situação financeira foi constatada com parte dos salários atrasados, transporte escolar e parte dos fornecedores atrasados. O Galo sugeriu um planejamento financeiro com datas e números com os recursos do divisão da cessão onerosa do pré-sal, que pode ser a salvação de Florânia caso a prefeita Márcia Nobre (DEM) deixe de radicalismo político e tenha humildade de seguir.

Representando a governadora Fátima Bezerra, o Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, participou na noite de ontem (21), de uma reunião na comunidade de Barra de Santana, em Jucurutu, para entregar as respostas do Governo sobre as reinvindicações feitas pelo Movimento dos Atingidos e Atingidas pela Barragem de Oiticica em audiência com a Governadora mês passado.

O encontro, que aconteceu na igreja da comunidade, foi conduzido pelo juiz coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), Uedson Uchôa, e contou também com a presença dos prefeitos de Jucurutu, Valdir Medeiros, de São Fernando, Polion Medeiros, de Caramuru Paiva, assessor do deputado Francisco do PT, representantes de sindicatos e vereadores.

“A governadora Fátima sempre defendeu os interesses do Movimento, que é legítimo, por isso estamos aqui para entregar as respostas das demandas da população da forma mais transparente possível”, disse João Maria.

O secretário apresentou o documento respondendo as questões, entre elas, sobre a obra do Cemitério, que já foi entregue ao município de Jucurutu, em caráter provisório, e sobre a implantação de agrovilas, que tiveram seus projetos de engenharia já concluídos e entregues.

Sobre o cumprimento das recomendações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para a construção das 03 agrovilas e supressão vegetal de 6 mil hectares dentro da bacia hidráulica, o titular da Semarh explicou que esse item foi integralmente atendido inclusive a Semarh já está realizando o trabalho de delimitação de áreas que precisam ser protegidas através da colocação de cercas e placas.

“Estamos aguardando uma decisão judicial a respeito do pedido que o governo fez para contratar a empresa que vai retomar as obras da Nova Barra de Santana”. Na ocasião o secretário também destacou a articulação que vem sendo feita, junto ao Governo Federal para garantir as verbas necessárias para a conclusão do Complexo de Oiticica:

“Estamos em contato direto com o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR) e Agência Nacional de Águas (ANA), e temos viajado mensalmente a Brasília para explicar a situação da obra e solicitar recursos financeiros. Na última quinta-feira (17), defendemos a inclusão de Oiticica na reunião com a bancada federal que discutiu a alocação de emendas parlamentares para o Orçamento 2020”.

Jornalista Rodrigo Rafael – Créditos das Fotos: Divulgação/Assessoria

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta segunda-feira (14) o investimento de R$ 55 milhões na construção de mil casas populares. Entre os municípios beneficiados, o Executivo atendeu a requerimento apresentado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), e destinou recursos para várias regiões do Estado.

“Momento para agradecer a atenção do Governo do Estado, por meio da Companhia Estadual de Habitação, que atende a parte de nossa solicitação. Neste primeiro momento são vários municípios que serão atendidos com a construção das casas, mas vamos continuar trabalhando para que as demais cidades que ainda não foram incluídas no projeto também sejam beneficiadas nas próximas fases”, disse Ezequiel Ferreira.

Na Grande Natal, receberão casas populares a partir de requerimentos apresentados por Ezequiel as cidades de Macaíba (com 20 residências), Nísia Floresta (14), Extremoz (14) e Maxaranguape (14). Já no Agreste, estão na lista por solicitação do deputado os municípios de Espírito Santo (14 casas), Goianinha (14), Nova Cruz (20), Santo Antônio (14), Bom Jesus (14), São José do Campestre (14) e Serra de São Bento (14).

No Seridó, foram beneficiadas por iniciativa de Ezequiel as cidades de Jucurutu (19), Parelhas (14), Cruzeta (15), Currais Novos (25) e Tenente Laurentino Cruz (15). Também estão na lista após requerimento de Ezequiel os municípios de Jandaíra (14 casas) no Mato Grande; Tangará (14) no Trairi; Santana do Matos (14) na região Central; e Apodi (20) no Oeste potiguar.

Ao todo, serão beneficiados mais de quatro mil potiguares de 60 municípios. A média de investimento por município será de R$ 800 mil. A verba é fruto do programa Pró-Moradia, que estava paralisado desde 2007 e com risco de ser cancelado até o início de 2019, mas terminou recuperado pelo Governo do RN depois de negociações junto ao Governo Federal e pela garantia de contrapartida de R$ 11 milhões que foi dada pela gestão estadual.

 

Teatro, música, literatura e outras atrações marcaram os três primeiros dias do evento que se estende até o fim de outubro

A cidade de Caicó viveu momentos únicos com o primeiro final de semana de atividades da 11ª edição da Aldeia Sesc Seridó, promovida pelo Sistema Fecomércio RN, com realização do Sesc. Foram os três primeiros dias do evento que reuniu centenas de pessoas e continua até o dia 30 de outubro, com programação cultural diversificada e gratuita na região.

O primeiro dia, na quinta-feira (3), o público foi apresentado ao teatro com a apresentação da peça “Sob o Sol” do grupo Companhia Arte e Vida, seguido do espetáculo alagoano “Realidade Apropriada Libera Evidência (R.A.L.E.)”, do projeto Palco Giratório do Sesc. Na sexta-feira (4), ocorreu a abertura oficial da Aldeia com apresentação do projeto e programação para convidados e imprensa.

O segundo dia ficou marcado também pela apresentação do projeto Sonora Brasil, com “A Música dos Povos Originários” que contou com a participação dos grupos indígenas das etnias Guarani Mbya e Kaingang, do Rio Grande do Sul, e Paiter Surui e Karitanas, de Roraima. Para finalizar o dia, ocorreu o cortejo das filarmônicas, o qual reuniu artistas locais e convidados, apresentações de dança com grupos folclóricos como “A irmandade dos Negros do Rosário”, fanfarra dos alunos do projeto Sesc Cidadão de Caicó e os grupos do projeto Sonora Brasil, culminando no concerto de seis orquestras de cidades da região Seridó.

Já o terceiro dia da edição 2019 da Aldeia Sesc Seridó deu espaço a cultura popular, com a peça “Circo Encantado” do artista caicoense Jonas Linhares, que apresentou a arte circense para crianças e adultos com interação da plateia. Após esta primeira apresentação, foi a vez do grupo pernambucano Cavalo Marinho, do grupo Cavalo Marinho Estrela de Ouro, também, inscrito no projeto Palco Giratório do Sesc.

O diretor regional do Sesc RN, Fernando Virgílio destacou o papel da cultura seridoense na realização da Aldeia Sesc Seridó, lembrando que a presença de artistas convidados de outros estados, além de ser atração promove um intercâmbio de experiências com a comunidade e os artistas. Fernando avaliou positivamente esta primeira etapa do evento, citando que a programação se estende até o dia 30 de outubro.

“Reunimos em um único evento as mais diversas expressões artísticas, valorizando o nosso artista e trazendo atrações de nível nacional, valorizando assim a região e o povo seridoense. É o esforço do Sistema Fecomércio e dos associados na realização de um evento de qualidade e que movimenta todo o Seridó. Ficamos satisfeitos pois antes de terminar esta edição, as pessoas já perguntam como será a próxima”, comentou Fernando.

A Aldeia Sesc Seridó continua nos próximos dias. Nos dias 11, 18 e 25 de outubro, está previsto a realização do projeto Letra e Música, com Solange Silva, Rodolfo Lopes e Caio Canuto, respectivamente. Já nos dias 17, 27 e 30 de outubro, será celebrada a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca. Confira programação completa no site do Sesc RN.

A gestação caracteriza-se como um processo complexo e significativo na vida da mulher, de seu cônjuge e familiares. Tal período é marcado por intensas mudanças e adaptações, sejam elas fisiológicas, psicológicas, emocionais, sociais, econômicas, dentre outras, que permeiam a relação da gestante e do seu entorno com a gravidez. Assim, novos cuidados tornam-se necessários para promover uma atenção obstétrica e neonatal qualificada e humanizada.
Em 2000, o Ministério da Saúde iniciou a implantação do Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (PHPN), com os objetivos de promover ações direcionadas à redução da morbi-mortalidade materna e melhorar os resultados perinatais, tendo como pano de fundo a humanização do atendimento. De acordo com a Lei Orgânica da Saúde, a assistência à saúde no Sistema Único de Saúde (SUS) deve abranger tanto as ações assistenciais quanto, as atividades de promoção da saúde e prevenção de doenças.
Neste contexto, o Projeto “Maternar”, apoiado nos princípios doutrinários e organizativos do Sistema Único de Saúde (SUS), na Política Nacional de Humanização e no Programa de Humanização do Pré-Natal e Nascimento, oferta atendimento multidisciplinar, em grupo, às gestantes de baixo risco, acompanhadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município de Santa Cruz, interior do Rio Grande do Norte. Tal projeto tem como objetivo principal prestar um cuidado interdisciplinar à saúde física e emocional das gestantes, por meio de ações multidisciplinares, educativas, terapêuticas e de promoção à saúde, utilizando-se de técnicas lúdicas e dialógicas, visando o exercício da cidadania do público envolvido, bem como, estimular uma adaptação positiva às mudanças – físicas, emocionais e sociais – advindas da gestação.
O projeto vem sendo executado por profissionais da equipe multiprofissional e da residência multiprofissional em saúde materno-infantil do Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), bem como por alunos bolsistas e voluntários da Faculdade de Ciências da Saúde – FACISA/UFRN. Espera-se que as ações do projeto possam contribuir para a promoção à saúde da mulher constituindo um diferencial à atenção prestada na região do Trairí, contribuindo para a formação de cidadãs empoderadas, para uma melhor assistência ao pré-natal, parto e puerpério, além de fortalecer o diálogo entre a comunidade e a instituição formadora/ assistencial.
Na última quarta-feira, 25 de setembro, foi realizada a atividade intitulada “MaternARTE: Despedida da barriga”, onde as gestantes participantes puderam experimentar um dia voltado a beleza, cuidado, bem-estar e vínculo mãe-bebê. Na ocasião, as gestantes ficaram sob os cuidados da equipe multidisciplinar do projeto, sendo realizado cabelo, maquiagem, pintura representativa do bebe na barriga e sessões de fotos.

Foto: Reprodução

Quatro mergulhadores desapareceram no mar na tarde do domingo (6) e foram encontrados na madrugada de segunda-feira (7), na Região Metropolitana do Recife. Eles relataram que ficaram cerca de 13 horas à deriva, até serem resgatados.

Os quatro homens saíram do Cabanga Iate Clube, no Recife, para realizar um mergulho técnico com o Rebreather, aparelho que possibilita que o mergulhador inspire novamente o gás expirado. O grupo seguiu para o naufrágio Corveta Camaquã, localizado a aproximadamente 37 quilômetros da costa, na posição relativa à Coroa do Avião, no município de Itamaracá.

O médico cirurgião Alan Filgueira, filho de Ivo da Ivolks, fazia parte do grupo. Segundo ele, o mergulho aconteceu normalmente, o problema foi na hora que eles voltaram à superfície e perceberam que havia algo errado, pois o barco estava distante.

“À deriva, foram 13 horas, a gente solto, derivando em direção à praia. De mergulho, foram aproximadamente duas horas. A gente subiu por volta das 13h30 e o barco estava distante”, contou, nesta segunda, ao chegar de volta ao Cabanga.

Equipes da Marinha e o helicóptero do Corpo de Bombeiros participaram das buscas. O quarteto foi encontrado a 15 quilômetros da posição de onde desapareceram, segundo a Capitania dos Portos. Os outros três mergulhadores preferiram não falar com a TV Globo. Os quatro passam bem.

O mergulho

Os quatro mergulhadores estavam acostumados a esse tipo de incursão. Um deles, tem mais de 20 anos de experiência. Como a Corveta Camaquã fica a 56 metros de profundidade, chegar à superfície exige descompressão, explicou Filgueira. Segundo ele, uma forte correnteza, que não havia sido identificada na rota, provavelmente causou o acidente.

“Quando a gente desceu, não tinha corrente. Provavelmente, dentro do mergulho, a corrente cresceu e nós não sentimos. Quando a gente voltou a subir no cabo, vimos que estava correndo bastante água e que o barco estava muito longe”, disse.

Para Figueira, a boia que serve de referência para o barco localizar os mergulhadores pode ter afundado, dificultando o trabalho da equipe náutica. Ele relatou que conseguia ver o barco, mas, por causa da distância, a tripulação não conseguia encontrar o grupo.

“A gente viu o barco, porque ele é grande. Vimos quando começaram a fazer o padrão de busca, mas a melhor opção foi soltar o cabo e derivar até a praia. […] Passamos muito tempo em alto mar”, afirmou.

O grupo foi encontrado na altura da praia do Janga, em Paulista, por um barqueiro que estaria ajudando nas buscas com outra embarcação, segundo o Corpo de Bombeiros. O helicóptero do Corpo de Bombeiros chegou a ser utilizado para auxiliar nas buscas.

G1 – PE

Jornalista Rodrigo Rafael

 

Teve início nesta sexta-feira (04) mais uma edição do Carnaxelita, considerado o maior carnaval fora de época do interior potiguar, que é realizado anualmente em Currais Novos, no Seridó. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), marcou presença na abertura do evento e ressaltou a importância da festa para o turismo e a economia da região.

“É sempre um prazer testemunhar a alegria do Carnaxelita, que já tem seu lugar no calendário de festividades do Seridó potiguar. Um evento fundamental para o turismo e o desenvolvimento econômico da região. São centenas de turistas que visitam a cidade durante os dias de festa, movimentando a economia, gerando emprego e renda, lotando hotéis, pousadas e restaurantes”, disse Ezequiel, que estava acompanhado da advogada Milena Galvão.

Este ano, por iniciativa de requerimento do deputado, o Carnaxelita conta com um bloco exclusivo para os consumidores que participam do programa Nota Potiguar. O bloco será a segunda atração da micareta neste sábado (05), e será puxado por Capilé. Para ter direito a um abadá do bloco, é preciso acumular três pontos no aplicativo. Cada CPF tem direito a apenas dois abadás.

Crédito da Foto: João Gilberto

Por intermédio da Frente Parlamentar da Mulher, a Assembleia Legislativa realizou sessão solene em homenagem ao Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama. O evento foi realizado na tarde desta terça feira (01) e além de homenagear instituições e pessoas dedicadas a causa chamou a atenção para a importância do diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Como presidente da Frente Parlamentar da Mulher, a deputada Cristiane Dantas (SDD) presidiu a mesa. Em seu discurso, a parlamentar homenageou voluntários e instituições com serviços prestados as mulheres com câncer de mama e destacou a importância do diagnóstico precoce.

O câncer de mama é um dos desafios da atualidade. É a doença que mais acomete as mulheres no país. A cada 2 minutos uma mulher é diagnosticada com câncer de acordo com o Instituto Nacional do Cancer (INCA). O dado nos impõe a responsabilidade de sermos multiplicadores da prevenção. É necessário contribuir para o reconhecimento das necessidades que existem para o controle da doença. A mobilização alerta para a necessidade da detecção precoce, tendo em vista que, quando o câncer é diagnosticado de forma precoce as chances de cura são de 95% de acordo com estudos, “ explicou Cristiane.

Representando os homenageados, a advogada Idaísa Mota Cavalcante, falou sobre a experiência de ter enfrentado o câncer de mama e agradeceu a participação da assembleia legislativa no trabalho de prevenção e divulgação da importância do diagnóstico precoce.

“Cada um de nós tem histórias e obstáculos a enfrentar. Agradeço e reconheço as ações da casa seja por meio da presidência ou por meio dos setores no incentivo a prevenção e tratamento. A descoberta do câncer de mama é um divisor de águas na nossa vida. Decidi fazer esse trabalho quando descobri o tumor. Vivi todas as dificuldades do tratamento. Quanto ao diagnóstico precoce, ele é de suma importância pois nos dá a chance de cura de 95%. Graças a doações, conseguimos comprar um equipamento importante para a nossa unidade de prevenção e tratamento. Em nome do grupo Reviver, agradeço a todos, “ explicou Idaísa Mota.

Como apoio e engajamento na Campanha Outubro Rosa, a Assembleia legislativa renovou o convênio firmado com o Grupo Reviver para a realização de mutirão de mamografias que vai acontecer, na frente da assembleia, entre os dias 14 e 18 deste mês.

Homenageados:

Ana Clebea Nogueira Pinto de Medeiros

Fábio Alexandre da Costa

Idaísa Mota Cavalcante

Lea Ivone da Cunha Moreira

Maria Fabiana Moura

Maria Shirley de Souza Torres

João Batista Dantas Gonçalves

Maria Terezinha Assunção dos Santos

Michely Nascimento Costa

Terezinha Maria de Araújo

Vital Garcia Dantas

A Prefeitura de Currais Novos, através da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Instituto Federal do Rio Grande do Norte, Campus de Currais Novos, realizou na última terça (01) o encerramento do Projeto PRÓ_IFRN.

A Prefeitura realizou aulas gratuitas para 170 alunos do 9° ano da rede municipal objetivando a aprovação dos alunos no Exame de seleção do IFRN.

Na última aula, proferida por Rafael Batista, estiveram presentes o prefeito Odon Junior, o Secretário de Educação, Jorian Pereira, o Diretor do Instituto, Andreilson, além de professores, gestores e alunos.

Os alunos participantes terão na última etapa, a prova do Exame de seleção que será no domingo, dia 06 de outubro. Desde já, desejamos êxito na avaliação.